Super Semana Cripto | 16 a 20 de abril | Inscreva-se

The Merge: tudo sobre a atualização da rede Ethereum

O que é The Merge? Como funciona a atualização da rede Ethereum? Entenda todos os detalhes sobre a mudança de consenso da rede da segunda maior criptomoeda.

Equipe Coinext
Última atualização:
12/4/2024

A atualização de Ethereum é um dos eventos mais aguardados do ano para o universo das criptomoedas. Com o nome de The Merge, a troca de consenso de mineração de Proof of Work (PoW) para Proof of Stake (PoS) será um marco para a rede e também para seu token, Ether. 

No entanto, ainda existem algumas dúvidas sobre a atualização The Merge. Ao longo desse conteúdo, vamos responder as principais e deixar tudo claro para que você entenda exatamente o que representa a atualização de uma das redes mais importantes para os criptoativos. 

O que você encontra nesse conteúdo sobre atualização da rede Ethereum, The Merge:

  • O que é a atualização The Merge
  • O que é staking
  • Por que a atualização de Ethereum é necessária? 
  • O que é Proof of Work (PoW) e Proof of Stake (PoS)
  • Vantagens da atualização da rede Ethereum
  • Respostas sobre The Merge
  • Como foi a atualização The Merge?

O que é a atualização The Merge?

The Merge é o nome dado à mais importante atualização da Ethereum. Na prática, esse processo consiste na troca de consenso de mineração para Proof of Stake (PoS), ou prova de participação, quando traduzimos. Esse método já é utilizado por algumas redes, abrindo mão do modelo Proof of Work (PoW), traduzido como prova de trabalho. 

Essa atualização privilegia os validadores que possuem ativos ETH, eliminando a necessidade de mineração via prova de trabalho e poder computacional.

Antes de avançar, o que acha de conferir uma explicação de uma especialista sobre esse momento de atualização da rede Ethereum? Convidamos uma das principais especialistas em rede Blockchain do mundo para uma conversa. Assista ao vídeo na íntegra: 

O que é staking?

Para entendermos melhor a substituição da prova de trabalho pela prova de participação, é preciso saber o que é o processo de staking.

De uma forma bem simples, esse é o nome dado à atividade de validação de operações em uma Blockchain por meio do saldo de ativos dessa mesma rede. 

Por que a atualização de Ethereum é necessária? 

Para entendermos melhor essa atualização, é necessário voltarmos ao ano de 2020, mais precisamente o mês de dezembro, momento em que uma nova rede foi ao ar. Ela recebeu o nome de Beacon Chain, sendo responsável por coordenar a rede e introduzir o consenso de validação da rede Ethereum. 

Isso acontece a partir do processo de staking, mais precisamente a partir de uma reserva de 32 ethers em carteira. 

Vale destacar que “The merge” é um termo que pode ser traduzido como “a fusão”. Isso acontece, pois, com a atualização da Ethereum, a rede que conhecemos passa a se fundir com essa criada em 2020. 

Isso quer dizer que a criação dessa rede introduziu o conceito desse consenso. Agora, com a atualização The Merge, haverá a mudança completa para o consenso de mineração por meio de Proof of Stake (PoS), deixando o modelo Proof of Work (PoW) para trás. 

A necessidade desse processo surge a partir de uma demanda pela redução de consumo de energia na atividade de mineração. A seguir, você vai entender exatamente qual a relação entre o modelo Proof of Stake (PoS) e Proof of Work (PoW), bem como suas vantagens. 

Por agora, vale a pena informar que, segundo o site da própria Ethereum, a expectativa é que o consumo de energia seja reduzido em 99% após a atualização da rede.

atualização da ethereum the merge - simbolo da rede Ethereum

Diferença entre Proof of Work (PoW) e Proof of Stake (PoS)

Aqui em nosso blog, temos um conteúdo específico sobre o que é Proof of Work (PoW) e um conteúdo que explica o conceito de Proof of Stake (PoS). Mas aqui, vamos passar o básico para que você entenda suas diferenças.

Proof of Work (PoW), ou prova de trabalho, é o nome dado ao modelo que utiliza a força computacional para a resolução de problemas matemáticos com o objetivo de validar as negociações de uma Blockchain. 

Isso acontece a partir de nós. Cada computador envolvido na mineração via prova de trabalho é chamado de nó, assim, quanto mais rápido os problemas são resolvidos, mais rápido se forma o bloco de moedas mineradas, para, assim, os usuários serem recompensados. 

Por outro lado, como explicamos acima no conceito de staking, Proof of Stake (PoS), ou prova de participação, é um consenso que funciona a partir da escolha aleatória de validadores de transações. 

Na prática, cada usuário que possui uma determinada quantidade de ativos na rede, está apto a ser selecionado para validar uma transação de outros usuários e assim receber as recompensas. 

A principal diferença entre Proof of Work para Proof of Stake pode ser entendida a partir de seus conceitos. PoW é a atividade de minerar, de utilizar a força computacional para resolver os problemas matemáticos. 

De uma forma oposta, na atividade de PoS, cada bloco é construído, deixando de lado a necessidade de força computacional excessiva. 

Para entender mais sobre mineração de criptomoedas, abaixo, segue um vídeo onde explicamos todos os detalhes desse processo. Confira:

Quais as vantagens da atualização The Merge?

A atualização da rede Ethereum tem como objetivo impactar positivamente usuários, validadores e desenvolvedores que utilizam essa Blockchain.

Para isso, o objetivo é oferecer, sobretudo, 3 vantagens:

1. Redução do consumo de energia da rede Ethereum

Como falamos, o objetivo é reduzir o consumo de energia em até 99,95%. Essa redução é possível pelo motivo de não ser mais necessário que vários mineradores utilizem seus computadores para a mineração.

2. Possibilidade de renda passiva via criptomoedas

Para alguns investidores, a mudança para o modelo de staking é uma oportunidade para obter uma renda passiva por meio de suas criptos em carteira.

Afinal, com a substituição de PoW por PoS, é possível manter ativos em uma carteira para validar as transações na Ethereum e com isso receber recompensas em ETH.

3. Segurança da rede Ethereum

De acordo com o seu fundador, Vitalik Buterin, o aumento da segurança da rede é um dos principais motivos para a The Merge.

Esse aumento da segurança pode fazer com que mais projetos e desenvolvedores procurem a rede, valorizando ainda mais seu ativo Ether.

Perguntas e respostas sobre a atualização da rede Ethereum

Abaixo, selecionamos as principais perguntas e respostas sobre a atualização da rede Ethereum:

Qual a data da concretização da The Merge?

Depois de alguns adiamentos, a atualização começou a ser executada no começo do mês de setembro de 2022. Oficialmente, a data da conclusão da The Merge e da substituição do consenso é dia 15 de setembro.

A velocidade de transação na Ethereum muda a partir da The Merge?

Essa é uma informação que foi compartilhada por muitos portais, porém, não procede. Na prática, o site da rede informou que algumas alterações podem ser percebidas, porém, afeta minimamente a velocidade da transação.

A atualização afeta a taxa de gás da rede Ethereum?

Não. A dinâmica de cobrança da taxa de gás da rede Ethereum é algo que vem mudando ao longo dos anos. Desenvolvedores e usuários conseguem perceber a diferença dessas taxas nos últimos anos.

No entanto, a fusão não afeta diretamente as taxas de gás nesse momento.

Quais as mudanças na carteira do investidor que possui Ether?

Essa é pergunta que recebemos constantemente, sobretudo quando acontece alguma atualização ou mesmo um hard fork de alguma rede. Aqui na Coinext, deixamos claro que, para investidores, não há nenhuma mudança em carteira.

Como foi a atualização The Merge?

O início da era “Proof of Stake” para a segunda maior Blockchain do mercado aparentemente foi um sucesso. O processo de transição durou cerca de 13 minutos durante a madrugada do dia 15 de setembro, e tudo aconteceu sem maiores problemas.

A rede Ethereum continua funcionando normalmente, inclusive houve a cunhagem do primeiro NFT pós The Merge, para ficar registrado esse momento, que se tornou um marco para toda a indústria criptográfica.

Com relação ao preço, o Ether se manteve estável nas primeiras horas após a atualização, registrando uma leve queda até a manhã do dia 15. No entanto, é preciso ter atenção ao desempenho do ETH nos próximos dias, pois analistas alertam sobre um possível movimento de alta volatilidade da criptomoeda no curto prazo.

Com isso, investidores aguardam ansiosamente para saber qual será o resultado desta importante mudança na maior rede de contratos inteligentes do mercado. Quando olhamos para o longo prazo, será que essa fusão vai trazer mais valor para o Ethereum no futuro? Vamos acompanhar atentamente esse processo.

Dúvidas sobre The Merge? Conte com a Coinext

Em momentos como esse da atualização da rede Ethereum, é comum o surgimento de dúvidas, por isso, você pode contar com nossos conteúdos e com nosso suporte para solucionar questões sobre The Merge ou qualquer outro evento do universo cripto.

Então, continue acompanhando nosso Blog e YouTube para continuar em dia sobre as principais notícias e informações sobre o universo das criptomoedas.

Além disso, aqui na Coinext, você conta com todo suporte necessário para investir em criptomoedas de forma segura e simples. Abra sua conta grátis!

Sobre o autor
Equipe Coinext
Conteúdos preparados por especialistas em criptomoedas. A equipe da Coinext conta com nomes importantes e com conhecimento para passar as melhores informações sobre Bitcoin e outros principais criptoativos.
Mais nesta categoria
🎁
Ganhe até R$25 em
Bitcoin e mais criptos
Invista a partir de R$10 pelo aplicativo Coinext®.
4,7
Inscreva-se