Perfil de Investidor: Conheça os tipos e descubra o seu

Você é um investidor conservador, moderado ou arrojado? Conheça a característica de cada perfil de investidor e descubra qual melhor se encaixa ao seu.

Por
Luiza Brito
3/3/2021
Perfil de Investidor: Conheça os tipos e descubra o seu

Provavelmente você já ouviu alguém falar essa expressão ou mesmo já leu em algumas matéria que é possível segmentar os investidores de acordo com seu perfil. Mas você sabe quais são os critérios utilizados para fazer essa separação? Será que você consegue dizer qual é o seu perfil de investidor? E mais, será que o seu atual perfil de investidor é o mais ideal para o que você quer alcançar? 

Continue lendo este artigo e vamos juntos responder todos estes questionamentos:

  • Perfil de investidor: Por que você deve conhecer o seu?
  • Quais são os tipos de investidores?
  • Investidor Conservador
  • Investidor Moderado
  • Investidor Arrojado ou Agressivo
  • Qual o perfil de investidor de quem investe em cripto?

Algumas pessoas acreditam que entrar para o mundo dos investimentos significa simplesmente escolher o ativo em que quer investir e já colocar a mão na massa, depositando o dinheiro e aguardando um milagre. No entanto, é fundamental e parte da estratégia de investimento, você fazer uma auto reflexão e descobrir qual é o seu perfil de investidor.

Descobrindo o seu perfil, todo o restante da estratégia fluirá de maneira muito mais tranquila e alinhada. É muito importante que você se sinta confortável com as negociações que está fazendo e com a forma com que lida com elas. Investimento não é sobre seguir pessoas que você deseja ser igual, ou simplesmente mirar num objetivo a longo prazo e acreditar que adotando um comportamento X você vai conquistar esse objetivo logo de cara.

Investir é uma trajetória, um processo que precisa acontecer de forma gradual, seguindo etapas e pequenos objetivos alcançáveis, que é claro, são totalmente passíveis de serem reajustados à medida que você for caminhando e alcançado suas micro metas.

Mas afinal, o que seria este perfil de investidor?

Perfil de investidor, também conhecido como suitability, é uma análise que é feita para identificar quais são suas expectativas para com o investimento e como isso pode ser encaixado com a sua personalidade e sua realidade. 

Para fazer esse levantamento e análise, geralmente o investidor responde à perguntas como: o que você quer alcançar com esse investimento, quais são os traços mais marcantes da sua personalidade, como você lidaria com situações diferentes que são comuns do universo de investimentos, qual sua tolerância ao risco, por quanto tempo pensa em seguir com a atividade de investimentos, se já investiu em algum outro momento da vida, porque começou agora, e assim por diante. 

Essas perguntas podem vir em formato de questionário ou você mesmo pode fazê-las para si antes de começar a investir. Não precisa esperar que alguém tome a iniciativa de fazer por você. Quanto mais você se conhecer, mais segurança terá para tomar suas próprias decisões em relação ao seu dinheiro

Além destes pontos que citamos acima, o seu perfil de investidor também será traçado com base em três requisitos mais específicos: segurança, liquidez e rentabilidade. São estes critérios que vão realmente ajudar a definir com maior precisão qual seu perfil e quais são os investimentos mais indicados para alguém com o seu perfil.

Assim, conforme você vai respondendo às perguntas, é possível mapear quais destes 3 critérios acima são prioridades para você e, a partir disso, te passar um resultado mais concreto. É necessário que fique claro dentre estes critérios qual deles será priorizado, pois dificilmente você conseguirá um investimento que siga os 3 à risca, com altos níveis de dedicação. 

Até porque, escolhendo algum deles, automaticamente o outro precisa recuar e adotar um papel de menor importância. Se você escolher, por exemplo, priorizar a alta rentabilidade, de uma forma ou de outra, você precisa abrir mão de ter total segurança, pois um investimento com maior rentabilidade significa maiores riscos também, ou seja, menor segurança, no sentido de ter uma garantia de que você nunca perderá dinheiro.

Se a situação for o contrário, você quer priorizar a sua segurança e não ter prejuízo de forma alguma, é interessante que você siga o caminho de um investimento menos arriscado. Porém, se é um investimento menos arriscado, a rentabilidade também fica menor, pois o risco vale para os dois lados, tanto de lucrar quanto de sair no prejuízo.

Portanto, é normal e necessário que você pense nas escolhas também refletindo qual delas você consegue abrir mão de priorizar totalmente, uma vez que é importante que haja um equilíbrio e que não é possível realizar um investimento com 100% de rentabilidade, segurança e liquidez. 

Perfil de investidor: por que você deve conhecer o seu?

Até então, entendemos o conceito de perfil do investidor e quais opções nós temos mercado afora para construir este nosso perfil, seja por meio de algum site na internet ou por uma auto reflexão.

Então, conhecer o seu perfil de investidor traz informações essenciais sobre como você pode alinhar suas expectativas e objetivos, sua realidade e sua personalidade, criando uma estratégia de investimentos mais assertiva. Traçar o seu perfil, é importante para trazer esta clareza sobre o caminho mais adequado para você, ao invés de simplesmente se basear nas decisões de outras pessoas. 

O mais importante que você deve absorver sobre o perfil de investidor é entender que não existe um investimento melhor ou pior que o outro, mas sim aqueles que são mais ou menos ideais para você. Quando estamos imersos nesse universo, é normal surgirem comentários e comparações entre os seus investimentos com o de amigos e conhecidos, mas saiba diferenciar até que ponto isto é saudável. 

Conversar para trocarem experiências e talvez esclarecimentos é super válido, porém entrar em uma comparação e acreditar que por estar dando certo para o seu amigo, vai dar certo para você também, é furada. Exatamente por conta disso tudo que explicamos acima, o sucesso do seu investimento não deve ser mensurado pela régua dos outros, somente pela sua. 

Ou seja, se você se conhece, sabe onde quer chegar e como chegar lá, de forma consciente e tomando suas próprias decisões com base nas suas necessidades e realidade, você está a caminho de ter um investimento de sucesso.

Vamos fazer uma analogia para que fique ainda mais claro como faz toda diferença você saber seu perfil de investidor.

Imagine que você decidiu comprar um novo imóvel. Sendo assim, você recorre à uma corretora e provavelmente o corretor te fará várias perguntas para entender qual tipo de imóvel melhor atende aos seus critérios. 

Provavelmente ele irá te perguntar qual a finalidade principal do imóvel que você quer comprar. Seria uma residência fixa? Casa de campo, para uso aos finais de semana? Você pretende usar o imóvel ou disponibilizar para aluguel? 

Vamos partir do pressuposto que você quer um sítio, uma casa de campo.

Em seguida, o corretor vai lhe perguntar: quantas pessoas iriam frequentar a casa? Vocês tem  crianças pequenas na família? Animais de estimação? Pensam em frequentar o imóvel todo final de semana ou somente em datas comemorativas? 

Mais uma vez, você responde que busca uma casa que toda a família pudesse usufruir, incluindo as crianças pequenas e os animais de estimação. 

Por fim, o corretor vai te perguntar se você tem restrição quanto a localização, qual o número de quartos e banheiros em média que você deseja e é claro, seu orçamento máximo. 

Respondido todas estas perguntas, o corretor  já sabe o que você procura. Uma casa grande ou sítio, para usar todos os finais de semana, levar família e amigos, tem crianças pequenas, portanto precisa de alguns cuidados especiais, tem animais de estimação, então seria necessário uma cerca ou divisória, precisa ter 4 quartos ou mais, que fique a 1h de distância da residência fixa e que fique dentro do limite do orçamento de R$500.000 

Algumas semanas depois o corretor entra em contato novamente com você com duas propostas de imóveis que ele encontrou: 

Imóvel A - um sítio,  localizado à 1h da residência fixa da família, com área de lazer com churrasqueira e piscina, porém a piscina não tem cercado. São 3 quartos, porém salas grandes que caberiam muitas pessoas em um grande evento de família, por exemplo Natal ou Ano Novo. A casa extrapola o orçamento em R$100.000.

Imóvel B - também é um sítio, localizado à 1h40 da residência fixa da família, área de lazer com churrasqueira e piscina. São 3 quartos e a metragem da parte construída da casa é menor que do imóvel A, limitando a capacidade de pessoas que poderiam dormir confortavelmente na casa. A casa está dentro do orçamento.

Percebe como todas estas perguntas foram fundamentais para que o corretor encontrasse opções que atendessem aos principais critérios? Perceba também que nenhuma das duas conseguem atender 100% a todos os critérios e que alguns pontos precisam ser priorizados? 

O processo de traçar o seu perfil de investidor e sua estratégia de investimento é semelhante ao que foi descrito agora.  A partir do que você prioriza e do quão bem você se conhece, abre-se um leque de opções para que você escolha aquela que melhor te atende.

Com esta ferramenta fica bem mais fácil entender quais são as opções e modalidades de investimento e qual será a mais adequada para você, que não vá te causar frustrações, por descuido ou por ambição de querer dar um passo maior que a perna.

Quais são os tipos de investidores?

Agora que já entendemos o que consiste o perfil do investidor e qual a importância desse mecanismo, precisamos entender de fato, quais são os perfis. 

Existem 3 principais tipos mais comuns de perfis, são eles: conservador, moderado ou arrojado. Vamos entender melhor cada um deles a seguir.

Investidor conservador

As pessoas que se encaixam no perfil de investidor conservador geralmente priorizam a sua segurança nos investimentos, ou seja, ela não quer correr muitos riscos de ter prejuízo. 

Com isso, podemos inferir que um de seus principais objetivos não é ter um lucro altíssimo em pouco tempo, mas sim estão mais voltados em não perder dinheiro. Faz sentido então que esta pessoa conheça opções de investimentos que envolvem menos riscos e mais estabilidade.

De maneira alguma este perfil está relacionado à pessoas com pouco dinheiro para investir, os critérios não são relacionados ao poder aquisitivo. 

Até porque, dentro desta modalidade pode estar o senhor Marcos, que já tem mais de 60 anos, quer investir seu dinheiro mas de forma que não arrisque o montante que ele lutou toda sua vida para juntar. 

Ou pode estar também o Thiago, que tem 23 anos de idade, está em busca de conhecer opções para fazer o seu primeiro investimento e está priorizando algo que lhe dê prática e segurança primeiro, para depois ir conhecendo mais sobre o mercado. 

Nesta modalidade, os investimentos mais comuns são os que possuem riscos mais baixos e são voltados para o longo prazo. Técnicas de HODL, prática de comprar um ativo e mantê-lo por muito tempo (meses ou anos), e investimento em imóveis são bem comuns nessa categoria.

Investidor moderado

O investidor com perfil moderado é aquele que pode conter características mistas tanto de um investidor  mais conservador, que se importa com sua segurança, quanto de um perfil mais ousado, que também se interessa pelo rendimento.

Este perfil funciona como o meio termo, o moderado é geralmente uma pessoa que ainda não tem interesse em investimentos de alto risco, mas está disposto a correr algum risco em prol de ter um investimento mais rentável, com retornos maiores do que o perfil de investidor conservador teria.

É comum encontrarmos nesse perfil pessoas com um nível intermediário a avançado de conhecimentos sobre investimentos, ativos financeiros e os diferentes tipos de análises que podem ser feitas, tanto as técnicas quanto a fundamentalista.

Alguns exemplos de investimentos do perfil moderado são as operações que negociam a médio e curto prazo, como o Swing Trade. Essa técnica consiste em acompanhar um ativo num intervalo de tempo que pode variar entre algumas semanas até vários meses.  

Uma forte característica do perfil moderado é a versatilidade. É bem comum neste  perfil o investidor optar por diversificar os seus investimentos, e distribuir seu dinheiro sendo parte em um investimento com maior liquidez, caso ele precise do dinheiro imediatamente e a outra parte em um investimento com menor liquidez. O que na verdade é o mais recomendado a todos os investidores, diversificar os investimentos é uma maneira de driblar os altos riscos de se investir tudo em um lugar só.

Acesse aqui um Guia Completo para Análise Técnica com Criptomoedas.

Perfil Arrojado ou Agressivo 

Por último, temos o perfil arrojado, também chamado de agressivo. Nesta modalidade, encontram-se as pessoas que priorizam acima de tudo um investimento com retorno mais alto, geralmente em prazos menores, e com riscos mais altos também. Isso porque, do ponto de vista financeiro-econômico, um investimento tem mais chances de trazer lucros maiores quanto maior for o seu grau de risco, porém as chances são as mesmas de também trazer prejuízo.  É um investidor que lida bem com as oscilações do mercado.

Ou seja, para o investidor arrojado, a segurança de não arriscar ter prejuízos fica em segundo plano, para que ele possa investir em ativos com riscos maiores, consequentemente, ativos que podem trazer um retorno maior. Além disso, estes investidores buscam obter estes retornos também em operações mais ousadas, de curto ou curtíssimo prazo, conhecidas como Day Trade e Scalping Trade, negociações que ocorrem num prazo de um dia e minutos ou horas de diferença, respectivamente. 

Nestes casos, os investidores inclusive buscam tirar seus lucros a partir do alto volume de operações que são realizadas. Aquela velha história que, de grão em grão a galinha enche o papo, ou seja, de pequenos lucros em cada operação, ao final do dia os traders conseguem  uma boa rentabilidade.

As pessoas que possuem este perfil geralmente são traders com conhecimentos avançados e bastante experiência no mercado financeiro. São pessoas com o olhar treinado, que conseguem extrair tendências e movimentos do mercado com mais facilidade ao olhar um gráfico de um ativo, por exemplo.

Entenda mais sobre como identificar tendências e os melhores momentos para entrar e sair no mercado:

Qual o perfil de quem investe em criptomoedas?

Para descobrirmos o perfil do investidor do mercado cripto, basta analisarmos as características destes ativos, de suas tendências e das movimentações que são mais comuns. 

Primeiramente, as criptomoedas são ativos com alta volatilidade, ou seja, elas têm a capacidade de variar seus preços em intervalos curtos de tempo. 

Segundo, elas possuem uma tecnologia relativamente nova, que ainda está sendo aceita pela sociedade. Já podemos ver grandes mudanças a favor do mercado cripto, mas ainda há uma certa desconfiança, simplesmente porque as pessoas estão tomando conhecimento ainda sobre esta nova classe de ativos.

Terceiro e último é que as criptomoedas vem se firmando no mercado como ativos poderosos para funcionarem como reserva de valor.

Ou seja, podemos concluir que o mercado cripto na verdade é bem abrangente e flexível e consegue abarcar todos os tipos de perfis de investidores. 

Se você tem o perfil arrojado, as criptomoedas funcionam para você pois envolvem negociações de risco mais alto, podendo trazer também retornos mais altos. Elas também funcionam muito bem com operações de curto e médio prazo, como o Swing Trade, Day Trade e Scalping Trade. E também atendem muito bem os ansiosos, pois são parte de um mercado que não conta com pregões com início, meio e fim, elas funcionam 24 horas por dia. 

Elas possuem alta liquidez também, então você consegue sacá-las em um intervalo de tempo relativamente curto, se precisar, atendendo bem ao perfil moderado. Você também consegue diversificar seu portfólio, pois existem uma infinidade de opções de moedas altcoins, aquelas que não são o Bitcoin. E também é possível manter sua posição no mercado por um tempo médio, como várias semanas ou alguns meses, técnica do HODL e Swing Trade.

Confira as previsões para o Bitcoin em 2021 e as previsões para as Altcoins em 2021.

E por fim, elas também atendem ao perfil do investidor conservador, que pode optar apenas por adquirir a moeda e manter sua posição por vários anos, aguardando uma valorização maior e mais consistente. Existem diversas características do Bitcoin que o torna um ótimo ativo para reserva de valor, como o fato de ser um ativo finito e escasso, que a longo prazo, tem previsões para se valorizar acima da média. Não é necessário que você adquira sua criptomoeda e trabalhe apenas na arbitragem.

Portanto, se você está em busca de um investimento em criptomoedas, escolha uma corretora séria, que seja referência no mercado e que traga opções de segurança e variedade para você. Aqui na Coinext, você consegue fazer seu cadastro gratuito e validar sua conta com um depósito de apenas R$25,00.

Você imaginava que conseguiria investir em criptomoedas com tão pouco dinheiro? Conheça nossa tecnologia e se encante com nosso atendimento humanizado!

Mais nesta categoria
CONTEÚDO PRODUZIDO POR
Essas análises são de responsabilidade da Mercurius e não são uma recomendação de investimento.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo
Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pela Coinext.
Obrigado! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Oops! Revise seu email e insira um válido.
Novas moedas na Coinext.
Você até dia 4 de abril.
Serão 5 novas criptomoedas listadas a partir de abril e você pode escolher suas preferidas entre 8 opções.
Vote agora
Feedback