Moedas do metaverso: Como funcionam e quais as principais?

Utilizadas em aplicações descentralizadas, as moedas do metaverso vêm crescendo muito no último ano. Clique e descubra quais as disponíveis para investir.

Equipe Coinext
18/3/2022
 Moedas do metaverso: Como funcionam e quais as principais?
Compre as principais criptomoedas com segurança.
Abra sua conta grátis. Faça um Pix. Comece em instantes.
Começar
Compre moedas de metaversos na Coinext
Cadastre-se grátis. Faça um Pix. Compre em instantes.
Começar

Metaverso é um dos principais assuntos recentes envolvendo tecnologia e o universo de criptoativos. Com isso, o interesse por moedas do metaverso para composição em uma carteira de criptomoeda aumentou também.

Depois que o criador do Facebook, Mark Zuckerberg, mudou o nome da empresa para “Meta” e foram mencionados pesquisas e investimentos no metaverso, universo de realidade aumentada e virtual, essa palavra foi a mais pesquisada no último ano.

Sua popularidade deu um salto, assim como os valores de investimento dentro desse ambiente.

Dentro do metaverso, é possível negociar terrenos, itens, interagir e usar a criatividade. E entre todas essas possibilidades, o fator que mais tem chamado a atenção dos investidores é que o dinheiro que tem valor lá dentro também tem valor aqui fora, no “mundo real”.

Mas afinal, quais são as moedas usadas lá? Será que vale a pena investir em moedas do metaverso? Vamos responder essas e outras questões no artigo a seguir:

  • O que significa metaverso?
  • O que são moedas do metaverso?
  • As principais moedas do metaverso
  • Decentraland (MANA)
  • Chromia (CHR)
  • Enjin Coin (ENJ)
  • The Sandbox (SAND)
  • Loopring (LRC)
  • Yield Guild Games (YGG)
  • Vale a pena comprar moedas do metaverso?

O que significa metaverso?

O metaverso é uma tecnologia vislumbrada há muitos anos: o termo “metaverso” já foi usado antes, nos anos 90, assim como a ideia de realidade virtual e aumentada também já havia surgido.

O conceito do metaverso consiste na possibilidade de reproduzir no ambiente virtual a vida física de maneira muito similar à qual se vive fora das redes sociais

O que significa levar para “dentro” da Internet o ato de ir a shows, de encontrar com pessoas, de comprar roupas, acessórios e até casas; tudo isso em 3D, com o auxílio do já conhecido óculos de realidade virtual, dos sensores e fones de ouvido. Além da possibilidade do uso dos smartphones através das câmeras, por exemplo, para auxiliar na experiência do usuário.

Já existiram e ainda existem ideias similares ao metaverso. Como exemplo, tem-se jogos como The Sims, em que o jogador monta a vida que quiser e escolhe o que faz, ou Minecraft, onde o usuário monta sua casa ou sua vila e existem recursos variados à sua disposição.

O que se inaugura dentro do metaverso são as moedas que têm valor tanto dentro do universo 3D Meta, quanto fora dele. Esse entrelace entre os dois mundos que é o diferencial.

Então o metaverso consiste na possibilidade de viver uma segunda vida, com o objetivo de que ela seja quase tão real quanto a física, contendo aspectos que influenciam a vida no plano físico e real.

Mark Zuckerberg, criador do Facebook, tem em mente os objetivos da rede, como aprendizados imersivos, interações entre pessoas distantes, e o que já está em desenvolvimento mais adiantado é o entretenimento, como a experiência de ver filmes, shows e esportes.

As moedas do metaverso, como mencionado anteriormente, podem ser negociadas no setor de criptomoedas e podem ser trocadas por moedas fiat; elas rodam dentro deste sistema através da negociação de itens, incluindo os NTFs.

Traga seu dinheiro para o futuro. Abra sua conta grátis na Coinext.

O que são moedas do metaverso?

As moedas do metaverso são tokens que têm a função de circulação para negociação dentro desse universo virtual.

São ativos digitais que rodam em aplicações descentralizadas e executam os smart contracts, funcionamento muito parecido com o que ocorre na rede Ethereum, por exemplo. 

Esses tokens também atribuem poder de governança a quem os possui, o que significa que o usuário que os detém possui influência sobre as decisões de desenvolvimento do projeto do metaverso ao qual está relacionado, votando em mudanças e atualizações.

Como são criptoativos, os tokens podem ser negociados entre os usuários, e para essas operações é necessário que cada um tenha uma carteira compatível com o sistema.

Principais moedas do metaverso

Já existem sistemas de criptomoedas que fazem parte do metaverso e apostam no potencial de expansão desse ecossistema. Listamos as principais criptomoedas que fazem parte do sistema do metaverso abaixo:

Decentraland (MANA)

A rede permite a socialização, comercialização e passeio dos usuários, além da construção de moradias, prédios e compras de terrenos. Outro ponto interessante é que o jogador pode trabalhar dentro desse universo.

Vale ressaltar que esse sistema possui, na verdade, duas moedas, mas com funções diferentes.

A MANA possui a função de token de governança, ou seja, é esse o ativo que possibilita a influência em decisões futuras no desenvolvimento do sistema, como mencionado acima.

Além da MANA, existe o LAND. Esse é o NFT que comprova a posse dos itens negociados dentro do metaverso.

Ambos são criptoativos registrados no sistema de Blockchain da Ethereum, com valorização de mais de 500% desde o último semestre de 2021.

MANA e as principais criptos estão na Coinext. Explore esse universo.

Enjin Coin (ENJ) 

O Enjin Coin é um sistema focado no desenvolvimento de jogos, e tem uma proposta diferente das demais moedas e dos sistemas dentro do metaverso.

O sistema permite que os usuários, desenvolvedores e marcas criem seus próprios NFTs. 

Além disso, a criação de itens dentro de jogos também é possível e, para isso, o token ENJ é utilizado. Assim como é usado para as negociações nesse mundo virtual.

A moeda valorizou 150% entre outubro e dezembro de 2021, é negociada por cerca de 56 corretoras e foi escolhida pela Microsoft como “criptoativo do metaverso, parceira para desenvolvimento”.

Compre o token ENJ com segurança.  

The Sandbox (SAND)

A rede do Sandbox, nome que remete à tradução “caixa de areia”, é a que mais valorizou no setor meta, um total de 820% entre outubro e dezembro de 2021. 

Através da rede Ethereum, onde o token SAND roda, é possível comprar e negociar itens e terrenos, interagir com outros jogadores e criar espaços virtuais.

A Adidas e o empresário Elon Musk já adquiriram terrenos dentro do universo do Sandbox, o que reforça a ideia de que pessoas ou empresas famosas valorizam os terrenos, uma vez que o mercado da Sandbox ultrapassa os US$2 bilhões de dólares.

Invista em SAND agora mesmo.

Chromia (CHR)

O Chromia é um pouco diferente. Consiste numa plataforma onde é possível desenvolver aplicativos descentralizados, como jogos.

Além disso, pode ser também uma cadeia Blockchain independente ou exercer uma função de “camada extra” da rede Ethereum.

O ativo já é negociado em cerca de 35 corretoras, e já permite a execução de staking, processo pelo qual seus usuários são recompensados pelas validações das operações que ocorrem dentro da plataforma.

Seu token é o CHR, e com ele é possível pagar hospedagem na rede e as taxas de operações.

Além de poder ser usado em aplicações financeiras, jogos como My Neighbour Alice, que roda no metaverso, foram criados com a tecnologia do Chromia, e sua moeda valorizou mais de 220% entre outubro e dezembro de 2021.

Loopring (LRC)

O Loopring não possui seu próprio metaverso. O que acontece aqui é que o sistema funciona como uma extensão, ou uma camada extra para a Ethereum, onde ocorrem as transações de forma mais rápida.

Foi criado para operar em finanças descentralizadas, como os smart contracts.

Como a Ethereum é a rede principal do metaverso, pode ocorrer uma grande demanda de transação e o sistema ainda não passou pela atualização que visa melhorar o problema de escalabilidade.

O Loopring oferece essa possibilidade de melhorar a velocidade das operações e, assim, diminuir o preço das taxas, aprimorando, também, o problema da escalabilidade.

O sistema possui seu token LRC, e é negociado, por ora, em 65 corretoras diferentes, com uma valorização de 630% nos últimos meses.

Yield Guild Games (YGG)

O metaverso do Yield Guild Games consiste em uma startup descentralizada, que é totalmente gerida pela comunidade de usuários.

O projeto já é negociado por 36 corretoras, e o criptoativo é baseado na rede Ethereum. 

O carro forte de renda dos participantes do sistema YGG é a negociação de NFTs, tanto compra e venda como aluguel, e é isso o que esse universo permite, que os usuários façam investimentos em NFTs e ativos. 

Entre outubro e dezembro de 2021, a moeda valorizou 39%.

Invista em criptomoedas de forma segura. Abra sua conta agora.

Comprar terrenos no metaverso

Agora que apresentamos sobre as moedas do metaverso, vamos responder uma pergunta feita por muitas pessoas: quais as vantagens de comprar um terreno no metaverso?

O metaverso é composto por outras plataformas que possuem um ecossistema e proporcionam ao usuário diferentes experiências.

As mais populares são Decentraland e The Sandbox, mencionadas acima; ambas já possuem os chamados “terrenos do metaverso”, essa é a parte que se acredita ser lucrativa a longo prazo, além das negociações em criptomoedas entre usuários que são instantâneas.

Esse conceito de economia digital, que pode ser vantajoso a longo prazo, acontece porque os terrenos comprados dentro desses metaversos têm valor financeiro no mundo real também, uma vez que são negociados com criptomoedas. Então, já existe um mercado imobiliário dentro da plataforma.

As posses que são negociadas nos dois mundos são registradas, os chamados NFTs, porque são itens insubstituíveis e únicos, como escrituras de verdade, por exemplo. Com a diferença de que o contrato foi realizado pela tecnologia dos smart contracts, onde não é necessário nenhum terceiro intermediando, pois esses contratos são auto executáveis e não permitem violações, tornando o contrato justo para ambas as partes.

Para se ter uma ideia da alta valorização que esse universo atingiu, os preços mais baixos nos metaversos mais populares em dezembro de 2021 estavam em cerca de US$13 mil. 

Fatores que influenciam o valor do mercado são a popularidade do sistema, os usuários – que, quando são famosos morando na redondeza, deixam os terrenos mais caros –, escassez e tamanho. 

Seguindo essa lógica, assim como aconteceu com o NFT, criptomoedas e jogos play-to-earn, à medida que cresce a popularidade, para entrar com o investimento inicial é necessário um valor mais alto, assim como os lucros tendem a crescer também.

O mercado financeiro virtual tem crescido exponencialmente, e as moedas do metaverso servem para exemplificar. Acompanhar essas novidades pode ser mais fácil quando você tem uma corretora bem preparada para auxiliar, como a Coinext. Portanto, abra sua conta grátis agora mesmo e aproveite todo esse universo.

moedas-do-metaverso
Compre moedas de metaversos na Coinext
Cadastre-se grátis. Faça um Pix. Compre em instantes.
Começar
Compre moedas de metaversos na Coinext
Cadastre-se grátis. Faça um Pix. Compre em instantes.
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Compre Bitcoin e outras moedas com segurança.
Abra sua conta grátis. Faça um Pix. Compre em instantes.
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Mais nesta categoria
CONTEÚDO PRODUZIDO POR
Essas análises são de responsabilidade da Mercurius e não são uma recomendação de investimento.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo toda semana
Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo comunicações no meu e-mail
Obrigado! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Oops! Revise seu email e insira um válido.
Concorra a Bitcoins e R$10.000 em prêmios!
Participe da Promoção Indique e Ganhe. Compartilhe seu link de afiliados com amigos e concorra automaticamente.
SAIBA MAIS
Feedback