Qual o impacto da alta do Dólar no preço do Bitcoin

Você sabe como o dólar afeta o preço do Bitcoin no Brasil? É importante acompanhar também a cotação do dólar para investir melhor em Bitcoin no Brasil. Entenda.

Por
José Artur Ribeiro
11/3/2020
Qual o impacto da alta do Dólar no preço do Bitcoin
Compre as principais criptomoedas com segurança.
Abra sua conta grátis. Faça um Pix. Comece em instantes.
Começar

Poucas pessoas param pra pensar nisso, mas o Bitcoin não é “cotado”, ou seja, medido, em Dólar. Nas exchanges, de acordo com o site Nomics, o volume de criptos negociado nas demais moedas (Euros, Lira Turca, Real, etc) totaliza apenas 10% do total.

No entanto, é necessário levar em conta o volume do OTC, ou mercado de balcão. Trata-se de mesas para negociação de grandes volumes, independentes dos livros de oferta encontrado nas exchanges.

Uma única mesa de OTC, a Circle, reportou movimentações de US$ 24 bilhões ao longo de 2018. Para efeito de comparação, a exchange Kraken, uma das maiores e mais tradicionais, apresentou um volume de US$ 58 bilhões nos últimos 12 meses.

Como saber se isto é relevante?

Em alguns meses é possível notar uma correlação, ou seja, uma movimentação em direção semelhante, da moeda chinesa Yuan e o preço do Bitcoin em Dólar. Isto não significa necessariamente que o movimento tenha sido causado por esta mudança no câmbio da China, porém em alguns períodos a correlação mostra-se muito forte.

Gráfico Yuan versus Bitcoin em dólar
Gráfico da moeda Yuan (laranja) vs Bitcoin em dólar (azul)

Outra forma de presenciar a importância da cotação em Yuan é através de níveis de preço que aparentam ter mais relação com a moeda chinesa. No exemplo abaixo, os níveis de US$ 9.300 e US$ 9.400 parecem não ter tanta força quanto os 65.000 Yuan.

Âncora de preço do Bitcoin em Yuan
Patamar de preços servindo como âncora de preço

O Brasil neste cenário

Mesmo quem não se preocupa com a cotação das moedas internacionais deveria acompanhar o gráfico do Bitcoin em Dólar. Além do volume das criptomoedas negociado em Reais ser pequeno frente ao total do mercado internacional, nossa moeda possui histórico de desvalorização.

O pico próximo de R$ 70 mil no preço do Bitcoin no final de 2017 representa apenas US$ 14,8 mil atualmente – ante os US$ 19,7 mil na época. Isto se deu por conta da alta no Dólar de R$ 3,30 para os atuais R$ 4,72. Ou seja, podemos atingir a máxima histórica em moeda local muito antes da cotação internacional.

A inflação atrapalha seus rendimentos

Não importa se você é um investidor de renda fixa, ações, fundos e/ou criptomoedas. A inflação é o custo do dinheiro, ou seja, o ponto de partida para calcular rendimentos líquidos.

Lembre-se que seus investimentos em criptomoedas ajudam a proteger deste efeito, justamente pelo fato de não estar atrelado ao Real. Isto é algo que traz muito valor no longo prazo e uma das principais razões para se ter uma exposição no segmento.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Compre Bitcoin e outras moedas com segurança.
Abra sua conta grátis. Faça um Pix. Compre em instantes.
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Mais nesta categoria
CONTEÚDO PRODUZIDO POR
Essas análises são de responsabilidade da Mercurius e não são uma recomendação de investimento.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo toda semana
Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo comunicações no meu e-mail
Obrigado! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Oops! Revise seu email e insira um válido.
Concorra a Bitcoins e R$10.000 em prêmios!
Participe da Promoção Indique e Ganhe. Compartilhe seu link de afiliados com amigos e concorra automaticamente.
SAIBA MAIS
Feedback