Stop Loss e Stop Gain

Você conhece esses mecanismos que ajudam a suavizar os ricos de seus investimentos? Conheça Stop Loss e Stop Gain e como eles podem te ajudar.

Por
Luiza Brito
16/2/2021

Quem entra no mercado financeiro deve estar sempre ciente que é um ambiente que de qualquer forma vai envolver correr riscos. Não tem jeito, é como o mercado funciona, especialmente quando se fala em criptomoeda, que é um investimento com ativos mais voláteis e que, consequentemente, envolve riscos mais altos.

Porém, mesmo com seus riscos, existem diversas maneiras que você pode se precaver, ou mesmo tentar driblar os riscos do mercado. Os mecanismos de stop loss e stop gain são justamente isso, ferramentas para amparar o investidor e resguardá-lo das bruscas alterações de preço do mercado.

Mas atenção, não é exatamente uma ferramenta muito comum de se ver em toda corretora. Aqui na Coinext nós temos e por isso vamos mostrar para vocês tudo que precisa saber para aprender a configurar suas operações com muito mais tranquilidade e confiança.

O que você vai ver:

  • Stop loss
  • Stop gain
  • Como devem ser feitas as ordens de stop?
  • Valor de disparo
  • Duração
  • Limite de perda
  • Ordens saltadas
  • Vantagens do Stop Loss e Stop Gain
  • É possível usar Stop Loss e Stop Gain com criptomoedas?
  • Como programar as ordens na Coinext?


Bora lá?

Stop Loss

O stop loss é a primeira configuração que vamos aprender.

Em tradução livre pro português, stop loss significa parar a perda. Basicamente, é uma ordem automática de venda que você configura e programa ela no Home Brocker da Coinext.

A ordem é configurada para disparar no momento em que o seu ativo alcançar um certo valor, que você definiu previamente que era o seu limite de prejuízo, o valor mínimo ao qual você precisa vender seu ativo antes que ele se torne um prejuízo irrecuperável.

Veja bem, a coisa mais normal do mundo, no universo de investimento, é a situação mudar e, aquele ativo que você comprou começar a entrar em tendência de queda. Nesse momento, como já dissemos aqui no blog diversas vezes, é preciso manter a mente fria e ter ações estratégicas para, ou minimizar os impactos do prejuízo ou para não perder ainda mais dinheiro tentando recuperar o que foi perdido.

Além disso, corre-se o risco de essa reversão na tendência acontecer em algum momento que você não esteja no computador, preparado para agir. Pode ser que aconteça de madrugada, ou mesmo no horário em que você está no trabalho. E para conseguir se resguardar mesmo quando acontece o pior, existe o stop loss.

Vamos para o exemplo prático para que fique ainda mais claro.

Vamos supor que você comprou 10 moedas de R$5.000, a moeda M.

Depois de fazer seus estudos e análise gráfica, você compreende que a moeda M tem capacidade de oscilar e na subida chegar a R$7.000 e na descida R$3.000. E também entendeu que ela dificilmente voltará a subir e a dar lucros caso chegue à R$7.000.

Você compreendeu que, para os seus objetivos e de acordo com a sua realidade, se a moeda chegar a R$3.000 é melhor vendê-las e não correr o risco de perder mais enquanto torce por uma valorização e observa a moeda continuar a cair o valor.

Assim, você programa a sua ordem de stop loss para vender as 10 moedas no momento em que a M atingir o valor de R$3.000.

Percebe o quão importante é este tipo de mecanismo para mitigar os riscos do investidor e ajudá-lo a ter mais segurança para operar?

Especialmente para aqueles que operam day trade ou scalping trade, ou ainda para aqueles que mantêm os investimentos simultaneamente à outra atividade profissional.

Stop Gain

O stop gain é o contrário do stop loss, é o máximo de lucro que você quer/consegue obter investindo em determinado ativo.

Aí você me pergunta “Preciso realmente estabelecer o meu lucro máximo?”

A resposta é com certeza! Tem muita gente que acredita que o céu é o limite quando se trata de investimento, mas isso é um erro clássico de iniciantes. Logo quando você começa a entender a dinâmica do mercado, também entende que, focar sempre no lucro do melhor cenário possível, quase utópico, é a mesma coisa que não ter uma estratégia. É apostar na sorte e se comportar como um torcedor fanático do seu ativo.

Não é bem assim que as coisas funcionam, há a volatilidade dos ativos e o movimento natural do mercado, de queda e baixa, que mantém o equilíbrio necessário para o ativo existir e os investidores poderem continuar comprando e vendendo.

Especialmente com as criptomoedas, que naturalmente possuem seus movimentos de oscilação de preço mais intensos que outros ativos financeiros, e sofrem também fortes impactos pelo comportamento do mercado e dos traders. Se você não definir o lucro máximo da sua operação, você está basicamente operando sem direção, voando de acordo com o mercado.

Na prática, o stop gain funciona assim: vamos voltar ao exemplo da criptomoeda M que foi comprada por R$5.000.

Depois de estudar, analisar graficamente e fazer o acompanhamento do ativo durante certo tempo, você viu que sua oscilação máxima em uma tendência de alta é até R$7.000, passando desse valor você acredita que o ativo entrará em reversão de tendência e entrará em queda.

Sendo assim, você programa a ordem de venda para quando o ativo atingir este valor de R$7.000.

Como devem ser feitas as ordens de stop loss e stop gain?

Configurar e programar a ordem é relativamente simples, existem os 4 principais conceitos que você deve ter em mente na hora de programar que vamos explicar agora.

Além disso, antes de montar sua estratégia de investimento você precisa definir o seu valor de entrada, o valor do lucro máximo e o valor do prejuízo mínimo.

É importante você entender que a execução de uma ordem stop, bem como sua configuração no respectivo site da corretora, podem variar. Existem maneiras de configurar uma ordem mais simples, que contará apenas com o valor de disparo, e existem maneiras de configurar uma ordem mais complexa e avançada, estabelecendo o valor limite e alguns outros passos característicos de uma ordem stop.

Mas, saiba que não é essencial buscar logo de cara executar uma ordem avançada, pois podem aparecer conceitos novos e confundir você. Portanto, se a sua corretora te dá a opção de configurar um stop simples, ele conseguirá te ajudar e atender suas expectativas enquanto investidor que quer se resguardar de uma perda brusca.

Somente recomendamos a execução de uma ordem avançada caso você tenha um conhecimento mais aprofundado, tanto sobre a ordem e o mecanismo, quanto sobre o seu ativo e o mercado de investimentos em geral.

De qualquer forma, entenda os conceitos que podem aparecer para você em uma configuração de ordem stop.

Valor de Disparo

Este é o conceito mais simples. É o valor que, se alcançado, irá disparar a sua ordem, de venda ou de compra, automaticamente.  Ele é o valor que vai engatilhar a ordem programada.

Este é o conceito, e configuração, mais comum de se encontrar em ordens de stop simples.

Duração

Esta duração diz respeito à quanto tempo você quer que dure essa ordem de venda. É interessante alinhar essa duração com a sua estratégia de investimento. Se você costuma operar em curto prazo, day trade e scalping trade, a duração deve ser menor, porém se você opera em médio e longo prazo, deve ajustar a duração para semanas ou meses.

 Limite de Perda

Este é o conceito, e a configuração, que é mais comum de encontrar em ordens avançadas.

É o valor que você entende que é o mínimo, ou máximo em caso de stop gain, que seu ativo pode alcançar. Até onde seu risco pode chegar para que o investimento ainda valha a pena.

Vamos entender primeiro como funciona em uma situação que você quer configurar um stop loss.

Pensa aqui comigo, você entendeu que a moeda M a R$3.000 é o valor em que ela já não está performando bem e pode estar em queda irrecuperável. Você programa a ordem de venda do stop loss para esse valor. Mas até essa ordem ser executada, por qual valor seu ativo realmente será vendido?

É interessante pensar no limite de perda pois o mercado oscila muito, ainda mais em se tratando de criptomoedas. Então, pode acontecer de você programar a venda para um valor X e a oscilação nem cobrir esse valor.

Especialistas indicam estabelecer o limite de perda para em torno de 3% a 5% para quem opera em day trading ou scalping, que são as operações de curto prazo. Se você opera em médio a longo prazo, indicam de 10% a 15%.

É claro que, isto é apenas a opinião de especialistas por fora. Você é a melhor pessoa para calcular seus próprios limites de perda, que sejam alinhados com sua estratégia, sua tolerância ao risco e sua realidade enquanto operador de trade.

Assim como acontece no stop loss, no stop gain também pode acontecer de o ativo valorizar tanto que passará direto no seu valor estipulado para disparo.

Para se resguardar destes eventos, você planeja o limite de perda do seu stop gain, o valor máximo que a ação precisa ser vendida antes de entrar em tendência de queda.

 Ordens saltadas

O que explicamos no tópico acima, sobre como a volatilidade do mercado pode chegar a ser tão alta que há chances de o ativo nem passar pelo seu valor de disparo e oscilar diretamente para outro valor, é justamente o que ocorre quando uma ordem é saltada.  A definição de um valor limite pode impedir isso

A ordem saltada é quando acontece isso, uma variação tão grande e brusca no preço do ativo que a ordem de disparo nem acontece, ela fica “presa” no Book de Ofertas. É como se ela estivesse aguardando o valor ser atingido novamente para ser executada. O que dificilmente isso acontecerá, o mais provável é que você depois precise voltar e cancelar essa ordem, prejudicando toda sua estratégia e não servindo em nada para precaver o risco de prejuízo do investidor

Vale lembrar que ordenar as duas ordens de venda, o valor de disparo e o valor limite, não acarreta em custos adicionais ao investidor, uma vez que só uma delas será executada, funcionando como uma ordem de venda normal.

Vantagens do Stop Loss e Stop Gain

As principais vantagens deste tipo de mecanismo, como já dissemos acima no texto, é funcionar como uma forma de resguardar o investidor e apoiá-lo quando os seus ativos entram em reversão de tendência e possível queda.

Funciona, sobretudo, para mitigar as perdas do investidor e para que ele consiga percorrer sua estratégia do início ao fim, sem precisar também ficar em tempo integral à disposição das operações.

Um dos pontos que discutimos muito aqui no blog da Coinext é como o fator humano e a barreira psicológica dos traders são muito incisivos e com alto poder de impacto nas estratégias dos traders.

Sabemos o quanto é delicado o momento em que nos damos conta que nossos investimentos não estão indo de acordo com o que imaginamos. Sabemos que essas coisas interferem no psicológico de quem está ali no controle e carrega fortes emoções, por isso contar somente com seu controle emocional pode não ser suficiente.

É neste momento que entra o stop loss, para se sobrepor ao fator humano, à toda a carga emocional que operar em investimentos traz. Dessa forma, evita-se o descontrole e as decisões mal pensadas.

Da mesma forma, pode acontecer enquanto o ativo está em tendência de alta, numa situação em que o investidor pode ficar emocionado com a subida do preço do ativo e ficar aguardando sempre uma nova valorização, na busca de lucrar ainda mais.

Mas é muito comum o ativo chegar num determinado ponto e não se sustentar naquele valor por muito tempo, e neste momento começar a cair e desvalorizar. Assim, o investidor perdeu a oportunidade de vendê-lo ainda no lucro, antes do ativo começar a cair.

Entenda sobre suporte e tendência e quando são os momentos em que os ativos não conseguem se sustentar em determinados valores e vão apresentar reversão de tendência. Entender suporte e tendência é fundamental para entender o pleno funcionamento do stop loss e stop gain.

 Se apoiando no mecanismo de Stop Gain, você se previne, consegue finalizar sua estratégia com lucro, e não cai nas tentações do mercado. Se porventura, o ativo continuar a subir muito além do valor que você definiu, é muito melhor você finalizar sua estratégia, seguindo o que você traçou no começo e iniciar outra com novos valores de entrada, de prejuízo e lucro máximo, seguindo as novas movimentações do mercado.

No entanto, é importante ressaltar também que, saber configurar essas ordens não substitui de forma alguma o estudo, o entendimento dos gráficos, a análise dos dados e a fundamentalista, o acompanhamento das notícias e dos movimentos dos principais players do mercado. Em se tratando de criptomoedas, também é fundamental o acompanhamento das instituições responsáveis pela emissão das moedas e dos grandes nomes que vemos operar e apoiar as moedas.

Pelo contrário, é indicado o uso destes mecanismos em conjunto das análises gráficas e do acompanhamento diário do ativo.


É possível usar Stop Loss e Stop Gain com criptomoedas?

Com toda certeza! Os stops já são um recurso específico para aliviar a tensão do trader em relação às movimentações do mercado. Em criptomoedas, que são os ativos com maior nível de volatilidade e risco do universo de investimentos, é ainda mais essencial este tipo de ferramenta.

Eles funcionam exatamente da mesma forma que funcionam com o mercado de ações, basta substituir os papéis por criptomoedas.

Lembrando que, é fundamental estudar a fundo os comportamentos das moedas que você quer investir, acompanhá-las diariamente, se manter informado de notícias e afiar a análise gráfica. Quanto mais você conhecer as particularidades das moedas, menos você errará ao definir sua estratégia de stop e saberá identificar mais facilmente quais são os movimentos naturais da moeda e quais são os movimentos que valem a pena fazer algo a respeito, como a venda ou compra deles.


Se você quer saber tudo sobre análise técnica de forma descomplicada, acesse nosso Guia Completo de Análise Técnica.

Outros conteúdos que podem te ajudar:

Como programar as ordens de stop na Coinext?

As ordens de stop não estão presentes em qualquer corretora. Aqui na Coinext oferecemos essa opção aos nossos investidores como mais uma opção de segurança, confiabilidade e autonomia para operar seus investimentos. Conforme explicamos ao longo do texto, é mais comum, e até melhor para os investidores iniciantes, a ordem de stop simples, na qual você precisa definir apenas o valor de disparo.

Observe na imagem abaixo como é no Home Brocker da Coinext:

stop-simples-coinext
(Imagem: captura de tela do Home Brocker Coinext). Como configurar uma ordem de stop simples.

Agora, observe que no final do espaço de configurar as ordens tem um botão escrito: Ordens Avançadas. Clique neste botão para configurar seu stop com valores de disparo e limite de perda.

stop-valor-limite-coinext
(Imagem: captura de tela do Home Brocker Coinext). Como configurar o stop com limite de perda.

Quando abrir este quadro para você, selecione a opção Stop Limit e, no campo abaixo em Limit Price, coloque o valor que você quer estabelecer como valor limite.

Ainda não tem uma conta? Aqui na Coinext, você abre sua conta gratuitamente e com um depósito de penas R$25,00 você consegue realizar suas operações com firmeza e precaução.

E é claro, prezamos muito pela educação dos nossos clientes e para que vocês tenham acesso à toda informação que possa ser útil na hora de operar.

Para entender melhor como funcionam as ordens de stop na Coinext, acesse nossos conteúdos no Suporte:


Mais nesta categoria
Ver todos >
CONTEÚDO PRODUZIDO POR
Essas análises são de responsabilidade da Mercurius e não são uma recomendação de investimento.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo
Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pela Coinext.
Obrigado! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Oops! Revise seu email e insira um válido.
Feedback