As piores criptomoedas de 2023

Uma série de criptoativos apresentou desempenho negativo, mesmo durante um ano de alta. Veja as piores criptomoedas de 2023.

Equipe Coinext
Última atualização:
29/1/2024
Criptomoedas

O ano de 2023 foi marcado por uma recuperação considerável do mercado de criptomoedas, com o preço do Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) dobrando de valor. No entanto, este cenário não se repetiu para todos os criptoativos do mercado.

Uma série de criptoativos apresentou desempenho negativo, mesmo durante um ano de alta. Essas variações são naturais para qualquer mercado variável e destacam que o mercado de criptoativos ainda é bastante volátil.

A seguir, veja as piores criptomoedas de 2023.

Como foi o mercado cripto em 2023?

O ano de 2023, conforme destacado, foi consideravelmente positivo para o mercado de criptomoedas. O Bitcoin atingiu o fundo do mercado na região de US$ 16 mil e seguiu em trajetória de alta para a região de US$ 40 mil.

O Ether, a segunda maior criptomoeda por valor de mercado, também dobrou de preço e está sendo negociado agora acima de US$ 2.000, o que historicamente era uma importante resistência para o preço.

O Dólar Tether (USDT), a maior stablecoin por valor de mercado, alcançou em 2023 um valor de mercado superior a US$ 90 bilhões e está agora se estabelecendo como um ativo importante para a economia global.

O USDT ganhou muito espaço de mercado no setor à medida que o USDC perdeu temporariamente sua paridade com o dólar, devido aos problemas no setor bancário dos Estados Unidos. Além disso, problemas regulatórios relacionados à BUSD também contribuíram para a consolidação do USDT como a stablecoin número 1 do setor.

Solana (SOL), que havia passado por um severo mercado de baixa, se recuperou de forma excepcional. Desde o fundo do mercado na região de US$ 12, o token SOL multiplicou cerca de 10 vezes ao longo de 2023.

De forma geral, a maioria dos criptoativos se comportou de forma correlacionada e apresentou ganhos expressivos em 2023, como tem ocorrido nos últimos anos.

Com a chegada de 2024, um novo ciclo se iniciou no mercado de criptomoedas, com a aprovação dos ETFs ocorrendo em janeiro e o halving do Bitcoin programado para ocorrer em abril.

Quais foram as piores criptomoedas de 2023?

Todos os mercados estão sujeitos a riscos e volatilidade. Em especial, o mercado de criptomoedas é ainda mais volátil se comparado com mercados menos disruptivos. No entanto, isso é completamente normal em áreas relacionadas à tecnologia.

As criptomoedas não são apenas um novo nicho do mercado de tecnologia, mas uma nova forma de existência dos mercados financeiros e do dinheiro em si. Portanto, é natural que haja volatilidade enquanto este mercado está sendo descoberto e precificado.

Outro ponto de destaque é que, de fato, muitos projetos e modelos de negócios insustentáveis surgiram no mercado nos últimos anos. Portanto, é importante para os investidores mais ativos estudarem e analisarem o mercado de forma sistemática, de modo a não alocar recursos de forma ineficiente ou irracional.

O que provoca quedas tão substanciais em criptomoedas?

O mercado de criptomoedas, conforme destacado, ainda é volátil, e é comum observar quedas de mais de 70% mesmo em ativos estabelecidos, como Bitcoin e Ether. Mas afinal, o que causa essas variações de preço?

Antes de mais nada, o preço de um ativo financeiro é definido pela disposição dos compradores e vendedores, que é guiada pela lei de oferta e demanda. Isso é especialmente verdadeiro para ativos mais líquidos.

Portanto, quanto mais compradores há para um determinado ativo, maior tende a ser sua valorização. O contrário também é verdadeiro, visto que quanto mais vendedores, maior tende a ser a tendência de queda de um ativo.

Uma alta expressiva no preço de um ativo financeiro é quase sempre seguida por uma forte correção. Isso ocorre porque os investidores são incentivados pelo preço a fechar suas posições e realizar lucro.

Uma queda substancial em um criptoativo também pode ser influenciada por algum acontecimento em seu ecossistema, como um hack, bug ou diminuição da adoção. Portanto, é importante para os investidores mais ativos estarem atentos aos movimentos dos usuários reais, e não apenas às especulações do mercado.

Muitos criptoativos também são criados por meio de ICOs (Ofertas Iniciais de Moedas), onde investidores iniciais, fundos de investimento e desenvolvedores acumulam moedas em sua criação, geralmente a um preço mais baixo. Quando o preço sobe, o interesse em se desfazer das posições tende a crescer, o que costuma provocar quedas significativas no preço.

Além disso, a ação do mercado de alavancagem, futuros e opções pode influenciar nas variações substanciais de preço dos criptoativos. Isso ocorre porque muitos investidores podem ser obrigados a fechar suas posições, conforme o mercado se comporta de forma contrária às suas previsões.

Eventos de alta provocados pela liquidação de posições short são chamados de short squeeze, enquanto quedas provocadas pela aposta na alta são chamadas de long squeeze. Mas afinal, quais foram as piores criptomoedas de 2023?.

Onyxcoin (XCN)

O Onyxcoin (XCN) é o criptoativo que alimenta a rede Onyxcoin, a qual é um protocolo voltado para o mercado DeFi e oferece suporte para uma série de criptoativos presentes na rede Ethereum.

Como pode ser observado no gráfico abaixo, o Onyxcoin passou por uma queda brutal de preço ao longo de 2023. Do topo do mercado até o fundo em 2023, o criptoativo chegou a cair mais de 90% e, após isso, iniciou uma pequena recuperação no final do ano.

Preço do Onyxcoin (XCN). Fonte: Coinmarketcap.

PancakeSwap (CAKE)

O PancakeSwap (CAKE) é o criptoativo nativo da Exchange Descentralizada (DEX) Pancake Swap. O criptoativo também teve um desempenho negativo ao longo de 2023.

O preço do CAKE saiu da região dos US$ 3 em janeiro de 2023 e foi buscar a faixa dos US$ 1 em outubro. No entanto, o criptoativo se recuperou consideravelmente e quase apagou as perdas acumuladas durante o ano.

Terra Luna Classic (LUNC)

O Terra Luna Classic (LUNC) é a continuação do criptoativo nativo do ecossistema Terra Luna, que colapsou em 2022. A queda de preço do criptoativo foi tão substancial em 2022 que é até mesmo difícil observar o movimento de preço no gráfico.

Gráfico do LUNC. Fonte: Coinmarketcap.

O LUNC passou por uma queda substancial em 2023, que foi seguida por uma recuperação considerável. No entanto, este movimento foi seguido de uma nova queda no preço. 

Stepn (GMT)

O Stepn (GMT) é um criptoativo que faz parte de um ecossistema social que incentiva as pessoas a terem um estilo de vida mais saudável. Após uma alta exponencial que ocorreu no início de 2022, o Stepn (GMT) passou por uma correção significativa, como demonstra o gráfico abaixo:

Stepn (GMT). Fonte: Coinmarketcap.

Dogecoin (DOGE)

O Dogecoin (DOGE) é uma criptomoeda que inicialmente surgiu como uma piada, mas acabou se tornando um ativo com bilhões de valor de mercado. O Doge se destacou no mercado após receber uma série de menções de Elon Musk, bilionário CEO da Tesla e SpaceX.

O preço do DOGE se comportou de forma lateral ao longo de 2023, com o preço variando na faixa dos US$ 0,70 a US$ 0,80 a maior parte do ano.

Preço do Dogecoin (DOGE). Fonte: Coinmarketcap.

Qual o futuro das criptomoedas em 2024?

O mercado de criptomoedas passará em abril pelo quarto halving da história do Bitcoin, evento que reduz pela metade a emissão de novas moedas a cada bloco. Essa redução cria um choque de oferta, que historicamente provocou altas substanciais no principal ativo digital.

Devido aos ciclos históricos passados do Bitcoin e das criptomoedas, grande parte dos analistas e participantes do mercado está confiante na continuação do mercado de alta em 2024. No entanto, nos mercados financeiros, retornos passados não garantem retornos futuros.

No entanto, com base em fundamentos, é possível afirmar que o mercado de criptomoedas está em uma trajetória de alta, à medida que a adoção se expande. Em especial, o ano de 2024 foi marcado pela aprovação dos primeiros ETFs de Bitcoin à vista nos Estados Unidos.

"Essa aprovação foi um momento histórico para o mercado, com o potencial de aumentar consideravelmente a demanda pela principal criptomoeda, visto que permite aos investidores obter fácil acesso ao Bitcoin por meio do mercado acionário dos EUA.

Invista em criptomoedas com a Coinext!

Agora que você já sabe quais foram as piores criptomoedas de 2023 e também as perspectivas para 2024, conte com a Coinext! 

Somos uma corretora que está há mais de 5 anos ajudando investidores experientes e iniciantes a se aprofundarem no mercado e investirem com segurança

Faça seu cadastro agora e comece a investir em 3 minutos!

Criptos com máxima segurança
Comece a investir agora em apenas 5 minutos.
Abra sua conta e compre seu primeiro Bitcoin em 5 minutos. A partir de R$10.
coinext app storecoinext play store
coinext app storecoinext play store
4,7
100 mil+ downloads
Tags deste artigo
Autor
Equipe Coinext
Conteúdos preparados por especialistas em criptomoedas. A equipe da Coinext conta com nomes importantes e com conhecimento para passar as melhores informações sobre Bitcoin e outros principais criptoativos.
Mais nesta categoria