O que é Day Trade?

Entenda de maneira fácil esta estratégia muito utilizada por investidores. Será que vale mesmo a pena? Day Trade de cripto é possível? Confira neste texto.

Por
Equipe Coinext
6/1/2021

Se você está começando agora a se interessar mais pelo mercado financeiro, muito provavelmente você já escutou essa palavra “trade” em algum momento. Trade, traduzido do inglês, significa negociação, logo Day Trade seria negociação diária. Mas afinal, o que significa Day Trade na íntegra? Como acontece um Day Trade? Qualquer um pode fazer esta operação?

Se você tem essas e outras dúvidas sobre esse assunto, leia este artigo até o final. Aqui, você vai entender:

  • O que é Day Trade
  • Como funciona o Day Trade
  • Day Trade vale a pena ou não?
  • Vantagens do Day Trade
  • Desvantagens do Day Trade
  • Fazer Day Trade em criptomoedas é possível?
  • Escolha a criptomoeda
  • Analise o mercado

O que é Day Trade?

Day Trade é basicamente uma estratégia de operação de investimentos, muito utilizada por operadores mais experientes, que consiste em comprar e vender um ativo no mesmo dia, buscando o lucro no final do dia.

Essas negociações acontecem em um prazo máximo de um dia, podendo durar segundos, minutos ou horas, o importante é que elas se iniciam e finalizam no mesmo dia.

O grande objetivo dessa estratégia é conseguir lucrar nas variações de preços de forma rápida, acompanhando as oscilações que ocorrem durante o dia. Como é uma operação de curtíssimo prazo,  para funcionar corretamente, é necessário que o trader fique atento à toda e qualquer manifestação do mercado. É uma técnica que exige conhecimento, prática, tempo e muita dedicação de quem a estiver operando.

Na prática, você pode lucrar tanto com estratégias de compra e venda quanto de venda e compra.

O que vai definir quanto de lucro você ganhará é a sua tolerância ao risco. Quanto mais dinheiro você estiver disposto a investir, mais riscos você corre, tanto de lucrar quanto de sair no prejuízo.

Os investidores que optam por realizar essa estratégia não estão interessados em acompanhar o crescimento de uma empresa ou em ter lucros à longo prazo, pelo contrário, a meta é lucrar com as movimentações daquele dia em específico. A volatilidade é uma característica do mercado que, neste caso, favorece o investidor, pois é justamente durante o período de oscilação que ele aproveitará para fazer suas jogadas e lucrar.

Como funciona o Day Trade

Basicamente, a técnica do Day Trade consiste em comprar na baixa e vender na alta. Mas agora precisamos entender o que exatamente significa comprar na baixa e vender na alta. Vamos analisar uma situação hipotética de compra de ações.

Por exemplo: vamos supor que às 12 horas você comprou um ativo por R$10,00 e decidiu vender o mesmo ativo às 16 horas por R$12,00. Você lucrou R$2,00 com uma estratégia de compra na baixa e venda na alta, pois quando você comprou a ação ela estava com um preço mais baixo do que quando você a vendeu.

Da mesma forma, o contrário pode acontecer: você vendeu um ativo às 9 horas por R$10,00 e às 12 horas adquiriu um ativo por R$8,00, o seu lucro foi de R$2,00 com uma estratégia de venda na alta e compra na baixa, apenas invertendo a ordem das movimentações.

Ficou mais claro o que significa a expressão “comprar na baixa e vender na alta”?

Existem algumas formas de identificar quando um ativo está “na alta” e quando ele está “na baixa”. São estratégias de análises mais profundas e complexas que o trader precisa fazer. O desafio é conseguir perceber estas movimentações em um espaço de tempo tão curto como o de um dia. Vamos discutir um pouco mais sobre essas estratégias ao longo do texto.

O que precisa ficar bem claro é que você precisa ter uma estratégia e se manter fiel a ela. É importante não sucumbir aos sentimentos e ter um controle emocional forte. No Day Trade não há um conjunto de regras que você precisa seguir, você não precisa necessariamente comprar no início do dia e vender no final, você pode comprar e vender a qualquer hora do dia.

Siga sua estratégia, faça suas análises, defina o risco que você está disposto a correr e mantenha-se focado durante as operações.

Day trade vale a pena?

O Day Trade é uma estratégia de risco, para você decidir se ela vale a pena ou não é preciso pensar em alguns pontos que são determinantes para esta técnica. Primeiro, é muito importante que você conheça sua realidade, suas limitações e até onde você pode ir, em termos de quantidade de dinheiro disponível para investir.

Não adianta decidir operar em Day Trade e achar que vai descobrir um pote de ouro no final do dia. Esta é sim uma ótima forma de ganhar dinheiro no mercado, tudo vai depender da sua perspectiva e suas expectativas para a operação.

A dica é: estabeleça metas de ganhos e limites para prejuízos e se mantenha fiel à estes números. Dessa forma, ao final do dia você não se frustrará pois já terá em mente que pode acontecer uma situação x de prejuízo, da mesma forma que pode acontecer uma situação y de lucro. O mais importante é ter em mente que todo investimento envolve riscos e, com o tempo, entender as vantagens e desvantagens para saber se esta estratégia se encaixa ou não no seu perfil de investidor.

Vantagens do Day Trade

Falando nelas, agora vamos destrinchar as principais vantagens de uma operação em formato Day Trade para te ajudar a tomar a decisão se esta técnica tem a ver ou não com a sua realidade e seu perfil de investidor.

  • Alavancagem: uma das maiores vantagens da estratégia do Day Trade chama-se alavancagem. Trata-se de um limite que as corretoras podem oferecer para que o investidor negocie um valor superior ao que ele realmente possui, permitindo que sejam feitas operações com alavancagem. Dessa forma, você consegue investir em Day Trade sem ter necessariamente todo o dinheiro em mãos, basta ter uma garantia e você só precisará pagar pelas perdas ou receber o lucro da operação.

A alavancagem pode ser relacionada com um “cheque especial”, sem a cobrança dos juros. Por exemplo, se no começo do dia você decidiu comprar um valor de R$1.000 em ativos e as vendeu por R$1.500, efetivamente você recebe apenas o seu ganho, ou sejam R$500,00. Porém, se você comprou um valor de R$1.000 em ativos e vendeu por R$500,00 você precisa pagar o prejuízo, no caso de R$500,00. O que é movimentado mesmo são apenas os saldos que permanecem das operações.

A alavancagem é uma vantagem interessante pois permite que você negocie valores maiores, tendo a chance de obter um lucro proporcionalmente maior. Porém, no universo dos criptoativos a alavancagem não é uma prática disponibilizada pelas corretoras criptos.

  • Volatilidade e agilidade: como é uma operação que ocorre em um único dia, você consegue aproveitar as oscilações dos ativos para ter um ganho rápido. Ou seja, os ativos que tem maior grau de volatilidade, vulgo as criptomoedas, conseguem te dar mais margem para manobra, já que oscilam mais vezes por dia e com variações mais expressivas que os demais ativos. Além disso, todo o lucro ou prejuízo que você obtiver será apurado no mesmo dia. Se a sua estratégia não deu certo, não tem problema, porque ela acabará naquele mesmo dia.
  • Possibilidade de ganhos tanto com a queda quanto com a valorização: como já foi dito antes, você pode lucrar vendendo ações depois de comprá-las por um preço menor.
  • Possibilidade e ganhos altos em curto prazo: o Day Trade é uma operação toda voltada para o curto prazo. Não é garantido, mas é possível ganhar dinheiro rapidamente com esta técnica.
  • Liquidez: o lucro da operação fica disponível para “saque” em cerca de 24 horas na B3 e nas corretoras de criptomoedas geralmente você consegue sacar instantaneamente.
  • Controle do prejuízo: operando em Day Trade você consegue estabelecer um valor máximo que esta disposta a arcar em prejuízo, este mecanismo é conhecido como stop loss. Você programas as vendas dos seus ativos para acontecerem automaticamente caso eles desvalorizem e atinjam a marca de determinado preço, valor que você definirá de acordo com sua realidade e risco que deseja correr.

Desvantagens do Day Trade

As desvantagens desta estratégia são quase todas ligadas à própria atividade. Além do alto risco, que já foi comentado aqui diversas vezes, é uma técnica que exige foco, prática e autocontrole.

O Day Trader, quem opera este tipo de técnica, precisa ter muita firmeza e um ótimo discernimento para saber a hora exata de comprar ou vender tal ativo. Para isso, é preciso que ele tenha quase que 100% de dedicação do seu tempo para ficar acompanhando as movimentações que lhe são interessantes.

Por isso, se você não aguenta ficar diversas horas seguidas sentado na frente de um monitor, com atenção total aos gráficos e análises para conseguir identificar as oportunidades e ameaças, talvez o Day Trade não seja a melhor recomendação para você.

Além disso, você precisa ter tempo também para se dedicar aos estudos, uma vez que é uma operação com certa complexidade, que exige um certo nível de compreensão do mercado como um todo.

Fazer Day Trade em criptomoedas é possível

Sim! É super possível operar em Day Trade com criptomoedas, inclusive, é uma operação que combina perfeitamente com a característica mais forte das criptos, sua volatilidade.

O Day Trader de criptomoedas deve procurar compras as unidades das moedas digitais e vendê-las no mesmo dia. Como as criptos sofrem bruscas alterações de preços em curtíssimos espaços de tempo, você terá mais possibilidades de negociações do que teria com outro ativo.

Escolha a criptomoeda

A escolha da criptomoeda que você utilizará para sua operação de Day Trade  é o primeiro passo a ser dado e precisa ser feita com base em alguns critérios. Lembre-se sempre que o objetivo é obter ganhos rápidos a curto prazo.

Analise as principais características das moedas e pense se elas estão alinhadas com as suas metas, tanto de lucro quanto de limite de prejuízo. Por exemplo, se você é iniciante e quer optar por uma aposta mais “segura” o Tether pode ser uma boa recomendação, uma vez que a moeda é lastreada ao dólar e você ficaria imune às grandes oscilações. Você precisaria compreender, nesse caso, o que faz o dólar variar no mercado nacional.

Porém, se você está com dinheiro sobrando e quer, literalmente, apostar um tudo ou nada no Day Trade, pode optar por uma moeda mais cara como o Bitcoin Cash, o Ethereum ou o próprio Bitcoin.

Uma outra dica, caso você nunca tenha feito um Day Trade mas quer matar essa curiosidade é começar com pouco. Disponibilize apenas uma parte do seu aporte total para Day trades e tente estabelecer um retorno de 1% a 2% em altcoins diferentes, uma carteira diversificada também é uma boa estratégia para você acompanhar qual moeda não está tão rentável e qual está tendo um desempenho positivo, para assim concentrar seus esforços nela. É interessante também observar o comportamento das moedas nos últimos 2 ou 3 dias e mirar naquelas com relativa estabilidade.

Porém, da mesma forma, se você dar o voto de confiança à altcoin e decidir operar um ativo mais volátil, você pode igualmente ganhar ou perder mais dinheiro. Quanto mais você arrisca, mais são as chances de dar certo ou errado.

Analise o mercado

Agora que você já escolheu as suas criptomoedas e já está com a sua carteira de criptoativos montada, está na hora de analisar o mercado, estudar os gráficos, históricos, notícias e fóruns específicos do mercado financeiro.

Na verdade, esta etapa deve acontecer tanto antes quanto durante o seu Day Trade, pois uma notícia sequer que sair de alguma instituição financeira comprando um alto volume de alguma moeda por exemplo, pode alterar fortemente o seu preço.

Lembra quando comentamos sobre as estratégias para entender quando uma moeda ou ativo está “na alta” ou “na baixa”? Vamos mostrar estas técnicas agora!

Existem 2 tipos de análises que geralmente são feitas pelos traders: análise técnica e análise fundamentalista.

De maneira simplificada, a análise técnica consiste nas análises feita com base em cotação, médias móveis, valor de capitalização de mercado, volume de transações, padrões que foram observados em gráficos e demais técnicas para compor um quadro completo de análise. A principal característica deste tipo de análise são os dados, tudo que puder te fornecer dados numéricos sobre a atual situação da moeda, se é o melhor momento para comprá-la ou vendê-la, faz parte da análise técnica.

Já a análise fundamentalista, como seu próprio nome já diz, é focada nos fundamentos da empresa que emite a criptomoeda. Neste estudo você analisa a reputação da empresa, o histórico, quais outras instituições se associam à ela, se possui algum escândalo de corrupção, se alguma personalidade influente a recomenda, tudo que pode te ajudar a entender se a empresa é segura e confiável faz parte da análise fundamentalista.

Por fim, notícias, fofocas, reportagens, tweets e demais movimentações na mídia também tem alto poder de influência na cotação das criptomoedas. É muito importante acompanhar os principais canais de comunicação do mercado financeiro e manter-se atento às declarações que estão sendo feitas à respeito das moedas que você comprou ou esta pensando em comprar.

Feito tudo isso, você já pode definir uma data e começar a sua operação Day Trade. Mas lembre-se, você precisará de muita disposição e foco para manter-se atualizado sobre tudo isso e para perceber os movimentos de alta e baixa, ou seja, as ameaças e as suas oportunidades.

Mais nesta categoria
Ver todos >
CONTEÚDO PRODUZIDO POR
Essas análises são de responsabilidade da Mercurius e não são uma recomendação de investimento.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo
Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pela Coinext.
Obrigado! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Oops! Revise seu email e insira um válido.
Feedback