Análise Técnica de Criptomoedas: como fazer

Você sabe o que é análise técnica e o por que ela ser tão utilizada por traders? Montamos um guia que irá te ajudar a entender este conceito.

Equipe Coinext
Última atualização:
24/10/2023

A análise técnica é uma ferramenta fundamental para investidores e traders de criptomoedas. Ela envolve a avaliação de gráficos de preços e indicadores para tomar decisões informadas sobre comprar ou vender ativos digitais. Neste guia, exploraremos como realizar uma análise técnica eficaz de criptomoedas e destacaremos as etapas essenciais para ajudá-lo a tomar decisões de investimento embasadas em dados.

Por que a Análise Técnica é Importante?

Antes de mergulharmos nas técnicas específicas, é importante entender por que a análise técnica é crucial no mundo das criptomoedas. Esses são os motivos pelos quais é importante fazer análise técnica para ter sucesso nos seus investimentos:

  1. Previsão de Tendências de Preços: A análise técnica ajuda a identificar tendências de preços em criptomoedas, permitindo que os investidores prevejam se os preços subirão, cairão ou permanecerão estáveis.
  2. Identificação de Pontos de Entrada e Saída: Ela ajuda a determinar os melhores momentos para comprar (entrada) e vender (saída) criptomoedas, maximizando os lucros e minimizando as perdas.
  3. Gerenciamento de Riscos: A análise técnica fornece insights sobre os níveis de suporte e resistência, o que ajuda os traders a definir níveis de stop-loss e take-profit para proteger seus investimentos.
  4. Tomada de Decisões Baseadas em Dados: Em vez de tomar decisões com base em suposições, a análise técnica permite que os investidores tomem decisões informadas com base em evidências visuais e indicadores.

Análise técnica ou análise fundamentalista

É importante destacar que a análise técnica não é a única abordagem para avaliar investimentos em criptomoedas. Outra metodologia amplamente utilizada é a análise fundamentalista. Enquanto a análise técnica se concentra principalmente nos dados de preços passados e nos movimentos do mercado, a análise fundamentalista examina os fundamentos subjacentes de um ativo.

A análise fundamentalista considera fatores como a equipe de desenvolvimento de uma criptomoeda, sua tecnologia, casos de uso, parcerias estratégicas, adoção real e potencial, regulamentações governamentais e muito mais. Ela busca determinar o valor intrínseco de um ativo com base em seus fundamentos.

Enquanto os analistas técnicos confiam em gráficos e indicadores, os fundamentalistas analisam relatórios financeiros, notícias do setor e eventos que podem afetar a criptomoeda. Em última análise, a escolha entre análise técnica e fundamentalista depende da sua abordagem de investimento e dos seus objetivos.

Alguns investidores optam por combinar ambas as abordagens para obter uma visão mais abrangente de uma criptomoeda. No entanto, é importante lembrar que o mercado de criptomoedas é altamente volátil e imprevisível, e nenhuma análise pode prever com certeza os movimentos de preço futuros. Portanto, é fundamental realizar pesquisas e se manter informado ao tomar decisões de investimento.

Como fazer análise técnica de criptomoedas?

Agora, vamos explorar as etapas essenciais para realizar uma análise técnica de criptomoedas de forma eficaz.

Passo 1: Escolher a Plataforma de Negociação

Antes de começar, é crucial escolher uma plataforma de negociação confiável que ofereça recursos avançados de análise técnica. Certifique-se de que a plataforma fornece gráficos interativos e uma ampla variedade de indicadores técnicos. Na Coinext, você pode fazer análises com a plataforma mais usada do mercado, o TradingView. Ele está disponível na plataforma web.

Passo 2: Coletar Dados de Preços

O próximo passo é coletar dados históricos de preços da criptomoeda que você deseja analisar. Esses dados podem ser encontrados na plataforma de negociação ou em sites especializados, como CoinmarketCap ou Coingecko.

Passo 3: Escolher um Período de Tempo

Decida o período de tempo que deseja analisar. Os traders usam uma variedade de prazos, desde minutos até dias ou semanas, dependendo de suas estratégias.

Passo 4: Desenhar Linhas de Tendência

Use os dados de preços para desenhar linhas de tendência. As linhas de tendência ajudam a identificar padrões e tendências de alta (bullish) ou baixa (bearish). Perceba no gráfico abaixo como formou-se uma tendência de queda no preço do Bitcoin no início de 2019. Apesar de haver alguns momentos de alta, em diversas oportunidades o mercado buscava uma linha imaginária(laranja), apontando para desvalorização.

Linha de tendência criptomoedas
Linha de tendência em gráfico do Bitcoin.

Não existe uma regra única para a configuração destas linhas. Alguns analistas gráficos recomendem buscar situações onde o preço não permaneça 10% acima ou abaixo desta linha de tendência.

Usualmente ignora-se a sombra da vela (candle) neste tipo de análise, especialmente em ativos que oscilam muito de preço, a exemplo do que ocorre em criptomoedas.

Passo 5: Aplicar Indicadores Técnicos

A análise técnica utiliza uma variedade de indicadores para ajudar na interpretação dos dados de preços das criptomoedas. Alguns dos indicadores mais comuns incluem:

  • Médias Móveis: Esses indicadores suavizam os movimentos de preços ao longo de um período específico, ajudando a identificar tendências de alta ou baixa.
  • Índice de Força Relativa (RSI): O RSI mede a velocidade e a mudança dos movimentos de preços e varia de 0 a 100. Ele é frequentemente usado para identificar condições de sobrecompra (acima de 70) ou sobrevenda (abaixo de 30).
  • Bandas de Bollinger: As Bandas de Bollinger consistem em uma média móvel, juntamente com duas bandas que representam a volatilidade do preço. Elas ajudam a identificar períodos de alta volatilidade e possíveis reversões de tendência.
  • MACD (Convergência e Divergência de Médias Móveis): O MACD é um indicador de momentum que mostra a relação entre duas médias móveis. Ele é usado para identificar mudanças na direção das tendências.
  • Estocástico: O indicador estocástico compara o preço de fechamento de uma criptomoeda com sua faixa de preço ao longo de um período. Ele ajuda a identificar áreas de sobrecompra ou sobrevenda.

Esses são apenas alguns dos indicadores técnicos amplamente utilizados na análise técnica de criptomoedas. A escolha dos indicadores depende da estratégia de negociação e do ativo específico que você está analisando. Experimente diferentes indicadores e determine quais funcionam melhor para suas necessidades de análise.

Passo 6: Analisar Padrões de Candlestick

Os padrões de candlestick, como martelos, estrelas cadentes e dojis, podem oferecer insights sobre possíveis reversões de tendência ou continuação.

O gráfico de candles oferece muitas informações em diferentes tipos de períodos de forma fácil de visualizar. Por esse motivo, esse é o tipo de gráfico de Bitcoin preferido entre investidores e mais indicado por analistas do mercado.

Além de apresentar o preço de abertura e fechamento de um ativo, ele também consegue demonstrar o sentimento do mercado, algo de grande importância quando se trata de oferta e demanda. Por isso, esse é o tipo de gráfico que você geralmente vai encontrar em sites e aplicativos para acompanhamento de criptomoedas em tempo real.

O vídeo abaixo explica todos os elementos e conceitos que você precisa saber para conseguir ler o gráfico de preço do Bitcoin e analisar sua cotação:

Passo 7: Identificar Níveis de Suporte e Resistência

Encontre os níveis de suporte (onde o preço tende a parar de cair) e resistência (onde o preço tende a parar de subir). Esses níveis são fundamentais para definir estratégias de stop-loss e take-profit.

No exemplo abaixo, denominado canal de alta, os traders usualmente buscam pontos próximos ao piso, ou linha de suporte, para realizar compras. O oposto ocorre quando a linha de tendência aponta para uma queda, buscando realizar vendas próximas ao teto, ou resistência do canal.

Suporte e resistência gráfico de criptomoedas
Pontos de Suporte e Resistência em gráfico de Bitcoin.

Existe ainda uma figura que configura a lateralização,ou seja, oscilações dentro de uma determinada banda, sem tendência definida de alta ou de baixa. Este período pode durar algumas horas, dias ou até mesmo várias semanas.

Outra forma de se operar suportes e resistências é aguardando um rompimento destes padrões, sinalizando busca de um novo patamar.Para este tipo de trade é necessário o uso de ordens Stop, que define gatilhos necessários para sua execução. Em nossa área de educação é possível encontrar um detalhamento maior sobre cada forma de disparo das ordens.

Passo 8: Interpretar e Tomar Decisões

Com todas as informações coletadas, interprete os dados e tome decisões informadas sobre sua estratégia de negociação. Lembre-se de considerar fatores externos, como notícias e eventos do mercado.

Passo 9: Praticar e Aprender

A análise técnica é uma habilidade que melhora com a prática. Comece com uma conta de negociação de demonstração para aprimorar suas habilidades antes de arriscar seu capital.

Conclusão

A análise técnica é uma ferramenta poderosa para investidores e traders de criptomoedas. Ao seguir as etapas acima e continuar aprendendo, você estará melhor preparado para tomar decisões informadas em um mercado volátil. Lembre-se sempre de gerenciar seus riscos e não investir mais do que você pode perder. Boa sorte em sua jornada de análise técnica de criptomoedas!

Sobre o autor
Equipe Coinext
Conteúdos preparados por especialistas em criptomoedas. A equipe da Coinext conta com nomes importantes e com conhecimento para passar as melhores informações sobre Bitcoin e outros principais criptoativos.
Mais nesta categoria
Compre
Bitcoin e mais criptos na Coinext
3x eleita a melhor exchange brasileira
4,7
Inscreva-se