Scalping Trade - Aprenda a utilizar esta estratégia

Você sabe o que é Scalping Trade? Entenda como funciona essa estratégia, quais ferramentas são utilizadas e quais são suas vantagens.

Por
Equipe Coinext
13/1/2021
 Scalping Trade - Aprenda a utilizar esta estratégia

Para aqueles que sonham em começar a operar investimentos em ativos financeiros, a proposta do scalping trade é o empurrãozinho que faltava para você tirar o sonho do papel e começar a vivê-lo.

A promessa é realmente alta e tentadora, ganhar muito dinheiro em curto espaço de tempo. Mas será que é simples assim? O que você precisa saber sobre esta operação para administrá-la com sucesso?

Continue lendo este artigo se você quer entender:

  • O que é Scalping Trade?
  • Qual o perfil de um scalper?
  • Quais são os prazos de Trade?
  • Longo
  • Médio
  • Swing Trade
  • Day Trade
  • Intradiário
  • Super-Intradiário
  • Ferramentas de análise
  • Tape Reading
  • Análise Técnica
  • VWAP
  • Diferenças entre Day Trade, Swing Trade e Scalping Trade
  • Vantagens do Scalping Trade
  • Conclusão

O que é Scalping Trade?

Scalping Trade é uma técnica de operar em trade, ou seja, é uma estratégia de investimento em ativos financeiros, para aqueles que buscam lucrar em operações de curto prazo, vendendo na alta e comprando na baixa. Esta técnica é bem comum em diversos tipos de investimentos, seja na Bolsa de Valores, seja em corretoras de investimentos, até mesmo em apostas esportivas é comum encontrar esta técnica.

No caso do Scalping, está operação é de curtíssimo prazo, e está dentro da modalidade de Day Trade, quando as operações ocorrem ao longo de um dia. Porém, no scalping as operações acontecem em um espaço de tempo muito curto, em que uma negociação de compra e venda pode chegar a durar apenas alguns segundos. E as negociações se repetem diversas vezes ao longo do dia, podendo variar entre 15 até 70 operações no mesmo dia.

O objetivo principal aqui, é obter pequenos lucros em cada operação, que ao final do dia somam um resultado alto, devido ao alto volume de operações que foi realizada.

Para entender melhor o conceito de Scalping podemos até fazer uma analogia com a sua tradução literal do inglês. Scalper significa cambista, aquele vendedor “bom de lábia”, ousado, que sabe reconhecer oportunidades de ganhos, e que geralmente vence pela insistência.

O scalping trader, pessoa que opta por esta técnica, de certa forma, precisa ser ousado, corajoso e insistente para conquistar o seu lugar nos investimentos e conseguir lucros. Cada operação que ele executa tem sua importância na soma dos lucros ao final do dia. Da mesma forma que cada venda de um cambista tem muita importância para ele.

Veja abaixo mais características de um scalper e se tem a ver com você!

Qual o perfil de scalper?

Já sabemos então que, de uma maneira geral, o perfil de um scalper trader é naturalmente uma pessoa ousada e que não se intimida fácil em situações de risco.  O primeiro passo para investir operando em Scalping é entender se você tem as habilidades e competência que este profissional requer.

O scalper trader é comumente reconhecido no mercado por apresentar um perfil arrojado. Em termos de investimento, isso quer dizer que ele busca boas rentabilidades, mesmo que isto custe jogadas mais arriscadas. Até porque, no universo financeiro de investimentos, em geral, quanto maior é o risco de uma operação maior também tende a ser o seu retorno.

O scalper trader compreende que, se feita com boas estratégias e com base em estudos e análises, a operação de Scalping vale a pena. Isso porque as perdas  podem ser calculadas e seu impacto minimizado pelos grandes ganhos, que também são calculados. Ou seja, ele já inicia a operação sabendo até onde pode ir, em relação ao prejuízo e o quanto pode ganhar.

Quais são os prazos de Trade?

Trade, em português significa negociação. No mundo dos investimentos, de maneira resumida, trade representa uma maneira de se operar investimentos em ativos financeiros que conta com diversas modalidades. Essas modalidades são categorizadas de acordo com o tempo de duração de cada negociação. É claro, cada técnica tem suas particularidades, mas a principal diferença diz respeito ao tempo de negociação. Vamos entender melhor como isso se aplica na prática.

Longo

As estratégias de trade que operam em longo prazo, ou seja, os lucros vão vir à longo prazo, são conhecidas como “buy and hold”. Mais adotada por investidores iniciantes, a técnica consiste em comprar o ativo e segurá-lo por um longo período de tempo, aguardando uma valorização ou aumentando progressivamente o investimento.

Os investidores que optam por esta estratégia buscam se apoiar em análises fundamentalistas, ou seja, buscam analisar as instituições por inteiro para entender se são uma boa aposta ou não.

Sendo assim, eles buscam analisar o histórico da instituição, buscam saber se já houve algum esquema de corrupção relacionado à entidade, analisam o setor em que a empresa está inserida, tudo que se relaciona diretamente com os fundamentos daquela empresa. Afinal, o que ele está avaliando é se a empresa se mantem positiva no mercado de trabalho, tanto em relação à sua imagem quanto em relação aos ativos da empresa.

Alguns destes investidores podem segurar os ativos por anos, até mesmo décadas, buscando um grande lucro com a valorização ao longo dos anos.

Médio

Já a técnica a médio prazo, engloba operações que variam de 1 a 12 meses, também chamas de Position Trade. Ou seja, a pessoa compra o ativo e aguarda um período de até 1 ano para vendê-lo, caso ele esteja valorizado no momento.

Esta técnica também é muito escolhida por investidores iniciantes porque também apresenta menos riscos. Por ter mais tempo para o investidor operar, é uma operação relativamente mais tranquila e não exige monitoramento em tempo integral.

Em geral, o investidor monta sua estratégia de médio prazo com base em análises técnicas (será discutida ao longo do texto) e análises fundamentalistas. As característica deste tipo de investimento torna promissor a combinação das 2 formas de estudo.

Dessa forma, o trader consegue compreender o contexto econômico, a “saúde” da instituição a qual decidiu investir, e também consegue identificar os melhores momentos do mercado para se vender o ativo. Além disso, através da análise técnica ele também consegue estipular um preço de entrada realista para iniciar a operação.

É uma operação ideal para quem busca certa tranquilidade para lidar com as questões financeiras. O perfil de trader desta técnica exige alguém paciente, resiliente e estratégico, para fazer a venda na hora certa.

Swing Trade

O Swing Trade por sua vez já é uma operação que pode ser classificada tanto como de curto, quanto de médio prazo. Os investidores podem demorar de dias a algumas semanas para finalizar as operações.

É uma forma de operar trade mais versátil, na qual os investidores buscam apostar em tendências de mercado. Também se baseiam em análises técnicas, com gráficos e dados, e análises fundamentalistas. A combinação destas duas análises é o que vai ajudar a guiar o investidor a encontrar uma tendência de mercado.

Para isso, o trader precisa aprender a traçar um método de identificação de tendência. Feito isso, é necessário traçar algumas metas, como o preço de entrada, lucro estimado e prejuízo estimado. Além disso, dispositivos como stop loss ou stop gain são amplamente utilizados nesta estratégia.

Stop loss ou stop gain são maneiras de pré-programar a venda de um ativo caso ele atinja um valor determinado que o trader entende que, caso desvalorize mais que este valor, a operação trará prejuízos irrecuperáveis. Por isso esta ferramenta é tão importante e ajuda a resguardar o investidor. Aqui na Coinext você conta com este e outros mecanismos que te ajudam a investir seu dinheiro com segurança!

Day Trade

No Day Trade, como o próprio nome sugere, o investidor opera ao longo do dia, buscando aproveitar as oscilações de preço que acontecem num intervalo de 24 horas. Ou seja, é uma operação de curto prazo em que o investidor lucra com as pequenas oscilações que o ativo apresenta durante o dia.

Da mesma forma que o Swing Trade, o day trader também traça metas a serem alcançadas ao longo do dia. Ele já entra na operação sabendo quanto ele espera de lucro, por isso ele consegue saber qual o preço ideal para realizar a venda e precisa se manter atento nos gráficos praticamente o dia inteiro.

Operar em Day Trade é bem mais exaustivo que nas demais modalidades, pois caso o trader perca a oportunidade de vender na alta, ou de comprar na baixa, toda a operação de um dia vai por água baixo. É uma ocupação que exige muito do investidor, atenção, estudos e foco para ficar boa parte do dia de frente para um monitor.

Esta é uma técnica que possui características complementares aos criptoativos, uma vez que são nas oscilações de preço que o trader consegue lucrar. Em outras palavras, ativos com alta volatilidade, como as criptomoedas, performam muito bem neste tipo de operação.

Outra grande vantagem desta operação é a agilidade em que as coisas acontecem e a liquidez da técnica.

Explico melhor: como as operações vão iniciar e finalizar naquele dia, o seu prejuízo ou ganho, também terminará naquele dia.

Sobre a liquidez, com este tipo de operação você consegue transformar seus rendimentos em dinheiro na sua conta rapidamente. Nos investimentos em criptomoedas aqui na Coinext você consegue sacar o seu dinheiro instantaneamente!

No Day Trade também são utilizados mecanismos de stop loss ou stop gain. E o investidor precisa estudar análises técnicas, pois a fundamentalista não se encaixa muito bem no objetivo desta operação. Os gráficos que os day traders analisam são chamados de intradiários, e mostram as movimentações do ativo naquele dia, com intervalos que podem variar entre cinco, dez, quinze, trinta ou sessenta minutos.

Intradiário

Intradiário é um conceito que pode ser entendido de algumas maneiras. A operação intradiário é uma modalidade dentro do Day Trade, pois ela ocorre no intervalo de um dia.  Por isso, todo intraday é um Day Trade, mas nem todo day trade será um intraday.

Em relação à investimentos na Bolsa de Valores, a operação intradiária significar operar no mesmo pregão. Ou seja, se refere aos ativos que foram negociados do momento de abertura até o fechamento do pregão.

Alguns especialistas ainda definem o intraday como uma operação em que o trader está sempre de olho nos gráficos e no movimento do mercado, para concluir a operação em cerca de 60 minutos. Ou seja, num intervalo de 1 hora ele realiza sua compra e venda do ativo.

E há ainda o termo intraday que se refere à máxima e mínima que aquele ativo atingiu durante o dia.

Super-Intradiário

As operações super-intradiárias são aquelas que acontecem em curtíssimo prazo. Ou seja, que o trader visa lucrar com oscilações que acontecem com os ativos em questão de minutos, algumas vezes até segundos. O lucro vem do volume de operações que foram executadas ao longo do dia. O scalper atua nesta modalidade.

Aqui, os scalpers baseiam suas operações sobretudo em análises técnicas, nos gráficos intradiários, porém com intervalos de tempo ainda menores do que nos gráficos de análise do Day Trade. Geralmente contam com intervalos de um a cinco minutos.

Neste caso, as análises fundamentalistas não impactam tanto as operações dos scalpers justamente pelo curtíssimo intervalo de tempo em que as negociações ocorrem. E também pelo objetivo diferente que o trader possui.

Quando se baseia em análises fundamentalistas ele está, geralmente, interessado em ter lucros à longo prazo, muitas vezes acompanha a instituição por muitos meses, até anos, para esperar uma grande valorização. No Scalping isso não acontece, porque o scalper precisa encontrar as melhores oportunidades em questão de segundos.

Seu objetivo é buscar lucros pequenos em cada operação que, ao final do dia, constituem um lucro bom pelo alto volume de operações realizadas.

O scalper então precisa se dedicar em tempo integral para acompanhar os gráficos e o mercado. E precisa ter aquele perfil arrojado que discutimos antes, para conseguir suportar o alto nível de estresse e cobrança que vem junto da operação.

No universo das criptomoedas, o Scalping costuma ser uma estratégia boa, já que as moedas contem alta volatilidade e oscilam muito em curtíssimos espaços de tempo.

Vamos ao exemplo numérico?

-> O scalper abriu o seu gráfico intradiário e conferiu que uma moeda A, às 10:20 estava sendo cotada a R$ 1.000. Ele então decide comprar 3 unidades da moeda.

-> Às 10:22 ele viu que a moeda estava em movimento de subida no gráfico e sua cotação passou para R$ 1.200. Ele então, rapidamente, decide vender as 3 moedas e assim o faz.

-> Ao final da operação ele tem R$3.600, sendo R$600 seu lucro final.

E assim ele vai, até o final do dia. E isso foi um exemplo de apenas 1 moeda e 1 operação. Os scalpers geralmente realizam várias operações e diversificam suas carteiras, investindo em várias moedas ao mesmo tempo. Sendo assim, ao final do dia, caso todas as operações tenham sido lucrativas ele sai com um lucro final consideravelmente alto.

Ferramentas de análise

Como já foi dito aqui, o scalper utiliza de diversos tipos de ferramentas para analisar gráficos, contextos, entender o movimento do mercado e conseguir identificar tendências, oportunidades e ameaças.

É necessário ter o olhar extremamente apurado para conseguir identificar tudo isso no tempo que eles tem, muitas vezes de apenas segundos. Além disso também precisam aprender a ser estratégicos, pois é muito fácil se perder nessa montanha de dados e informações.

Os scalpers traders utilizam 3 principais mecanismos para interpretar, ler e fazer suas análises, são eles:

  • Tape Reading
  • Análise técnica
  • VWAP

Vamos entender melhor os princípios de cada ferramenta agora.

Tape Reading

Se você tem dúvidas em qual ativo começar a investir, a ferramenta de análise Tape Reading pode ser uma grande ajuda para te nortear e te mostrar os caminhos das pedras.

Tape Reading, em tradução literal para o português, leitura da fita, é uma das técnicas mais antigas que existem no mundo dos investimentos para se situar no mercado.

Sabe aquelas cenas de filmes que mostram diversas pessoas negociando ações na Bolsa de Valores por telefone? É exatamente desta forma que funcionavam as coisas antigamente. Nesta época, uma máquina, ou uma pessoa, precisava ficar lendo as fitas em que eram registradas todas as negociações que aconteciam na Bolsa.

Com isso, os investidores conseguiam identificar o fluxo de negociação, quais ativos estavam valorizados, quais estavam em queda e quais eram as ações mais negociadas durante um pregão.

Atualmente não é necessário mais que alguém fique lendo o fluxo de ordens do mercado, já que a tecnologia nos mostra isso instantaneamente.

Portanto, o conceito da técnica de Tape Reading é basicamente acompanhar o fluxo de negociações que estão acontecendo e utilizar dessa leitura pra realizar os seus próprios investimentos. Dessa forma, o objetivo da técnica é ajudar os investidores a identificarem tendências de preços no mercado e seguir o movimento.

Geralmente as pessoas utilizam a técnica com base em grandes investidores, para mapearem quais ativos estão valendo a pena naquele momento e quais não estão, e assim seguir o mesmo caminho.

Por isso é uma estratégia muito boa para quem ainda está um pouco perdido no universo do investimento, sem saber em qual ativo apostar. Você se apoia no conhecimento de quem já está no mercado para seguir o fluxo das boas oportunidades.

Ou ainda, você pode utilizar do Tape Reading para apenas captar dados e, de acordo com a sua realidade e metas traçadas, definir sua própria estratégia de investimento. Sem necessariamente precisar seguir os mesmos passos dos grandes investidores.

No contexto das criptomoedas, para realizar a técnica de Tape Reading você pode acompanhar o Livro de Ofertas, onde está registrado todas as ofertas, tanto de compra quanto de venda, e o volume em que a moeda foi negociada.

Além disso, aqui na Coinext você também tem o mecanismo das Negociações Recentes, em que consegue acompanhar o preço da moeda, o volume de negociação e a hora em que ela ocorreu, para conseguir ainda mapear o melhor horário para fazer sua jogada.

Análise Técnica

Já entendemos que a análise técnica é a companheira inseparável do scalper, mas agora vamos entender o que exatamente significa fazer uma análise técnica e quais são seus objetivos e vantagens.

Da mesma forma que o Tape Reading, a análise técnica, também chamada de análise gráfica, auxilia o investidor a identificar tendências e o fluxo do mercado. Esta ferramenta estuda basicamente os preços e os volumes dos ativos, com o objetivo principal de identificar se ele está em tendência de alta ou baixa no mercado, a partir do comportamento da oferta e da demanda. Além disso, conta com indicadores de timing, que podem indicar a melhor hora para fazer a compra e a venda.

Os trades buscam entender nos gráficos a participação dos demais investidores no mercado. Sabemos que há uma infinidade de pessoas realizando suas operações ao mesmo tempo, cada uma com um objetivo diferente.

Temos os scalpers, os day traders, os fundamentalistas, que optam por investimentos de médio a longo prazo, amadores, diversos perfis diferentes negociando ao mesmo tempo. O desafio é tentar extrair do gráfico alguma tendência dos ativos com base nessa grande mistura de investidores e operações múltiplas.

Você consegue realizar diversas leituras dentro dos gráficos pois há também uma grande quantidade de teorias e práticas para serem aplicadas na hora de fazer a interpretação. Tudo dependerá do seu objetivo enquanto investidor e da estratégia que você escolheu.

VWAP

Por fim, temos a técnica do VWAP, que se baseia em uma fórmula que ajuda os traders a identificarem o momento certo para operar.

Essa palavra estranha é a sigla de Volume-Weighted Average Price, ou Preço Médio Ponderado pelo Volume.

Nesta fórmula, considera-se o número de ações negociadas – no caso das criptomoedas o considera-se o número de moedas negociadas em um determinado período -  e o preço de cada uma delas. Depois divide tudo pelo volume total de moedas (ou ações).

A fórmula então é:  

VWAP = Número de moedas negociadas x Preço / Volume total de ações

A fórmula do VWAP é cumulativa, então precisa ser constantemente e assim constrói uma linha no gráfico com o preço médio das moedas durante o dia.

É este valor que vai orientar o scalper a entender se está no momento de realizar uma venda ou uma compra com maior precisão e assertividade.

O principal objetivo desta ferramenta é garantir que o trade execute a sua operação de acordo com o volume do mercado. Calcular o VWAP de uma criptomoeda serve para medir seu preço atual em relação ao valor negociado nos últimos tempos.

Por isso, é uma técnica que reduz custos de transação, pois a ordem, de compra ou de venda, será mais certeira, evitando que o trader realize mais operações para minimizar algum erro que cometeu. E também minimiza os impactos no mercado, já que você está apenas acompanhando o movimento e não indo contra ele.

Diferenças entre Day Trade, Swing Trade e Scalping Trade

Como já vimos ao longo deste artigo, há outros tipos de operações trading que variam de acordo com o objetivo do investidor e estratégias utilizadas.

Para ficar mais fácil, vamos exemplificar as principais diferenças entre as operações mais comuns no universo das criptomoedas.

  • Day Trade

Nesta operação, o objetivo principal do investidor é lucrar com as variações de preço da moeda que ocorrem ao longo de um dia. Ele precisa ficar disposto praticamente o dia inteiro para observar cuidadosamente as movimentações do mercado.

É uma estratégia de ganhos em curto prazo, que se baseia principalmente em análises técnicas ou demais ferramentas que ajudem a identificar tendências de mercado. A margem de lucro gira em torno de 1% a 5% e o lucro maior vem ao final do dia, somam o lucro de todas as operações que ocorreram.

Os gráficos utilizados nesta modalidade geralmente mostram variações das moedas em intervalos de 5, 10, 15, 30 ou 60 minutos.

  • Swing Trade

Na modalidade Swing Trade, as operações ocorrem em um intervalo de tempo de 3 dias a algumas semanas, portanto é uma operação de curto a médio prazo.

Assim como no Day Trade, os investidores estão em busca de identificar tendências de mercado. Sendo assim, os traders podem se basear tanto em análises técnicas quanto em análises fundamentalistas, para identificar subidas mais prolongadas ou descidas também.

Os gráficos utilizados para entender esta operação contem pontos com intervalos de dias ou semanas.

  • Scalping Trade

Por fim, o Scalping Trade, que é uma forma de operar Day Trade, são negociações de curtíssimo prazo, em que o lucro final vem do alto volume de negociações que ocorrem ao longo do dia. Aqui, o tempo entre a compra e venda de um ativo pode ser de segundos ou poucos minutos.

Juntamente ao Day Trade, é uma das estratégias de maior liquidez e velocidade. Ativos com alto grau de volatilidade, como as criptomoedas, performam bem neste tipo de estratégia, que busca lucrar com as oscilações de preço que acontecem no dia.

Os gráficos utilizados para interpretar o Scalping possuem pontos com variações de segundos, 1 minuto ou 5 minutos. O trader que opera essa modalidade precisa ter disponibilidade total e perfil arrojado.

Vantagens do Scalping Trade

A técnica de Scalping, se bem executada, pode trazer algumas vantagens únicas para o investidor.

Confira abaixo das principais vantagens que observamos para Scalping em criptomoedas:

  • É uma possibilidade de fazer dinheiro rapidamente
  • Você consegue lucrar mesmo em cenários de mercado desfavoráveis, uma vez que busca pequenas oscilações de preço e não fundamentos para lucros a longo prazo
  • Jogadas erradas que trouxeram prejuízo podem ser corrigidas rapidamente, operando novamente.
  • Você não precisa ficar segurando a moeda por muito tempo
  • Os scalpers podem se concentrar e se dedicar mais às analises técnicas, já que não precisam ficar de olho nos fundamentos das instituições que vendem as moedas, de seus históricos e da reputação da moeda.

Conclusão

Depois de ver tudo isso, podemos concluir que o Scalping Trade é uma estratégia de investimento poderosa, que pode lhe render bons lucros num curtíssimo espaço de tempo.

Especialmente no universo de criptoativos, que contam com volatilidade alta, esta modalidade de operar para comprar na baixa e vender na alta costuma dar certo!

Requer também algumas habilidades e competências específicas para o trader que for operar desta maneira, especialmente  de tempo e o controle emocional forte, para manter-se firme à sua estratégia e não sucumbir aos altos e baixos do mercado.

Além disso, você pode contar com ferramentas completas de análises que fornecem múltiplas informações e dados para auxiliar na tomada de decisão. Sabemos que não há nenhuma técnica que indique com 100% de confiança se um ativo irá subir ou descer, porém estas ferramentas nos ajudam a entender quais são as boas oportunidades e como agir perante à elas.

Contar com uma corretora segura, de confiança, com mecanismos tecnológicos avançados para seus investimentos é imprescindível.

Procurando uma corretora que atenda aos seus requisitos? Na Coinext você consegue abrir uma conta com apenas R$25,00 e já começa a operar suas criptomoedas. Variedade de criptoativos, taxas acessíveis, conteúdos que te ajudam a tomar suas decisões, além de um time de suporte à sua disposição!

Vem ser Coinext!

Mais nesta categoria
CONTEÚDO PRODUZIDO POR
Essas análises são de responsabilidade da Mercurius e não são uma recomendação de investimento.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo
Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pela Coinext.
Obrigado! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Oops! Revise seu email e insira um válido.
Concorra a Bitcoins e R$10.000 em prêmios!
Participe da Promoção Indique e Ganhe. Compartilhe seu link de afiliados com amigos e concorra automaticamente.
SAIBA MAIS
Feedback