Quais são as melhores criptomoedas para iniciantes?

Buscando as melhores criptomoedas para iniciantes? Confira aqui os principais tipos de ativos para começar a investir em criptomoedas do zero!

Denio Grossi
Última atualização:
19/4/2024

Está conhecendo agora no setor de criptoativos e procura as melhores criptos para iniciantes? Essa busca pode parecer difícil em um primeiro momento, já que o mercado cripto cresceu bastante nos últimos anos e hoje existem diversas opções de investimento disponíveis.

Mas a boa notícia é que com tanta variedade, existem, sim, opções de criptomoedas para iniciantes entre outras possibilidades que o setor cripto oferece para quem quer diversificar seus investimentos.

Quer saber qual o melhor investimento para quem é iniciante e por quê? Então continua a leitura para que você saiba quais são as melhores criptomoedas para iniciantes:

  • O que são criptomoedas?
  • Qual o melhor investimento para iniciantes em criptomoedas?
  • 6 tipos de investimentos para iniciantes
  • Como começar a investir em criptomoedas do zero?

O que são criptomoedas?

Antes de entender quais são as melhores criptomoedas para iniciantes, é necessário compreender melhor o que são esses ativos digitais. Uma criptomoeda é um tipo de moeda totalmente digital que se diferencia por não estar vinculada a nenhum governo, tornando-a descentralizada.

Elas utilizam criptografia para validar as transações financeiras, tornando-as muito seguras. As transações são realizadas por meio da Blockchain, uma tecnologia que organiza as informações das transações financeiras em uma cadeia de blocos criptografados interligados

Dessa forma, o registro de todas as operações realizadas na plataforma fica registrado, sejam dados de operações financeiras, corretores, dos próprios investidores e muito mais.

A moeda que iniciou esse mercado foi o Bitcoin, criado em 2009 e que hoje lidera o mercado cripto

Qual o melhor investimento para iniciantes em cripto?

Para quem está apenas começando a investir em criptoativos, grande parte dos analistas experientes indica manter um percentual maior da carteira em Bitcoin e/ou Ethereum, as duas criptomoedas líderes do mercado. 

O principal motivo para isso é o fato de que essas duas criptos já provaram ser as mais sólidas do mercado, sendo muito difícil enxergar um cenário próximo em que elas percam esse posto.

Somente após adquirir mais experiência e conhecimento de mercado é recomendado explorar outras moedas, partindo do top 10 em capitalização de mercado, sempre tendo em mente seu perfil de investimento para entender até onde você se dispõe a se arriscar. 

Nesse vídeo, por exemplo, destacamos algumas criptomoedas para iniciantes que já se sentem confortáveis em ir além de Bitcoin e Ethereum.

Além das moedas digitais, o setor cripto oferece outras alternativas seguras e práticas para quem é iniciante diversificar seus investimentos, como os ativos tokenizados. Os ativos tokenizados são os ativos físicos ou produtos financeiros tradicionais que foram transformados em tokens. 

Com isso, esses ativos podem ser fracionados e distribuídos a investidores por meio de cotas, o que oferece um custo inicial bem mais baixo e a vantagem da praticidade de ser um investimento totalmente digital. Achou interessante? Conheça melhor quais são as melhores criptomoedas para iniciantes.

6 tipos de investimentos para começar com cripto

A seguir, destacamos algumas das melhores criptomoedas para iniciantes no mercado cripto. 

Lembrando que este conteúdo não é uma recomendação de investimento, mas sim informações que podem servir como um ponto de partida para te ajudar em suas pesquisas e análises.

1. Bitcoin (BTC)

O Bitcoin foi a primeira criptomoeda a se consolidar mundialmente e hoje é a mais valiosa do mercado. Além disso, o BTC apresenta o maior nível de segurança e descentralização em meio às demais Blockchains e projetos de criptomoedas já desenvolvidos.

Isso significa que o funcionamento do Bitcoin e as transações realizadas na sua rede não podem ser manipulados por nenhum governo ou entidade. Vale destacar também sua escassez, a oferta do Bitcoin foi programada para continuar sendo reduzida com o passar do tempo.

Essas características fazem com que o Bitcoin tenha menos chances de sofrer no longo prazo com notícias ou crises envolvendo empresas privadas e seus fundadores, além de outros problemas geralmente enfrentados por moedas estatais, como a inflação. Por esses motivos, essa é uma das melhores criptos para iniciantes há muito tempo.

2. Ethereum (ETH)

A Ethereum é a maior rede Blockchain para desenvolvimento de projetos cripto por meio dos contratos inteligentes. Essa tecnologia permite a criação de novos ativos digitais, NFTs, games e diversos serviços financeiros descentralizados.

Isso gera um interesse constante por sua criptomoeda Ether (ETH), a altcoin mais consolidada no meio cripto e a segunda maior criptomoeda do mercado, atrás apenas do Bitcoin.

Por esse motivo, especialistas em investimentos cripto recomendam começar pesquisando pelo Ether se seu objetivo é explorar mais possibilidades além do Bitcoin.

3. Tether (USDT)

O Tether (USDT) é um tipo de criptomoeda conhecido como stablecoin. As stablecoins são moedas digitais lastreadas em algum outro ativo, como moedas estatais e metais preciosos, por exemplo.

No caso do Tether, cada 1 USDT corresponde a 1 dólar. Por isso, essa stablecoin é bastante usada por investidores como uma estratégia muito prática de dolarização digital do patrimônio.

Atualmente, o Tether é a criptomoeda mais negociada no Brasil.

4. Ripple (XRP)

O Ripple é um protocolo de pagamentos descentralizados e possui sua própria moeda, a XRP. Ela se diferencia de outros criptos pelo fato de que a sua plataforma também permite o uso de outros tokens, que podem ser tanto moedas comuns quanto bens.

Portanto, seu objetivo é possibilitar pagamentos seguros e instantâneos, fazendo uma conexão entre as criptos e o mundo dos bancos comuns, o que faz com que seu uso seja adotado por empresas do ramo. Além disso, o Ripple possui outros benefícios, como:

  • Custo de transação econômico;
  • Integra sistemas financeiros;
  • Transações instantâneas;
  • Liquidação de débito ágil.

5. Tokens de obras de arte

Apesar de não serem criptomoedas propriamente ditas, os tokens são boas opções de investimento para iniciantes. Tokens são frações digitais de ativos reais que possuem valor.

Em outras palavras, um objeto pode ter seu valor transformado em um token fracionado, e suas partes podem ser vendidas para diversos investidores pela Blockchain. Ao serem vendidas, as porcentagens dessas cotas são repassadas aos investidores.

Entretanto, os tokens de obras de arte são uma porta de entrada para o investimento no mercado de arte, tradicionalmente restrito a pessoas que detêm maior capital.

Ao comprar esses tokens, você estará investindo em obras de artistas de sucesso e terá a chance de lucrar quando aquela peça for vendida e o rendimento repassado aos investidores.

Essa é mais uma opção de diversificação de investimento promissora para iniciantes, por ser prática, de fácil acesso e também descorrelacionada das oscilações do mercado cripto e da bolsa. Alguns benefícios desse setor, incluem:

  • Diversificação de riscos;
  • Acessibilidade de investimento;
  • Praticidade;
  • Potencial de ganhos mais elevados.

6. Tokens de precatórios

Precatórios são títulos de dívida pública expedidos pelo Judiciário. Quem investe em precatórios lucra com a diferença entre o valor antecipado ao cobrador e o valor recebido quando o pagamento é feito pelo órgão público, incluindo juros e correção monetária.

Os tokens de precatório são uma representação digital do título de dívida, que é dividida em cotas bem menores do que geralmente encontramos no mercado tradicional, e distribuídas a diferentes pessoas por um valor mais acessível.

Por ser de fácil acesso e aplicação, esses tokens são mais um investimento para iniciantes que destacamos nesta lista.

Agora que você já conhece algumas das melhores criptos e investimentos para iniciantes, a dúvida que fica é: como começar a investir na prática? Saiba agora:

Como começar a investir em criptomoedas do zero?

A seguir, comentamos algumas boas práticas recomendadas por especialistas para quem quer começar a investir em cripto, desde os primeiros reais em criptomoedas e outros ativos digitais.

Antes de seguir, você também pode conferir o vídeo a seguir, em que o CEO da Coinext, José Artur, traz algumas dicas rápidas para quem quer investir em criptomoedas do zero. Confira:

Tenha um bom planejamento financeiro

Deixe sua organização financeira em dia antes de investir. Isso inclui, por exemplo, montar uma reserva de emergência para não correr o risco de perder um dinheiro que irá te fazer falta mais tarde.

Se você possui alguma dívida, pague o que deve antes de começar, pois somente assim seu dinheiro de fato poderá render. Lembre-se também de monitorar bem os seus gastos para entender quanto você realmente gasta e consegue manter todos os meses.

Seguindo um planejamento financeiro saudável, você consegue definir o quanto é viável que você invista, e se você realmente está em um momento adequado para começar.

Nesse vídeo você encontra mais dicas sobre como ter um controle financeiro para investir em criptoativos:

Entenda seu perfil de investidor e objetivos

Antes de aplicar seu dinheiro em criptoativos, é preciso definir como e onde você quer chegar com seus investimentos, o que só é possível conhecendo bem seu perfil de investidor. 

Ainda não sabe o que é perfil de investidor? Assista ao vídeo a seguir e saiba agora mesmo como identificar o seu:

Esse é um momento de fazer uma análise pessoal para entender se você se encaixa mais em um perfil conservador, moderado ou agressivo.

Por exemplo, conservadores geralmente concentram seus investimentos em Bitcoin e Ethereum, as criptomoedas mais sólidas do mercado, enquanto os agressivos tendem a contar com um maior percentual da carteira em altcoins mais arriscadas.

Para chegar a uma definição mais clara dos seus objetivos, busque responder a questões como:

  • O que você pretende alcançar com seu investimento?
  • Quanto tempo pretende dedicar a ele?
  • Esse investimento terá alguma destinação específica no futuro? Um plano de aposentadoria com cripto ou a compra de um imóvel, por exemplo?
  • Indo mais além, esse investimento será usado como um fundo para iniciar um negócio?

Com esses pontos em mente, fica mais fácil montar sua estratégia de investimentos.

Monte sua carteira com criptoativos

Após organizar sua vida financeira, conhecer seu perfil de investidor e traçar sua estratégia de investimento, é hora de montar uma carteira com criptoativos.

Aqui, é preciso destacar a importância da diversificação de investimentos. Diversificar significa diluir o risco alocando menores partes de seus recursos em diferentes produtos além de criptomoedas.

Nesse sentido, os ativos tokenizados, sobretudo aqueles descorrelacionados da bolsa e do mercado cripto, são excelentes alternativas para se proteger por meio da diversificação.

Desse modo, você evita ficar suscetível às variações de apenas uma criptomoeda e minimiza os riscos envolvidos.

Escolha uma corretora para investir

Agora que você já sabe as melhores criptos para iniciantes, saiba que para colocar em prática seus investimentos, você precisará de uma corretora segura e que ofereça a variedade de criptoativos que você está buscando, inclusive os investimentos para iniciantes que comentamos anteriormente.

Para isso, você pode contar com a Coinext, corretora reconhecida como uma das melhores do Brasil, onde você encontra diferentes opções de criptomoedas e ativos tokenizados para compor sua carteira.

Começar a investir na Coinext é muito simples. É só seguir esses passos:

  1. Abra sua conta grátis: Preencha seus dados básicos e crie uma senha forte. Você receberá um e-mail para validação. Você consegue validar sua conta em poucos cliques;
  2. Ative sua conta: Para isso, será necessário realizar um depósito de sua própria conta em um banco para sua conta Coinext. Assim você terá saldo para comprar criptos na nossa plataforma. Esse processo é rápido e seguro, e pode ser feito via PIX ou TED;
  3. Compre seus ativos: Aguarde seu saldo cair para comprar e vender criptoativos. Então escolha o ativo desejado e realize a operação.

E lembre-se: é preciso aprender antes de investir, para saber bem o que está fazendo. Portanto, estude o mercado para investir com confiança e consciência.

Se você está em busca de mais informações sobre investimentos para iniciantes, continue acompanhando os conteúdos da Coinext. Disponibilizamos diversos artigos, vídeos, e-books, minicursos, entre outros materiais no Blog, Coinext Educação e YouTube.

Sobre o autor
Denio Grossi
Diretor de Growth na Coinext, especialista em tecnologia, criptomoedas, Blockchain e entusiasta do universo cripto como um todo.
Mais nesta categoria
Compre
Bitcoin e mais criptos na Coinext
3x eleita a melhor exchange brasileira
4,7
Inscreva-se