Bitcoin: Vale a pena investir?

Afinal, Bitcoin é investimento? Vale a pena investir? Descubra mais sobre sobre essa criptomoeda e como começar a investir. Confere aqui!

Por
Equipe Coinext
18/8/2020
Bitcoin: Vale a pena investir?


Uma boa parte dos investidores varejistas conheceu o Bitcoin durante a alta de 2017 ou de 2020/2021, em que o preço atingiu o seu maior valor histórico e acabou gerando grandes lucros para os holders, principalmente os iniciais. 

Podemos dizer que a nova máxima histórica do Bitcoin, que ocorreu em 2020 e 2021 teve um cenário diferente da de 2017. Apesar de termos constatado uma grande entrada de investidores no mercado neste período, especialistas afirmam que o perfil dos investidores que entraram nesta última grande subida do Bitcoin já é mais maduro do que os que entraram na alta de 2017. Isso contribui para a construção de um mercado mais sólido e antifrágil. 

Mas será que depois de toda essa movimentação, ainda vale a pena investir em Bitcoin?

Confira o que vamos abordar no artigo de hoje:

  • Alguns argumentos
  • Bitcoin é a maior criptomoeda e a mais famosa do mundo
  • A valorização do Bitcoin
  • Quais as vantagens do Bitcoin?
  • Estou pronto para investir em Bitcoin?
  • Como começar a investir
  • A importância de uma corretora

Alguns argumentos

Dizer que o Bitcoin é um ótimo investimento requer alguns bons argumentos, para deixar claro o porquê disso. Sabemos que algumas características da moeda a tornam única e, do ponto de vista lógico, um investimento com alta possibilidade de retornos. Alguns exemplos dessas características podem ser sua volatilidade, sua escassez, o fato de ser uma moeda deflacionária e com um sistema descentralizado, que tira o torna independente de um servidor central.

Vamos entender melhor como se deu o crescimento do Bitcoin ao longo dos anos e constatar porque ele é um bom investimento.

Bitcoin é a maior e mais famosa criptomoeda do mundo

O Bitcoin foi a primeira criptomoeda a ser desenvolvida, em 2009, pelo criador divulgado com pseudônimo de Satoshi Nakamoto. Em seu ano de criação, o Bitcoin não possuía valor, literalmente custava 0 dólares, pois não havia demanda pela moeda e a sociedade ainda não conhecia a tecnologia, logo possuía pouca, ou quase nenhuma adesão.

Com o passar dos anos, pouco a pouco, o Bitcoin foi se tornando mais conhecido e algumas pessoas começaram a comprar a moeda. Consequentemente, sua cotação de mercado também foi aumentando, bem como a sua aceitação

Ele aos poucos foi ganhando valor até o grande boom de 2017, com o preço batendo os US$ 20 mil. Depois houve uma queda de cerca de 80% antes de uma recuperação lenta no valor.

Além desta maior aceitação da moeda no mercado, e da entrada cada vez maior de investidores institucionais no universo das criptomoedas, existe um processo que padroniza a valorização do Bitcoin com o passar do tempo, conhecido como halving. Este é o processo que torna a moeda escassa e deflacionária, pois reduz a quantidade de unidades de Bitcoin que podem estar em circulação no mercado. Desde a sua criação, foi decidido que o Bitcoin seria uma moeda limitada e essa limitação ocorre por este processo.

O Halving, de maneira resumida, envolve o processo de mineração do Bitcoin. A mineração é a validação das transações que ocorrem na blockchain, que é feita por diversos servidores que ficam espalhados pelo mundo. Esses servidores são recompensados pelo trabalho de validação das transações e pelo empréstimo de seus computadores para isso, e recebem moedas de bitcon. 

Como uma forma de manter o ativo cada vez mais escasso, de maneira automática, a cada 4 anos aproximadamente, é cortado pela metade essa recompensa que é paga aos mineradores. Cortando também a quantidade de bitcoins que são inseridos no mercado. Como um reflexo disso, após o halving o preço da moeda tende a subir muito, até que o mercado recupere o equilíbrio e a cotação volte aos termos normais. 

Confira um gráfico que demonstra  a relação entre o preço do Bitcoin e os últimos processos de halving que a moeda sofreu, em 2020, 2016 e 2012.


Halving do Bitcoin e sua relação com a valorização da moeda
(Imagem: TradingView)

Por todas essas razões, e por ter se demonstrado uma importante ferramenta do sistema de Finanças Descentralizadas, o Bitcoin vem construindo uma sólida trajetória e reputação no mercado financeiro.

A valorização do Bitcoin

Os anos de 2020 e 2021 têm sido intensos para o Bitcoin. Marcado por uma forte valorização, que começou nos meses de outubro e novembro em 2020 e seguiu até maio de 2021, o Bitcoin atingiu seguidas vezes a sua máxima histórica. Um dos principais fatores que causaram essa forte valorização foi justamente o halving que a moeda sofreu no início de 2020.

Porém, outros fatores importantes marcaram a trajetória da moeda neste ano. Para se ter uma ideia, em janeiro de 2020 o Bitcoin estava valendo  R$ 29.399, e atualmente a moeda vale cerca de US$32.000, aproximadamente R$169 mil, superando em muito a valorização de outros ativos de investimento, como o ouro e ações da B3.

Conforme dito no anteriormente, a entrada de investidores institucionais foi também uma grande virada para o Bitcoin. Empresas e bancos extremamente influentes declararam apoio ao Bitcoin de maneiras diferentes, seja permitindo que a moeda fosse implementada como um meio de troca, seja fazendo aportes no Bitcoin, ou mesmo fazendo declarações publicamente de suporte à moeda.

A Visa, por exemplo, se associou à Coinbase e ofereceu uma proposta aos usuários que  permitiu a criação de um cartão de débito em que os usuários pagassem tudo com as próprias criptomoedas. Bancos como JPMorgan e Goldman Sachs também expandiram suas negociações com a criptomoeda e ajudaram na solidificação do ativo perante grandes empresas do setor financeiro.

Confira alguns players de destaque que entraram no cripto mercado entre 2020 e 2021 foram:

  • Goldman Sachs: grupo financeiro mundial voltado a gestão de fundos de investimento;
  • Morgan Stanley: empresa global de serviços financeiros e administração de carteiras de investimentos;
  • MicroStrategy: multinacional que fornece serviços de tecnologia, softwares, inteligência comercial e soluções de mobilidade;
  • BTG Pactual: banco de investimentos brasileiro especializado em capital de investimento e capital de risco;
  • Galaxy Digital: empresa global de serviços financeiros voltados à gestão de investimentos, criptografia e tecnologia blockchain;
  • Square: empresa de pagamentos de Jack Dorsey, ninguém menos que o criador do Twitter;
  • Grayscale: empresa de fundos de investimento, hoje com 100% de seu fundo alocado no Bitcoin
  • 3iQ: empresa canadense de gestão de fundos de investimentos;
  • CoinShare: empresa global de fundos de investimento, voltada sobretudo para criptoativos.
Confira a nossa retrospectiva do Bitcoin em 2020 e nossas expectativas para moeda em 2021.

Entenda quanto vale um Bitcoin e como se dá a construção de seu valor de mercado.

Quais as vantagens do Bitcoin?

Vamos falar um pouco sobre as principais características vantajosas do Bitcoin?

  • Sistema Descentralizado de Finanças 

Como você já deve saber, o Bitcoin é parte de um complexo sistema descentralizado, possibilitado pela tecnologia blockchain. A blockchain funciona como um grande livro contábil aberto, que registra todos os dados de todas as transações que acontecem com a moeda. Além disso, por meio dela os usuários da moeda não precisam depender de nenhum tipo de intermediário para executar serviços financeiros, uma vez que ela é uma tecnologia independente, que não possui um servidor central, mas vários servidores espalhados pelo mundo.

Ou seja, para o consumidor isso implica em transações que ocorrem de maneira mais rápida e barata, pois elimina várias etapas e entidades intermediárias.

  • Preço das transações são menores

Como ela é uma moeda descentralizada e que não precisa de bancos ou órgãos reguladores, para o consumidor isso implica em transações que ocorrem de maneira mais rápida e barata, pois elimina várias etapas e entidades intermediárias.

  • Maior acessibilidade e controle de suas finanças

Uma transação nunca pode ser interrompida ou congelada e seus bens ficam acessíveis de qualquer lugar do mundo, sempre. Além disso, seus bitcoins não podem ser confiscados por ninguém. Somente você pode retirar o Bitcoin de sua carteira. 

  • É uma moeda não inflacionária

Conforme discutimos suas características técnicas, o Bitcoin consegue ser uma moeda não inflacionária pois tem uma taxa fixa de inserção de novas unidades da moeda no mercado e tem uma data prevista para zerar essa inserção. Ou seja, ele é uma moeda limitada e com isso, só tende a se  valorizar mais com o passar do tempo.

  • Maior velocidade e facilidade para transações internacionais

Esta vantagem também está relacionada com o preço mais baixo para transações e com o seu modelo descentralizado de funcionamento. O Bitcoin consegue enviar o seu dinheiro para  qualquer lugar do mundo, com segundos para acontecer.

Estou pronto para investir em Bitcoin?

Está pensando em aproveitar para investir em Bitcoin? Bom, se você está decidido a comprar Bitcoin, é preciso levar algumas coisas importantes em consideração, principalmente a segurança do seu investimento.

Desde 2017 você já deve ter ouvido a falar sobre pessoas que investiram e perderam tudo. Isso acontece porque as pessoas, por falta de informação, compram Bitcoins de fontes não confiáveis.

Alguns outros acabaram confiando em pirâmides financeiras ou promessas impossíveis de serem cumpridas.

Como começar a investir

O primeiro passo para qualquer tipo de investimento no Bitcoin é conseguir as suas primeiras moedas e isso pode ser feito através da compra ou da mineração do ativo digital.

A mineração de Bitcoin consiste em empregar poder computacional para a rede do BTC e receber uma recompensa por isso. No entanto, vale ressaltar o cenário para essa atividade atualmente é pouco favorável aos mineradores caseiros e de menor escala.

Na maioria dos casos, a mineração geraria um ônus para o investidor, o que faz a atividade não ser recomendada no Brasil. Para entender mais, confira nosso artigo sobre Como Minerar Bitcoin e qual a possibilidade de lucro.

Então temos a opção de comprar o Bitcoin, o que pode ser feito pelo mercado direto com outros investidores (Peer-to-Peer, ou Par-a-Par- em tradução livre). A compra P2P nada mais é do que a transação imediata do dinheiro e do ativo, muitas vezes sem nenhuma taxa.

O importante de se notar no mercado P2P é justamente que você precisa tomar muito cuidado na hora da compra. Existem golpistas que podem se passar por vendedores para enganar clientes interessantes em começar a investir no Bitcoin. Por isso, é fundamental você comprar de P2Ps que possuam recomendações em grupos ou em sites.

Por fim temos as Corretoras, ou exchanges, elas oferecem uma forma muito mais segura e direta para adquirir Bitcoins e começar o seu investimento. Entre as muitas vantagens e facilidades, você tem mais praticidade de poder guardar suas moedas diretamente na exchange e a maior segurança contra golpes.  Veja como você pode escolher a melhor corretora para comprar Bitcoins.

A escolha da corretora

Escolher uma boa corretora para começar é um passo fundamental para ser bem sucedido em seus investimentos. Você precisa de uma corretora que seja segura, ofereça boas opções de altcoins e as melhores taxas.

Confira mais sobre Exchanges e criptomoedas e saiba como escolher a melhor opção.

O Bitcoin foi o ativo que mais valorizou na história e tem se mostrado uma boa opção como reserva de valor. E para começar é muito importante que você pesquise bem antes para investir com maiores chances de assertividade.

Mais nesta categoria
CONTEÚDO PRODUZIDO POR
Essas análises são de responsabilidade da Mercurius e não são uma recomendação de investimento.
Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo
Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pela Coinext.
Obrigado! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Oops! Revise seu email e insira um válido.
Concorra a Bitcoins e R$10.000 em prêmios!
Participe da Promoção Indique e Ganhe. Compartilhe seu link de afiliados com amigos e concorra automaticamente.
SAIBA MAIS
Feedback