KSM/BRL

O que é Kusama (KSM) e como funciona essa criptomoeda?

Descubra tudo sobre Kusama (KSM), uma das principais redes do mercado blockchain. Aprenda sobre sua história, utilidade, onde comprar e os riscos e vantagens associados a esse investimento intrigante.

Kusama
Kusama (KSM)
R$ 00,00
-

Descubra o que é e como funciona a rede Kusama (KSM), uma das principais redes do mercado blockchain, que tem ganhado destaque como uma plataforma inovadora para experimentação e implementação de novas tecnologias. 

Criada em 2019 como uma versão experimental da Polkadot, a Kusama oferece um ambiente dinâmico e ágil para testar e validar mudanças e inovações antes de serem implementadas na rede principal. 

Descubra como adquirir e investir em KSM para se expor ao potencial desse criptoativo em ascensão.

O que é Kusama (KSM)?

A Kusama é uma rede intimamente ligada à blockchain Polkadot. A Kusama foi desenvolvida em 2019 para ser um tipo de rede experimental para a Polkadot. Dessa forma, as mudanças e implementações da rede podem ser testadas na Kusama.

No entanto, a Kusama também se desenvolveu como um ambiente de inovação para projetos e aplicações. Dessa forma, os desenvolvedores têm grandes possibilidades para testar e criar ideias inovadoras para o mercado Web3.

Diferente de outras redes de testes convencionais, a Kusama possui criptomoedas de valor real sendo negociadas no protocolo. Este recurso permite que os desenvolvedores testem suas aplicações na prática.

Como funciona Kusama (KSM)?

A Kusama possui um modo de funcionamento muito semelhante ao da Polkadot. O protocolo conta com dois tipos de blockchains, que são Relay Chain (Cadeia de Retransmissão) e Parachains.

As Relay Chains são onde são processadas e validadas as transações. As Parachains, por sua vez, são redes personalizáveis que utilizam as Relay Chains para processar as transações. Dessa forma, a Kusama, assim como a Polkadot, permite que diferentes blockchains interoperáveis funcionem através de uma rede central.

Esse protocolo utiliza uma tecnologia de consenso conhecida como Nominated Proof-of-Stake (NPoS). Dessa forma, é possível obter rendimentos em KSM por meio do stake dos ativos, de modo a contribuir com o funcionamento da rede como um validador ou nomeador. Os validadores são responsáveis por validar os blocos, enquanto os nomeadores selecionam validadores confiáveis para proteger a Relay Chain.

Quem criou Kusama (KSM)?

A Kusama foi criada pelos mesmo fundadores da Polkadot, que incluem Gavin Wood (co-fundador do Ethereum), Peter Czaban e Robert Habermeier. Esta criação foi fundamental para o desenvolvimento da rede Polkadot.

Vantagens de Kusama

Algumas vantagens da rede Kusama incluem:

Inovação

Por ter surgido como uma rede para testes, a Kusama é por essência uma rede baseada na inovação. Por conta deste fator, a rede pode ser um ótimo local para buscar por projetos disruptivos.

Descentralização

Como rede blockchain, a Kusama é um protocolo aberto e descentralizado, de modo que não é necessária uma figura central para garantir o funcionamento da rede.

Escalonamento

Outro ponto de destaque são as possibilidades de escalonamento de dApps (aplicações descentralizadas), ou seja, a capacidade de transferir a posse de algum ativo com características de um NFT. Os investidores ainda recebem lances para determinar a posse dos ativos na rede.

Carteira de Kusama

Existem diversas que fornecem suporte para o token KSM, que incluem:

Math Wallet

Esta é uma carteira baseada em múltiplas plataformas, e que oferece suporte para o armazenamento do criptoativo KSM.

Ledger

A carteira de hardware Ledger, uma das mais populares do mercado, também oferece suporte para o token.

Trust Wallet

Esta é uma carteira para dispositivos mobile. A carteira possui interface amigável e suporte para vários criptoativos.

Pode ser importante ter conhecimento sobre as principais boas práticas de autocustódia para realizar o armazenamento do criptoativo da forma correta, para evitar que os fundos sejam perdidos.

É possível minerar Kusama (KSM)? 

Não, Kusama (KSM) não pode ser minerada no sentido tradicional, como acontece com algumas criptomoedas que utilizam algoritmos de consenso de Prova de Trabalho (PoW). Em vez disso, Kusama utiliza um mecanismo de consenso chamado Nominated Proof-of-Stake (NPoS), que é uma variação do Proof-of-Stake (PoS).

No NPoS, os validadores são selecionados pelos nomeadores para produzir blocos e validar transações na rede. Os validadores são incentivados a realizar suas funções corretamente, pois são recompensados com taxas de transação e, potencialmente, com a criação de novas moedas KSM como recompensa por seu trabalho.

Portanto, enquanto não é possível minerar Kusama, os detentores de KSM podem contribuir para a segurança e o funcionamento da rede participando do processo de staking como validadores ou nomeadores.

Onde comprar tokens KSM?

É possível comprar tokens KSM por meio da Coinext, corretora brasileira com centenas de milhares de clientes e anos de tradição no mercado.

Você pode comprar KSM seguindo este passo a passo:

  1. Abra ou acesse a sua conta na Coinext
  2. Adicione saldo na corretora através dos diferentes tipos de depósito aceitos
  3. Encontre o KSM
  4. Determine o valor da negociação e clique em “Comprar”
  5. Pronto, agora você está investindo no criptoativo

Dessa forma, é possível obter exposição do KSM, token nativo da rede Kusama. Além disso, a Coinext também conta com dezenas outras criptomoedas disponíveis para negociação.

Faça seu cadastro e comece a investir agora!

Compre e armazene
Kusama (KSM)
Invista a partir de R$10 pelo aplicativo Coinext®.
4,7
Inscreva-se