Insider trading: Entenda o que é e a relação com criptomoedas

Você sabe o que é insider trading? Descubra como ele pode afetar o mercado de criptomoedas e entenda como se proteger dessa prática. Saiba mais!

Equipe Coinext
31/1/2022
Insider trading: Entenda o que é e a relação com criptomoedas
Compre as principais criptomoedas com segurança.
Abra sua conta grátis. Faça um Pix. Comece em instantes.
Começar

Insider trading é uma prática que pode acontecer entre investidores, dentro de instituições financeiras e, assim como na Bolsa de Valores, esse ato também é ilegal no universo de criptomoedas.

Mas, você sabe exatamente o que é insider trading? Sabe por que é considerado um crime no mercado financeiro? Sabe como evitar cair nessa prática mesmo que sem querer? Nesse conteúdo, você encontra respostas para essas perguntas.

Dá uma olhada no que vamos falar neste artigo para entender mais a respeito:

  • O que é insider trading?
  • Como a prática de insider trading pode afetar o mercado de criptomoedas?
  • Por que insider trading é considerado crime?
  • Quais são os tipos de insider trading?
  • Insider trading primário
  • Insider trading secundário
  • Como se proteger do insider trading no mercado de criptomoedas?
  • Casos de insider trading no Brasil

O que é insider trading?

Não há uma tradução exata para insider trading no português, mas essa expressão significa uma troca de informação interna privilegiada. No mercado de criptomoedas, essa informação interna diz respeito a dados privilegiados que podem favorecer alguém em seu investimento em criptoativos.

Isso acontece quando uma ou mais pessoas conseguem informações confidenciais de dentro de empresas que trabalham com investimentos em criptomoedas, por exemplo, e passam essas informações para frente. Assim, outros potenciais investidores envolvidos no esquema são favorecidos, pois saem com uma vantagem desonesta sobre os investidores de fora.

Vale destacar que o insider trading não é uma prática restrita ao mercado de criptomoedas. Alguns casos também são percebidos em mercados já consolidados como o mercado de ações.

Invista em criptomoedas de forma segura e legal. Abra sua conta na Coinext.

Quais são os tipos de insider trading?

O insider trading pode ser cometido a partir de diferentes formas de acesso às informações privilegiadas. São essas formas que caracterizam o insider trading em primário ou secundário:

  • Insider trading primário: consiste na prática por pessoas que estão próximas e têm contato direto com informações confidenciais, como advogados, acionistas, administradores e assessores financeiros.
  • Insider trading secundário: é praticado por pessoas com acesso indireto às informações, por meio de um intermediário. Nesse caso, ocorre a divisão de lucro entre quem passa as dicas e quem as executa.
Abra sua conta grátis e aproveite as oportunidades no mercado de cripto.

Como a prática de insider trading pode afetar o mercado de criptomoedas?

Além das empresas que se envolvem, mesmo que indiretamente, perderem a credibilidade, o preço das criptos pode ficar ainda mais inconstante, e os investidores tendem a perder a noção do fluxo de preços e de novas informações.

Com isso, a reputação do mercado de criptomoedas sofre, e o número de investidores, assim como o valor das moedas, cai. Dessa forma, por receio de potenciais investidores, as negociações tendem a ser prejudicadas a curto prazo, logo após um insider trading ser noticiado.

As melhores criptomoedas te esperam. Venha para a Coinext.

Por que insider trading é considerado crime?

Como a pessoa que pratica o insider trading está tirando vantagem sobre outras usando de informações sigilosas, a Lei nº 6.385/76 considera que ela está cometendo um crime:

 “Art. 27-D. Utilizar informação relevante ainda não divulgada ao mercado, de que tenha conhecimento e da qual deva manter sigilo, capaz de propiciar, para si ou para outrem, vantagem indevida, mediante negociação, em nome próprio ou de terceiro, com valores mobiliários.”

A pena pelo insider trading é de até 5 anos, além de multa de até 3 vezes o valor lucrado com a operação.

Como se proteger do insider trading no mercado de criptomoedas?

Por ser uma prática que pode deixar inúmeras pessoas em desvantagem, é importante saber se prevenir, e saber onde investir para não ser pego de surpresa e nem acabar investindo em um ativo que saia em desvantagem também.

Então, desde 2001, a chamada “Lei da CVM”, a Lei nº 6.385/76, protege os investidores sob uma regulamentação de mercado de capital.

Essa lei determina a situação que diz respeito ao administrador que não cumpre com seu dever e age de má fé e deslealdade dentro de seu campo, se enquadrando, assim, no crime contra o mercado de capital.

Além da proteção legal, existem maneiras de você também se proteger por conta própria na hora de investir. São ações que podem parecer singelas, mas fazem diferença, como as listadas abaixo:

  • Não acreditar e nem repassar informações relacionadas a investimentos, vindas por meio de aplicativos de redes sociais e mensagens;

  • Não repassar informações que parecem importantes, mas que chegaram por fontes duvidosas;

  • Não dar muito crédito a pessoas que dizem ter informações importantes relacionadas a investimentos em criptomoedas.

Outro comportamento importante é investir em moedas de maior popularidade e porte, como o Bitcoin e o Ether. Empresas de menor porte podem ser mais facilmente manipuladas. 

Da mesma forma, reportar casos de vazamento de informações importantes relacionadas a investimentos em criptos é uma forma de se prevenir e ajudar outros investidores também.

Bitcoin, Ether, Ripple, Shiba e as outras principais criptomoedas disponíveis agora mesmo.

Casos de insider trading no Brasil

Em 2009, Luiz Gonzaga Murat Júnior, ex-diretor de finanças, e Romano Ancelmo Fontana Filho, ex-membro do Conselho de Administração, ambos da Sadia, investiram em ações da Perdigão na Bolsa de Nova York após participarem de uma reunião sobre a aquisição da companhia, e usarem a informação para investir com vantagem.

Além da multa de R$349 mil e do valor de R$254 mil por danos coletivos, Luiz Murat foi condenado a 2 anos e 6 meses de prisão. Fontana pagou R$374 mil de multa, mais R$303 mil por danos coletivos, e foi condenado a 2 anos e 1 mês.

Outro caso de insider trading no Brasil aconteceu em 2017, quando os irmãos Batista começaram a movimentar as ações da empresa JBS de maneira atípica, vendendo grande parte delas, dias antes da delação premiada. Com o lucro das operações, na semana seguinte os irmãos compraram altas quantias de dólar, deixando o prejuízo da queda das ações que ocorreu depois das delações com os acionistas que compraram suas partes. 

A multa que tiveram que pagar diante da delação passou de 100 milhões de dólares.

Portanto, percebe-se que o insider trading é uma prática que não é só trabalhosa e arriscada, mas que também pode aproximar os investidores de mais pessoas de má fé, do que de pessoas com informações privilegiadas de fato. Então, além de não compensar, não garante os lucros sonhados quando se investe em criptomoedas.

Agora que você já sabe o que é insider trading, sabe o que não fazer na hora de investir. O jeito certo e garantido é ser um investidor que tem a informação democrática, como todos os outros. E também usar o auxílio das corretoras e casas de câmbio como a Coinext para facilitar o processo.

insider-trading-cta
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Compre Bitcoin e outras moedas com segurança.
Abra sua conta grátis. Faça um Pix. Compre em instantes.
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Mais nesta categoria
CONTEÚDO PRODUZIDO POR
Essas análises são de responsabilidade da Mercurius e não são uma recomendação de investimento.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo toda semana
Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo comunicações no meu e-mail
Obrigado! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Oops! Revise seu email e insira um válido.
Concorra a Bitcoins e R$10.000 em prêmios!
Participe da Promoção Indique e Ganhe. Compartilhe seu link de afiliados com amigos e concorra automaticamente.
SAIBA MAIS
Feedback