9 criptomoedas DeFi que vale a pena acompanhar

Conheça 9 criptomoedas DeFi que vale a pena ter no radar agora mesmo. Esses tokens de finanças descentralizadas são os mais promissores do mercado.

José Artur Ribeiro
Última atualização:
22/4/2024

As DeFi, ou finanças descentralizadas, nasceram para criar um sistema financeiro global independente de bancos e grandes instituições financeiras, menos burocrático, mais barato e de fácil acesso. Foi nesse contexto que surgiram as criptomoedas DeFi.

Com o avanço dos ideais de descentralização no setor financeiro, foram desenvolvidos inúmeros projetos de Blockchain e contratos inteligentes que lançaram também seus próprios tokens, conhecidos como criptomoedas DeFi.

No geral, esses criptoativos são criados para alimentar o funcionamento de cada plataforma DeFi, como um combustível e uma moeda para remuneração dos participantes daquela rede ou aplicativo descentralizado.

À medida que esses projetos foram crescendo e se mostrando consistentes, seus tokens também ganharam destaque no mercado, passando a compor a carteira de muitos investidores.

Mas afinal, quais são as principais criptomoedas DeFi do mercado? Como saber quais as melhores DeFi para investir? Neste conteúdo vamos discutir tudo isso. Confira os assuntos que iremos abordar:

  • O que é DeFi nas criptomoedas?
  • 9 criptomoedas DeFi que vale a pena acompanhar
  • Quais as melhores criptomoedas DeFi para investir?
  • Criptomoedas DeFi promissoras para 2022

O que é DeFi nas criptomoedas?

“DeFi” é a sigla para Finanças Descentralizadas em inglês. Esse termo é usado para se referir a um vasto conjunto de novos produtos e serviços financeiros, dentro de um sistema financeiro completamente digital e descentralizado.

Isso inclui pagamentos, empréstimos, corretoras descentralizadas, entre outros serviços que não precisam de interferência humana ou de intermediários como bancos e governos para funcionar.

Em vez disso, esse sistema se baseia em Blockchain e smart contracts (códigos de programação na Blockchain) para se manter em funcionamento, registrar as transações e armazenar os dados dos usuários de maneira segura. Essa tecnologia é a mesma por trás das criptomoedas como Bitcoin e Ethereum.

Assista ao vídeo que preparamos e entenda de uma vez por todas, em apenas 3 minutos, o que é e como funciona as DeFi:

Qual a relação entre DeFi e o mercado cripto?

Na verdade, sem essas duas criptomoedas precursoras, Bitcoin e Ethereum, nenhum dos avanços em busca de mais digitalização, liberdade e autonomia financeira observados no meio DeFi seria possível hoje.

Como acontece com toda tecnologia, a tendência é continuar se aperfeiçoando e surgindo novos projetos em busca de novas soluções, e com o setor dos criptoativos não é diferente. 

Hoje, existem várias redes e DApps (aplicativos descentralizados) com diferentes propostas e seus próprios criptoativos.

Esses ativos passaram a chamar atenção de investidores principalmente por sua utilidade e captação de recursos realizados pelas equipes de desenvolvimento por trás de cada projeto, impulsionando novas funcionalidades e consequentemente mais demanda pelos tokens.

Tais aspectos reunidos são capazes de atrair valor para os tokens, o que explica a valorização de algumas criptomoedas DeFi, levando investidores a incluírem esses ativos em sua estratégia de diversificação de investimento.

A seguir, você irá conhecer as principais criptomoedas DeFi desse segmento e como identificar as melhores criptomoedas para sua estratégia.

Crie sua carteira cripto e diversifique com mais de 50 ativos.

9 criptomoedas DeFi que vale a pena acompanhar

Como acabamos de mencionar, antes de começar a investir, é preciso conhecer a fundo um criptoativo e avaliar seu desempenho para tomar a melhor decisão possível.

Nesse sentido, acompanhar as criptomoedas DeFi é uma forma de levantar aspectos positivos e negativos sobre diferentes ativos para avaliar as opções disponíveis para diversificação.

Até mesmo quem ainda não está pensando em investir no segmento DeFi, mas gosta de ficar por dentro das tendências do mercado cripto, pode achar interessante fazer esse acompanhamento.

Por isso, trouxemos uma lista com os ativos que vale a pena acompanhar. Sendo assim, as principais criptomoedas DeFi do mercado são:

  1. Dai (DAI)
  2. Avalanche (AVAX)
  3. Uniswap (UNI)
  4. Chainlink (LINK)
  5. Tezos (XTZ)
  6. Aave (AAVE)
  7. Fantom (FTM)
  8. The Graph (GRT)
  9. ThorChain (RUNE)

Antes de seguir, é preciso destacar que essa lista não é uma recomendação de investimento, apenas um material com informações que irão te ajudar a fazer sua própria pesquisa e avaliação.

Dito isso, confira agora os detalhes sobre cada uma dessas criptomoedas DeFi:

1. Dai (DAI)

A DAI é uma stablecoin descentralizada, desenvolvida pela MakerDAO e lançada em 2017, com a estrutura na rede Ethereum. 

Para manter seu preço estável sempre igual a US$1, a DAI é pareada a outras criptomoedas. Ela usa principalmente a Ethereum como garantia, atribuindo o papel de colateral por meio de contratos inteligentes responsáveis por assegurar a estabilidade do valor e a relação de 1:1 com o dólar.

No final de agosto de 2022, a capitalização de mercado da DAI é superior a US$6 bilhões.

9-criptomoedas-defi-que-vale-a-pena-acompanhar-simbolo de dai

2. Avalanche (AVAX)

A Avalanche é uma plataforma para desenvolvimento de contratos inteligentes, DApps e Blockchains personalizadas e interoperáveis.

Seu objetivo é oferecer mais escalabilidade, menores taxas e a interoperabilidade entre redes. Por conta de suas soluções, o ecossistema da Avalanche já atraiu importantes projetos DeFi como Sushiswap e AAVE.

Quer saber mais detalhes sobre AVAX? Assista ao vídeo abaixo:

O token AVAX é o ativo nativo da plataforma, possui uma capitalização de mercado superior a US$6 bilhões e estava cotado a US$22 no final de agosto de 2022.

Vale destacar que é preciso acompanhar a cotação das criptomoedas para saber o momento certo para investir em cada uma.

9-criptomoedas-defi-que-vale-a-pena-acompanhar-avax

3. Uniswap (UNI)

A Uniswap é uma exchange descentralizada que roda na rede Ethereum, reconhecida por ser a primeira DEX a funcionar de maneira eficiente.

Contratos inteligentes permitem trades de criptoativos na Uniswap sem parear compradores com vendedores, de forma que tudo acontece automaticamente e sem a necessidade de intermediários centralizados.

No protocolo Uniswap, os investidores são os próprios fornecedores de liquidez para que as transações ocorram. Assim tudo acontece de forma descentralizada.

No final de agosto, a UNI, token de governança da Uniswap, estava cotado a US$6 e possuía uma capitalização de mercado de US$5 bilhões.

9-criptomoedas-defi-que-vale-a-pena-acompanhar-uni

4. Chainlink (LINK)

Chainlink é uma plataforma que permite que várias empresas usem sua rede para registro de dados e transações em várias outras Blockchains.

Podemos dizer que a Chainlink funciona como um elo entre as informações offline do mundo real e as Blockchains. Já o token LINK é usado para remunerar os participantes da rede e futuramente servirá também para staking na Chainlink.

No fim de agosto de 2022, LINK estava sendo negociado a US$6, com uma capitalização de mercado superior a US$3 bilhões.

9-criptomoedas-defi-que-vale-a-pena-acompanhar-link
Invista em criptomoedas sem abrir mão da segurança.

5. Tezos (XTZ)

Tezos é uma rede Blockchain descentralizada que possibilita criar e hospedar projetos, aplicativos e ativos em um ambiente auto-atualizável, seguindo os mesmos padrões do que é feito na Ethereum. 

O diferencial do projeto Tezos é oferecer estrutura mais flexível: sua rede evolui mais facilmente e melhorias podem ser aplicadas sem que seja necessário um hard fork.

O criptoativo XTZ é o token de governança da Tezos, negociado na casa dos US$1, com uma capitalização de mercado de cerca de US$1,5 ao final de agosto.

9-criptomoedas-defi-que-vale-a-pena-acompanhar-xtz

6. Aave (AAVE)

Aave é um protocolo de liquidez que possibilita o depósito e empréstimo de criptomoedas, permitindo o ganho de juros em forma de tokens.

Tudo é feito por meio de contratos inteligentes na Blockchain, sem a interferência e intermediação de uma instituição financeira, como bancos.

AAVE também é o nome do token nativo desse ecossistema. Ele é usado para governança e para ter acesso a empréstimos, além de conceder prioridade para colocar criptos disponíveis para empréstimo.

O token AAVE estava cotado a cerca de US$89 no fim de agosto, com capitalização de mercado de US$1,2 bilhões.

9-criptomoedas-defi-que-vale-a-pena-acompanhar-aave

7. Fantom (FTM)

Fantom é uma plataforma de contrato inteligente, descentralizada e de código aberto, para criar DApps, ativos digitais e recursos DeFi integrados.

O projeto foi desenvolvido para oferecer uma rede mais rápida e escalável do que as tecnologias de Blockchain mais antigas e oferecer suporte a desenvolvedores de aplicativos descentralizados.

Seu token FTM é usado para transações, pagamentos de taxas, governança e staking na rede Fantom. Ele foi negociado a $0.3 ao fim de agosto, com uma capitalização de mercado de cerca de US$770 milhões.

9-criptomoedas-defi-que-vale-a-pena-acompanhar-ftm
Invista em FTM e todas os ativos na Coinext.

8. The Graph (GRT)

O The Graph une conceitos de DeFi e Web 3.0 para oferecer um protocolo descentralizado para indexação e consulta de dados contidos em Blockchains, assim como o Google faz com a internet.

Seu objetivo é tornar esses dados de fácil acesso para os usuários, sobretudo desenvolvedores de DApps.

O GRT é o token usado para manter a segurança econômica da rede, cobrança de taxas e recompensas a indexadores, cotado a $0.1 e com capitalização de mercado de aproximadamente US$770 milhões no final de agosto.

9-criptomoedas-defi-que-vale-a-pena-acompanhar-grt

9. ThorChain (RUNE)

Por fim, há a criptomoeda DeFi da exchange descentralizada ThorChain. O diferencial desse projeto é ser multichain, ou seja, permite a troca de criptoativos entre várias redes de criptomoedas, sem a necessidade de atrelamento a outro ativo, o que reduz os riscos envolvidos.

O token RUNE é usado na DEX para oferecer segurança, liquidez, governança e incentivo aos participantes da rede. No final de agosto, o preço de RUNE era de cerca de US$2 e uma capitalização de mercado de US$718 milhões.

Essa foi a lista com algumas das principais criptomoedas DeFi em capitalização de mercado. Se quiser saber mais, assista também esse vídeo com 3 tokens DeFi que você precisa conhecer hoje mesmo:

Quais as melhores criptomoedas DeFi para investir?

Sempre ressaltamos que saber as melhores criptomoedas para investir é uma reflexão pessoal, que seguirá seu perfil de investimento. Portanto, o primeiro passo do investimento saudável é fazer essa autoanálise.

Outro passo primordial para alcançar mais sucesso são os estudos e pesquisas, assim, você saberá exatamente onde está colocando seu dinheiro.

Quando inseridos dentro de projetos bem estruturados e capitalizados, o ciclo de funcionalidade, utilidade, demanda e valorização que mencionamos anteriormente tende a se consolidar em uma economia saudável em torno de uma criptomoeda DeFi.

Do contrário, se um projeto não apresenta fundamentos sólidos e uma equipe bem capacitada, provavelmente terá dificuldade em captar recursos para continuar se desenvolvendo e atraindo mais usuários, sendo difícil obter sucesso e ver seus tokens se valorizando.

Portanto, uma análise fundamentalista é parte essencial da pesquisa que investidores precisam fazer antes de comprar uma criptomoeda. Estude também o mercado e busque por análise de especialistas.

Invista nas melhores criptos do mercado.

Criptomoedas DeFi promissoras para 2022

Algumas das criptomoedas DeFi que comentamos aqui, como Chainlink (LINK) e Uniswap (UNI), estão na lista das melhores criptomoedas para 2022, analisada pelo nosso time de especialistas e atualizada para o segundo semestre do ano.

Semanalmente você também encontra em nosso Blog uma lista com as top 5 criptomoedas para a semana, para saber em quais criptos ficar de olho e planejar melhor suas operações. Então, acompanhe nossos conteúdos!

Criptomoedas DeFi estão na Coinext

Agora você já sabe quais são as melhores criptomoedas DeFi para se ter no radar e quais cuidados tomar antes de investir nesse setor.

E se o investimento em DeFi é realmente o que você procura e faz sentido para seu perfil, pode contar com a Coinext. Aqui você encontra segurança, suporte e conteúdo educativo para investir com mais confiança.

Antes de finalizarmos, vale a pena lembrar que esse conteúdo não deve ser interpretado como recomendação de investimento. Todas as informações devem ser utilizadas para base de sua escolha, por isso, sempre leve em consideração seu perfil de investimento, objetivos, planejamento, o ciclo de mercado das criptomoedas e o momento atual de cada ativo.

Abra sua conta grátis para investir em qualquer uma das criptomoedas DeFi da lista que apresentamos, entre outros principais criptoativos do mercado. 

Sobre o autor
José Artur Ribeiro
Um dos fundadores e CEO da Coinext. Economista formado pela Università di Roma (Itália) e investidor em criptomoedas desde 2014. Possui mais de 15 anos de experiência em cargos de liderança. Foi CFO da Hexagon Mining e CFO da Vodafone Brasil. Trabalhou também em multinacionais como Airbus Industries (França) e PricewaterhouseCoopers (Itália e Brasil).
Mais nesta categoria
Compre
Bitcoin e mais criptos na Coinext
3x eleita a melhor exchange brasileira
4,7
Inscreva-se