Super Semana Cripto | 16 a 20 de abril | Inscreva-se

Top criptomoedas da semana (12/12)

Confira a lista com as top criptomoedas da semana. Entenda por que vale a pena acompanhar esses ativos nos próximos dias e as oportunidades que podem surgir.

José Artur Ribeiro
Última atualização:
4/1/2024

Chegou a hora de encontrar alternativas para investir em um momento mais complicado para o mercado. Por isso, nesse conteúdo, você descobre quais são as top criptomoedas da semana.

Antes de seguir, vale destacar que esse conteúdo não é uma recomendação de investimento. Analisamos as melhores criptomoedas e separamos alguns fatores que você precisa considerar para encontrar situações interessantes.

Como foi a semana do mercado de criptomoedas

O mercado cripto começou a última semana em alta, mas dados sobre a economia americana mais fortes que o esperado diminuíram as expectativas de que o Federal Reserve reduza os juros diante da inflação, o que abalou ativos de risco, inclusive criptoativos.

O Bitcoin chegou a recuar para US$16,8 na semana passada, sem se distanciar muito dos US$17 mil, mantendo o principal suporte dos últimos dias. No mercado brasileiro, o BTC foi negociado principalmente entre R$88 mil e R$90 mil.

O final de semana foi de pouca oscilação, enquanto investidores aguardam os últimos dados importantes do Fed e inflação em 2022.

O impacto foi mais forte nas altcoins, que chegaram a sofrer quedas maiores em 7 dias. As maiores perdas da semana entre as principais criptomoedas são de Chiliz (CHZ) com -19.2%, Sushiswap (SUSHI) com -17.2% e Dogecoin com -15.1%, segundo dados do Coingecko.

Esse foi o resumo do desempenho do criptomercado na última semana. Agora, você confere uma análise das criptos que podem chamar atenção nos próximos dias:

Top 5 criptomoedas da semana

Considerando que essa lista não deve ser tratada como recomendação de investimento, mas sim como conteúdo informativo para auxiliar suas análises individuais, a seguir você confere algumas informações relevantes sobre o momento de 5 ativos do universo cripto que podem apresentar oportunidades interessantes.

Ao optar por comprar ou não um ativo, lembre-se de sempre considerar seu próprio momento e perfil de investimentos. Assim, você se certifica de que está investindo nos ativos que realmente fazem sentido para você.

Dito isso, as top 5 criptomoedas que vamos analisar esta semana são:

  1. Bitcoin (BTC)
  2. ApeCoin (APE)
  3. Ethereum (ETH)
  4. The Graph (GRT)
  5. EOS (EOS)

Saiba agora quais são os motivos que levaram nossa equipe a incluir cada um desses ativos na lista das top criptos da semana:

1. Bitcoin (BTC)

O Bitcoin vem sendo negociado na faixa entre US$16,9 mil e US$17 mil desde a última semana. Nesta segunda-feira, o resultado dos últimos 7 dias indica uma alta de 0.54% para a principal criptomoeda do mercado.

Para esta semana, a atenção dos investidores recai sobre a última reunião do Federal Reserve em 2022, que está prevista para ocorrer nos dias 13 e 14 de dezembro, na qual será divulgada a decisão da taxa de juros.

Ao longo do ano, o Fed manteve uma forte política de aperto monetário subindo as taxas de juros, o que impactou os ativos de risco, incluindo ações e criptomoedas.

Agora, o mais esperado é que o Fed aumente a taxa de juros em 50 pontos-base, uma queda em relação aos últimos aumentos em 75 pontos. No entanto, o próprio presidente do Fed, Jerome Powell, já reforçou o compromisso de conter a inflação e a possibilidade de aumentos mais acentuados não está descartada.

Caso a perspectiva de um aumento mais brando em 50 pontos-base realmente se confirme, o Bitcoin pode testar os US$20 mil com mais altas até o final do ano.

Mas, caso haja mais um aumento de 75 pontos, com um discurso de manutenção da política econômica atual, poderemos ver o Bitcoin lutando pelo patamar dos US$17 mil.

De toda forma, vale destacar que nem mesmo a persistência de um cenário macroeconômico negativo afeta os fundamentos do Bitcoin. Quando focamos no longo prazo, continuamos na perspectiva de que haverá uma recuperação, afinal, a segurança e a necessidade do BTC são fatores que seguem firmes.

Diante desse cenário, comprar Bitcoin hoje passa a ser algo a considerar, sobretudo pensando em aproveitar um patamar ainda baixo.

2. ApeCoin (APE)

A ApeCoin começou a semana como o destaque do mercado, apresentando o melhor desempenho em 24h na tarde de segunda-feira, com alta de +1.26%. A melhor performance dos últimos 7 dias também é de APE, com +8.30% na semana.

A APE vem de um interessante rali de alta que ocorreu na última semana de novembro, quando chegou a atingir alta de +35,85% em apenas 7 dias. Já em dezembro, a ApeCoin passou por uma correção, mas sem deixar de se destacar entre as performances positivas em meio a um cenário de baixa volatilidade do mercado cripto.

Algumas novidades como o anúncio de recompensas por staking de APE e de NFTs Bored Ape podem estar por trás do aumento de interesse pela criptomoeda nos últimos dias.

Para se ter uma ideia do engajamento da comunidade, o contrato oficial de staking arrecadou cerca de US$32 milhões em APE em um só dia. As recompensas estão programadas para começar a serem emitidas em 12 de dezembro:

Tradução: Estamos no meio do período de pré-compromisso para staking de Ape. As recompensas começam a ser acumuladas em 12 de dezembro!

Vale lembrar que essa liberação não é garantia de que o rali de ApeCoin continue, pois ainda resta saber como o mercado irá reagir à novidade, que possui alguns pontos de atenção discutidos pela comunidade, como uma aparente falha que gera o risco de perda de tokens APE ligados aos NFTs em stake.

Por isso, é sempre preciso considerar os riscos e a alta volatilidade de altcoins mais recentes como a ApeCoin ao acompanhar o movimento do ativo em busca de oportunidades.

3. Ethereum (ETH)

Assim como estamos falando sobre a oportunidade para ter BTC em carteira por um preço baixo, o mesmo cenário também vale para ETH.

A cripto passou recentemente pelo The Merge, atualização importante que provocou um rally de alta, seguido por uma correção e consequentemente pela queda que impactou o mercado cripto como um todo.

Agora, com a expectativa de que uma correção mais profunda para a criptomoeda pode estar chegando ao fim, investidores voltam a ter mais atenção no Ether, sobretudo considerando o baixo patamar de compra atual, o potencial de crescimento e a importância da rede Ethereum para todo ecossistema cripto.

Um importante anúncio desta semana que pode contribuir para um humor positivo em relação à Ethereum tem a ver com uma das datas mais aguardadas desde o The Merge: a implementação do hard fork Shanghai, a próxima grande atualização da Ethereum, deve ocorrer em março de 2023.

Com essa atualização, o esperado é que investidores possam retirar seus ETH que foram travados na rede da Ethereum para obter rendimentos com staking. 

Essa liberação seria de grande importância para gerar mais confiança na Ethereum, visto que tem sido um dos pontos de receio mais discutidos pela comunidade.

Quanto à performance do Ether, tanto os dados do cenário macroeconômico quanto questões internas e externas relacionadas à rede Ethereum ainda podem afetar o preço da cripto no curto prazo, como as discussões sobre a censura da Blockchain e sobre seu sistema supostamente deflacionário.

4. The Graph (GRT)

O token GRT, do protocolo descentralizado The Graph, é mais um dos destaques da semana, apresentando alta de +2.81% em 7 dias, com o aumento do interesse por seus subgráficos (dados de Blockchains agrupados no protocolo).

Também conhecido como o “Google das criptomoedas”, The Graph é um protocolo que extrai dados contidos em Blockchains, depois organiza e disponibiliza a consulta eficiente desses dados, com o objetivo de torná-los mais facilmente acessíveis para os usuários, principalmente desenvolvedores que precisam dessas informações para construir seus DApps (aplicativos descentralizados em Blockchains).

A Ethereum é hoje a principal rede suportada pelo The Graph. Além dela, existem outras 17 redes em versão beta, passando pela fase de testes, entre elas Polygon e Fantom.

Recentemente, o projeto anunciou os primeiros passos para trazer os subgráficos para a rede Solana. A comunidade de desenvolvedores Solana agora pode começar a usar o The Graph para criar DApps mais rápidos, o que contribui para reforçar a utilidade do protocolo.

Com isso, vale a pena acompanhar também o desempenho do token GRT à medida que o interesse por The Graph aumenta.

5. EOS (EOS)

No dia 10 de novembro, o preço da criptomoeda EOS chegou a cair para uma nova mínima anual de US$0,84 (R$4,25), segundo o CoinMarketCap. Já na semana passada, o token recuperou o patamar e chegou a atingir US$1. 

Esse movimento ocorreu logo após ser anunciada na semana passada a integração de depósitos e retiradas de Tether (USDT) na rede EOS.

Nesta segunda-feira, a EOS está sendo negociada a cerca de US$0,97 (R$5,19), com alta de +3.83% nos últimos 7 dias, o segundo melhor desempenho da semana, atrás apenas de ApeCoin.

Agora, com a stablecoin mais popular do mercado agora na rede, as possibilidades de serviços envolvendo finanças descentralizadas (DeFi) se expandem ainda mais, um dos principais focos do projeto no momento.

Mais sobre as top criptomoedas da semana

O bom momento de uma criptomoeda depende de diversos fatores, que podem envolver aspectos além da performance semanal. Inclusive, alguns dos criptoativos da lista que acabamos de analisar também se encontram na lista das melhores criptomoedas para dezembro.

Confira o vídeo a seguir para entender os detalhes sobre esses ativos e por que eles são considerados promissores para este mês:

Principais notícias sobre criptomoedas

Acompanhar o mercado e ficar em dia sobre as principais notícias envolvendo criptomoedas é essencial para quem investe nesse setor. Afinal, acontecimentos inesperados podem mudar completamente o desempenho de um ativo e ou até mesmo trazer boas oportunidades.

No nosso Blog, você encontra um conteúdo diário com um resumo das principais notícias sobre criptomoedas e, semanalmente, você confere o que é destaque por meio de nosso canal do Youtube.

Nesse vídeo, contamos o que foi destaque no mercado cripto nas últimas semanas:

Para que serve a lista das top criptomoedas da semana?

Por fim, é importante lembrar que este conteúdo não deve ser entendido como recomendação de investimento.

Pelo contrário, antes de investir em qualquer criptomoeda, é preciso fazer uma análise detalhada sobre seu momento pessoal, objetivos e a adequação ao seu perfil de investimento.

Cada dado informado aqui serve apenas de base para você analisar melhor o mercado na hora de investir nas melhores criptomoedas. Mas lembre-se: a performance passada de uma cripto não assegura a realização do cenário analisado, afinal, o mercado pode mudar, uma tendência pode ser seguida e fatores externos podem interferir no andamento de um ativo no mercado.

Com isso em mente, abra sua conta na Coinext para investir nos ativos apresentados nessa lista das top criptomoedas da semana.

Sobre o autor
José Artur Ribeiro
Um dos fundadores e CEO da Coinext. Economista formado pela Università di Roma (Itália) e investidor em criptomoedas desde 2014. Possui mais de 15 anos de experiência em cargos de liderança. Foi CFO da Hexagon Mining e CFO da Vodafone Brasil. Trabalhou também em multinacionais como Airbus Industries (França) e PricewaterhouseCoopers (Itália e Brasil).
Mais nesta categoria
🎁
Ganhe até R$25 em
Bitcoin e mais criptos
Invista a partir de R$10 pelo aplicativo Coinext®.
4,7
Inscreva-se