Bitcoin ou Litecoin?

Você sabe qual é a diferença entre Bitcoin e Litecoin? Conheça as suas principais diferenças, saiba qual a melhor para investir e onde comprar.

Por
Equipe Coinext
June 2, 2020

Na hora de investir em criptomoedas, muitas dúvidas podem surgir. Uma das principais dúvidas de muitos que estão começando é comprar o Bitcoin ou Litecoin? Será que as duas moedas possuem as mesmas vantagens e as mesmas possibilidades de valorização? No artigo de hoje vamos conhecer mais sobre as qualidades do Litecoin e as suas diferenças em relação ao Bitcoin.

O Litecoin, que possui o tick LTC, é uma das principais altcoins do mercado e já foi um dos grandes destaques para os investidores devido a possibilidade de lucros que ela já trouxe. Muitas vezes chamado de a “prata para o ouro do Bitcoin”, esse é um ativo digital que tem como objetivo ser mais rápido e ter menos taxas que o Bitcoin, mas mantendo muito da segurança e outras características.

O que eles têm em comum?

Criado por Charlie Lee em 2011, o Litecoin foi uma das primeiras altcoins e é um dos mais importantes forks do Bitcoin. O fork é uma “bifurcação” de um projeto, partindo da mesma base, mas fazendo diferentes alterações e sem alterar em nada o projeto no qual foi baseado.

Com isso em mente, o Litecoin oferece para seus investidores exatamente as mesmas vantagens do Bitcoin, como a segurança das transações e garantia de autenticidade de cada moeda.  Além da forma que as moedas são transacionadas, boa parte do código e outras características. Ambas as moedas também têm a sua valorização atrelada à regra de oferta e demanda, garantindo preços justos, respectivamente para consumidores e investidores.

Uma das principais semelhanças entre as duas criptomoedas está na base de funcionamento das blockchains, com ambas atuando como um protocolo de Proof of Work, também chamado de Prova de Trabalho, e mais conhecido como PoW.

Protocolo de prova de Trabalho (PoW)

O protocolo por trás do funcionamento de toda a rede do Lite é o mesmo do Bitcoin. O PoW, ou Proof of Work é justamente o que permite que você possa minerar uma criptomoeda. Claro, muito além da mineração, por ter o algoritmo de PoW, o Litecoin garante a segurança e a certeza da sua descentralização, com a participação geral de usuários em todo o lugar do mundo, sempre de forma democrática.

O PoW significa que todas as transações são confirmadas através da mineração de blocos, que é feita com o poder computacional geral da rede. Assim como o Bitcoin, isso quer dizer que o Litecoin possui uma hashrate que aumenta e diminui de acordo com o interesse dos usuários na rede.

Apesar de ser o primeiro tipo de protocolo desenvolvido (e tendo seus críticos), o PoW é mais seguro que o PoS e já se mostrou eficiente e confiável. Apesar de terem algumas diferenças, o Litecoin divide o PoW do Bitcoin, e com isso garante ser tão estável quanto o seu “irmão mais velho.”

Armazenamento e Transações

Da mesma forma, as transações do Litecoin são tão seguras quanto as do Bitcoin, utilizando o mesmo sistema para cada gasto e transferência. O Litecoin pode ser minerado, comprado em alguma exchange ou no mercado P2P. E há todas as camadas de proteção contra gastos duplos ou falsificações encontradas na camada do BTC.

Já na questão do armazenamento, o Litecoin pode ser guardado em uma carteira de criptomoedas, tanto uma cold wallet (carteiras desktop, hardware, paper) ou então em carteiras quentes, como diretamente em uma exchange (sempre lembrando de escolher uma que ofereça segurança para todos seus clientes, como é o caso da Coinext).

Quais as diferenças?

Agora entramos em uma questão bem interessante, já que a diferença entre o Litecoin e o BTC é justamente o que torna a moeda uma opção interessante para diversificar os seus investimentos ou simplesmente apostar em uma moeda que tenta trazer algo de diferente.

O Litecoin foi criado para ser uma “atualização do Bitcoin”, por isso ele tem diferentes aspectos que podem ser considerados “superiores” pelos seus seguidores, mas que geram um pouco de debate entre os membros do criptomercado.

Capitalização de Mercado

A primeira diferença está no preço da criptomoeda e consequentemente na sua capitalização de mercado (valor total das moedas disponíveis). O Bitcoin, que está por volta de US$ 20 mil possui uma capitalização de mercado de $422 bilhões, sendo a maior moeda do criptomercado sem disputa (dados de dezembro de 2020). Do outro lado temos o Litecoin com “apenas” US$ 6 bilhões em sua capitalização total de mercado e com cada criptomoeda valorizada por volta de US$ 100. Isso não necessariamente quer dizer que um é melhor ou pior do que o outro, apenas que existem valorizações diferentes, já que são dois mercados completamente separados.

Justamente por ter um valor bem menor do que o BTC, muitos acreditam que o Litecoin é uma boa oportunidade para entrar no criptomercado, investimento menos e talvez tendo uma boa oportunidade de lucro no longo prazo.

Distribuição (Suprimento Total)

Uma das principais diferenças entre as duas moedas está no suprimento total oferecido ao mercado e a sua distribuição. O Bitcoin tem um limite de oferta de moedas de 21 milhões, com previsão de que a última criptomoeda seja minerada por volta de 2140. Essa é uma regra que tem probabilidade mínima de ser mudada no protocolo do Bitcoin.

Já quando falamos do Litecoin, o número de moedas é um pouco maior, mas ainda há um limite máximo. O LTC terá até 84 milhões de tokens em sua rede. Esse aumento foi realizado por vários motivos, mas principalmente por causa da mineração mais rápida do que na rede do Bitcoin. Para se ter uma ideia, atualmente existem 18 milhões de Bitcoins já minerados e pouco mais de 66 milhões de Litecoins.

total de Litecoins no mundo
Fornecimento total e circulante do LTC no mundo. Fonte: CoinMarketCap

Para alguns, esse aumento de suprimento é um problema e não uma solução, já que quanto mais moedas, menor a escassez e consequentemente a moeda pode absorver uma maior demanda sem alterar muito o preço. No entanto, há o argumento de que mais moedas por preço menor pode ser algo mais confortável para vários investidores e atrair mais interesse.

Velocidade na transação

Essa também é uma diferença muito importante entre as duas moedas e a velocidade de transação é um aspecto central do Litecoin. Quando a altcoin foi desenvolvida o seu principal objetivo era ser mais barata nas transações e muito mais rápida, tornando-a uma verdadeira moeda de troca com casos de uso para comerciantes em todo o mundo.

O Bitcoin, apesar de todas as suas vantagens, é considerado uma criptomoeda lenta, com confirmações de transação de cerca de 9 minutos, dependendo do tráfego na rede. Já o Litecoin garante a confirmação de um pagamento em 1/3 do tempo, com uma média de 2.5 minutos. Sendo assim, o Litecoin é uma moeda mais rápida e eficiente para micro transações e para casos de uso real, o que também é interessante para alguns perfis de investidores.

Algoritmo

Há também uma diferença no algoritmo de criptografia dos dois projetos, com o Bitcoin sendo desenvolvido com o SHA-256 e o Litecoin apostando no Scrypt. Essa diferença não altera apenas a criptografia dos ativos digitais, mas também tem mudanças na mineração de cada criptomoeda.

O SHA-256 é um algoritmo mais antigo e considerado mais complexo do que o Scrypt, devido ao seu processamento, que é muito mais eficiente em mineradoras ASIC (Circuito Integrado de Aplicação Específica), tipo de máquina que dominou o mercado nos últimos anos. Os ASICs mudaram consideravelmente o cenário de mineração de Bitcoin e até são acusados de diminuir a democratização da rede, delegando mais poder aos grandes pools.

Na contramão disso, o Scrypt é menos suscetível à mineração ASIC e consequentemente oferece mais eficiência de mineração em CPUs e GPUs. Com isso a mineração do LTC é muito mais acessível.

Em qual investir?

Escolher uma das duas para investir é bem complicado, já que existem vários fatores para chamar mais a intenção de um investidor ou de outro. Mas aqui vai uma dica importante: por que não investir nos dois?

A palavra-chave na hora de investir é diversificar o seu portfólio! Isso quer dizer que você precisa ter mais do que uma única opção de investimento pela sua segurança financeira. Alocar todos os seus recursos em uma única criptomoeda ou ação é perigoso, afinal, você pode perder todo o seu capital caso o valor caia.

O Litecoin, por ser uma das top 5 criptomoedas e por ter mostrado resiliência nos últimos anos, é uma ótima opção para diversificar o seu investimento. O Litecoin, em determinados momentos, apresenta variações em porcentual maiores do que o próprio Bitcoin, além de permitir compras inteiras dos tokens e não apenas frações por causa do preço atual.

Lembrando que, para qualquer investimento, você precisa fazer uma boa pesquisa!

Onde comprar Bitcoin e Litecoin?

Você pode comprar Bitcoin e Litecoin no mercado P2P ou em corretoras. Mas aqui vai uma dica especial: por que não comprar na corretora com as melhores taxas do Brasil? Com Liquidez garantida e proteção completa para os seus criptoativos em nossa carteira online? Com a Coinext você recebe todas essas vantagens, além de um atendimento de primeira e uma plataforma com interface simples e de fácil uso. Não fique para trás e seja cliente da melhor corretora de criptomoedas do Brasil!

Mais nesta categoria
Ver todos >
CONTEÚDO PRODUZIDO POR
Essas análises são de responsabilidade da Mercurius e não são uma recomendação de investimento.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo
Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pela Coinext.
Obrigado! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Oops! Revise seu email e insira um válido.
Feedback