Super Semana Cripto | 16 a 20 de abril | Inscreva-se

Coluna do TradingView: análise de criptomoedas semanal (02/01)

Criptomoedas iniciam primeira semana de 2023 em alta com destaque para altcoins. Confira estudos dos analistas do TradingView sobre o mercado cripto em 02/01.

TradingView
Última atualização:
4/1/2024

Ano novo, mercado novo? Talvez! Mercado cripto inicia a primeira semana do ano em alta com destaque especial para as altcoins. 

O mercado de criptomoedas ainda tem visões pessimistas para 2023, mas isso pode ir aos poucos se alterando à medida que o halving de 2024 se aproxima.

Coluna do TradingView: Mercado opera em alta com destaque no Litecoin

Confira os estudos dos analistas do TradingView sobre o mercado de criptomoedas:

Gabriel Fauth

Estou usando os símbolos de dominância do mercado gerados pelo TradingView, conhecidos por Cryptocap. Trata-se das três letras da moeda com ponto D ao lado (xyz.D). O método de cálculo da escala percentual é: escala zerada para todos os ativos com contagem a partir do dia 02/01/2022. Então o que vamos comparar aqui são quais moedas mais cresceram/perderam em Dominância durante 2022.

  • Bitcoin

Começando pelo pai de tudo, o Bitcoin mais uma vez se mostra resiliente, mantendo a sua dominância (é claro). Isso acontece porque o BTC é o ativo mais confiável e famoso no mundo das criptomoedas, todas as expectativas estão depositadas nele.

O Bitcoin aumentou a sua dominância em 5% durante 2022, e esse é o esperado durante um inverno cripto por conta da liquidação de carteiras de outras moedas. Isso demonstra claramente que o mercado ainda está em inverno e também mostra que os investidores ainda confiam no BTC como a segurança cripto.

Ao lado do Bitcoin, podemos ver a Ethereum, com pouca perda de dominância, também demonstrando estabilidade de seu "poder". Poderíamos considerar ambos ativos de defesa e de confiança – no mundo cripto.

  • Vencedores

Acredito que as stablecoins são as que mais ganharam poder em 2022 por conta das liquidações. Aqueles que não quiseram ficar posicionados com BTCs optaram por ficar líquidos em stable ou sacar da corretora. 

O crescimento da dominância dessas moedas foi colossal, também forte sinal de inverno cripto. É necessário considerar os fatores externos do dólar, afinal, as moedas emulam valer 1 = 1 USD, certo?

Na categoria vencedores não posso fechar os olhos para a dominância do Litecoin crescendo 50% em 2022, o que é algo no mínimo curioso. Outras alts que ganharam dominância são DOGE, XRP, BNB e Polygon. Vale a pena descobrir por que elas estão subindo e surfar a tendência, ou se posicionar para a próxima bullrun.

  • Perdedores

Na lista de top 10, quem mais perdeu valor de dominância foi (a minha querida) ADA - Cardano. A cripto perdeu 43% de dominância durante 2022 sendo a moeda com maior market cap que mais perdeu espaço no mercado. Será um sinal de liquidação ou será uma oportunidade de comprar barato? Pense com muito cuidado nisso.

Há outra linha junto com a ADA, a linha Outros, consolidando todas as outras altcoins, excluindo BTC e ETH. Mas para essa categoria não era de se esperar grande coisa em termos de dominância no inverno cripto, não é mesmo?

Gráfico de dominância do mercado de criptomoedas

HydraView

Como último gráfico do ano, presenteio-os com dois gráficos em um único layout. A análise se baseia na dominância do Bitcoin e no RSI semanal.

Na dominância do BTC, temos uma resistência maior que, quebrando, vai causar uma queda nas altcoins. Essa resistência foi tocada diversas como demonstrei no gráfico. Isso significa receio dos investidores em aportar em um ativo mais arriscado.

No outro gráfico, vemos que o Bitcoin no semanal mantém os preços, tendo um preço lateralizado e uma lower-high no RSI, demonstrando uma possível reversão de tendência. Lembrando que o fundo não está aumentando e os preços lateralizando, esperando volume. (Ver gráfico dinâmico).

Gráfico de dominância do Bitcoin no mercado de criptomoedas

Allan Jhones

O preço do ETH também segue consolidado e sem força compradora no nível atual, não conseguindo recuperar o nível de 1.210. No gráfico de H4, vemos que as médias móveis de 9 e 20 períodos estão acima do preço atual e serão as resistências de curto prazo, com o próximo suporte em 1.175 que, se for rompido, pode intensificar a queda até 1.150. (Ideias sobre Ethereum).

Gráfico de H4 de ETH/USD.

LTMoncores

Primeiramente, feliz ano novo pessoal. Como venho pontuando nas últimas análises em 2022, tenho observado algumas moedas dando sinais de reversão.

LTC está acima da média de 21 no semanal e confirmando os 65 como suporte, os próximos alvos estão bem atrativos. Temos agora como resistência no intraday os 71,2 que já foram rompidos antes. Passando no diário, já podemos pensar em posições de trade bem básicas, entrada na base de preço rompido, no restante do diário. Alvos em 100 dólares.

Contratos perpétuos de LTC

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: Gabriel Fauth, HydraView, Allan Jhones e LTMoncores.

Sobre o autor
TradingView
O TradingView é uma plataforma de gráficos e uma rede social utilizada por milhões de traders e investidores em todo o mundo para encontrar oportunidades em diferentes mercados. Semanalmente, analistas do TradingView trazem estudos de análises técnicas sobre o mercado de criptomoedas.
Mais nesta categoria
🎁
Ganhe até R$25 em
Bitcoin e mais criptos
Invista a partir de R$10 pelo aplicativo Coinext®.
4,7
Inscreva-se