Super Semana Cripto | 16 a 20 de abril | Inscreva-se

Previsão BNB 2023: o que esperar da Binance Coin?

Qual a previsão de BNB para 2023? O que esperar da Binance Coin? Neste artigo, você confere as principais perspectivas para a criptomoeda ao longo do ano.

Equipe Coinext
Última atualização:
1/8/2023

Com o ano de 2023 se iniciando, investidores procuram entender o que esperar do mercado de criptomoedas em busca de oportunidades. Qual a previsão de BNB para 2023? O que esperar dessa criptomoeda? Entre outras perguntas que surgem nesta época do ano.

Pensando nisso, hoje você vai aprender mais sobre a Binance Coin e sobre nossa expectativa para BNB no ano de 2023.

Lembrando que é impossível determinar exatamente o que vai acontecer no futuro de uma criptomoeda. No entanto, é possível analisar padrões no histórico do ativo e observar o cenário econômico para traçar possíveis tendências e, assim, conseguir investir melhor.

Continue lendo para saber tudo isso sobre este criptoativo que rapidamente se tornou um dos maiores do mercado, sendo avaliado atualmente em cerca de US$40 bilhões:

  • O que é e para que serve o BNB?
  • Rede Binance Smart Chain
  • Desempenho da BNB em 2022
  • Qual a tendência da BNB para 2023?
  • Vale a pena investir em BNB em 2023?

O que é e para que serve a BNB (Binance Coin)?

A Binance Coin (BNB) é um criptoativo desenvolvido em 2017 pela corretora Binance. Inicialmente, o token foi criado dentro da rede Ethereum. Como explicamos anteriormente nas perspectivas sobre Ethereum em 2023, a Ethereum permite a criação de novos tokens, que utilizam a tecnologia Blockchain para o processamento das transações.

Inicialmente, 200 milhões de tokens BNB foram criados. No entanto, cerca de 160 milhões permanecem em circulação atualmente. Isso ocorre pois o BNB foi projetado para ser um criptoativo deflacionário, ou seja, sua oferta é reduzida com o tempo.

Nos primeiros anos, a queima do BNB era feita com base no faturamento da Binance, que se comprometeu em utilizar 20% do seu caixa para comprar o ativo, e posteriormente queimá-los.

Este mecanismo fazia com que o BNB fosse uma espécie de “ação sintética” da Binance, que dava aos seus detentores “exposição ao lucro” da empresa. No entanto, é importante destacar que os holders do ativo nunca receberam nenhum dividendo.

Todo o ganho era baseado no preço do criptoativo. Na prática, o BNB poderia ser definido como um Equity Token, isto é, um token que é precificado com base no faturamento de um negócio/empresa.

No entanto, a Binance mudou as regras para a queima do criptoativo no início de 2022. Desde então, a queima do token é feita com base em uma fórmula matemática, que leva em consideração os blocos extraídos na rede Binance Smart Chain.

“A implementação da queima automática de BNB é um próximo passo natural na jornada do BNB e ajudará a comunidade a crescer, proporcionando maior autonomia, transparência e previsibilidade”, afirmou o CEO Changpeng Zhao.

A Binance foi duramente criticada após mudar a forma de queima dos tokens, que estavam associados ao faturamento da empresa.

A rede Binance Smart Chain (BSC)

O token BNB deixou a rede Ethererum em setembro de 2020 e migrou para sua prória rede, a Binance Smart Chain (BSC). A rede Blockchain se originou através de uma adaptação do código do Ethereum, por isso as redes compartilham muitas semelhanças.

Por conta deste fato, a rede BSC também permite a execução de contratos inteligentes, aplicações descentralizadas (DApps) e tokenização de ativos

Com as mudanças feitas no protocolo, a BSC tem uma capacidade muito maior de processar transações em relação ao Ethereum. Além disso, as taxas de transação da rede são muito mais baixas. 

Essa melhoria no código do Ethereum só foi possível através de uma mudança no processo de validação da Blockchain, mas que tornou a rede mais centralizada. A rede BSC utiliza um mecanismo conhecido como Proof of Stake Authority (PoSA) para validar as transações.

Neste processo, para executar um nó e se candidatar para incluir transações na Blockchain, é necessário ter pelo menos 10 mil tokens BNB apostados. Após isso, os 21 maiores stakers do criptoativo serão responsáveis por escrever a Blockchain, conforme explica a Binance Academy

Conforme descrito pelo programador Vitalik Buterin, criador do Ethereum, no texto “Blockchain Trilema”, uma rede blockchain não pode ser descentralizada, rápida e barata ao mesmo tempo. Necessariamente, ao tornar uma rede mais rápida e barata, ela se tornará mais centralizada. Dessa forma, a rede BSC sacrifica descentralização para se tornar mais eficiente em termos de transações.

Por conta deste fator, a rede BSC cresceu rapidamente, ganhando espaço do Ethereum, que possui taxas significativamente mais altas. Em momentos de pico, as taxas do Ethereum facilmente ultrapassam dezenas de dólares. Em comparação, as taxas da rede BSC ficam na faixa dos centavos.

Além disso, a rede nunca utilizou o mecanismo de consenso de Proof of Work (PoW), que é intensivo no uso de energia elétrica.

Os maiores projetos sendo executados na rede BSC incluem:

  • Hooked: o protocolo oferece uma série de soluções, como carteiras e identificadores descentralizados (DIDs), que podem servir para fazer o login em outras aplicações.
  • PancakeSwap: exchange descentralizada (DEX) que tem como objetivo permitir a negociação de criptoativos.
  • XWorldGames: projeto focado na construção de jogos blockchain, metaverso e NFTs, sendo o terceiro ecossistema mais importante da rede BSC.
  • BUSD: stablecoin lastreada no dólar americano. O criptoativo é o sétimo maior do mercado, e acumula uma capitalização superior a US$16 bilhões em janeiro de 2023.

Como foi o desempenho da BNB em 2022?

O ano de 2022 foi certamente um dos mais duros para o mercado de criptomoedas. A maioria dos tokens e projetos despencaram em meio a um baixo interesse do mercado, aliado a uma série de falências e hacks que marcaram o setor.

O BNB iniciou 2022 sendo cotado a cerca de R$2.500. Desde então, o token caiu cerca de 55%. Desde o seu topo histórico, localizado em R$3.500, o BNB caiu cerca de 62% até o início de 2023.

Curiosamente, o criptoativo despencou menos do que outros ativos mais estabelecidos do setor, como Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH), que caíram cerca de 75% desde o topo de novembro de 2021.

No último mês, o preço do BNB caiu cerca de 15%, após rumores de que Binance poderia estar passando por problemas de liquidez semelhantes ao da corretora falida FTX. Os rumores se iniciaram após muitos no mercado apontarem que a auditoria de reservas da empresa não era confiável ou clara o suficiente.

Previsão BNB: Qual a tendência da Binance Coin para 2023?

É importante destacar que não é possível prever com exatidão o preço futuro de um criptoativo. No entanto, é possível realizar uma análise fundamentalista e utilizar informações e conhecimento para tentar traçar possíveis movimentos do mercado.

Sem dúvidas 2022 foi um ano de baixa para as criptos. O setor, desde a sua criação em 2009 com o Bitcoin, tem se comportado de forma cíclica. Após um ano de baixa, é esperado pela maioria dos analistas um período de consolidação, isto é, de lateralização com baixa volatilidade, semelhante ao ano de 2019.

Este período é o momento ideal para acumular criptoativos, que tendem a se recuperar e crescer exponencialmente com a volta do mercado de alta. Afinal, se um determinado ativo tem valor, uma queda no preço é apenas uma oportunidade para acumular mais.

Se a história se repetir, veremos o mercado se recuperar em 2024 e 2025, quando ocorrerá um novo halving para o Bitcoin. Historicamente, este tem sido um catalisador para movimentar para cima não somente o BTC mas os demais criptoativos.

Com a diminuição da atividade em mercados de NFTs, tokenização de ativos e aplicações descentralizadas, a demanda por blockchains como a BSC e o Ethereum devem continuar em baixa por um período.

Alguns analistas têm apontado que este momento da indústria de criptomoedas é semelhante à bolha pontocom, ocorrida nos anos 2000. Naquela época, as empresas e startups de internet passaram por forte baixa devido a vários fatores.

No entanto, o estouro da bolha serviu para permitir que as empresas mais sólidas do mercado se consolidassem. E o mesmo pode estar sendo observado na indústria blockchain e de criptomoedas atualmente, conforme destacado pelo diretor da Circle em relatório para o Fórum Econômico Mundial.

O cenário macroeconômico também não deve ser favorável para os criptoativos de maneira geral em 2023. Com os aumentos das taxas de juros em todo o mundo, ativos de renda variável, como ações e criptoativos, devem ser impactados de maneira negativa.

Vale a pena investir em BNB em 2023? 

Para adicionar um criptoativo ao seu portfólio, é necessário levar em consideração o seu perfil de investimento, bem como o percentual de alocação razoável para aquele ativo.

Ao adicionar o BNB a sua carteira, você estará ganhando exposição a um dos criptoativos mais estabelecidos do mercado. Por esse motivo, a BNB pode ser considerada uma das criptomoedas interessantes para iniciantes.

O BNB não é um projeto recém-criado e de alto risco. No entanto, o token ainda está exposto à alta volatilidade do setor.

Dessa forma, é importante ter uma visão de média a longo prazo no mercado de criptoativos. Também não é recomendado para a maioria adotar estratégias de alto risco, como tomar empréstimos para investir no setor.

Portanto, lembre-se de acompanhar de perto o mercado de criptomoedas antes de tomar uma decisão financeira.

Para isso, você pode contar com a ajuda da Coinext. Além de se manter por dentro dos principais assuntos e acontecimentos do mercado com nossos conteúdos no Blog e YouTube, você conta com segurança e suporte para investir com confiança nas principais criptomoedas do mercado. Abra sua conta grátis!

Sobre o autor
Equipe Coinext
Conteúdos preparados por especialistas em criptomoedas. A equipe da Coinext conta com nomes importantes e com conhecimento para passar as melhores informações sobre Bitcoin e outros principais criptoativos.
Mais nesta categoria
🎁
Ganhe até R$25 em
Bitcoin e mais criptos
Invista a partir de R$10 pelo aplicativo Coinext®.
4,7
Inscreva-se