Transferências de BCH desabilitadas para atualização na rede

Por
Equipe Coinext
Última atualização:
20/11/2020

A rede do Bitcoin Cash (BCH) passará por uma atualização (fork) no dia 15 de novembro de 2020 (domingo), às 9h no horário de Brasília.

Para garantir a segurança dos fundos de todos os clientes, desativaremos temporariamente os depósitos e saques de BCH 24 horas antes da atualização, às 9h do dia 14 de novembro (sábado). Caso tenha depósitos e saques planejados para este período, recomendamos concluí-los antes desse horário.

Estimamos que os depósitos e saques serão reabilitados em algumas horas após a atualização, assim que a rede se estabilizar.

Nós manteremos um registro de todos os saldos de BCH na sua conta antes da atualização.

Entenda uma atualização fork

É comum que as redes (ou blockchains) de criptomoedas passem por atualizações chamadas fork. Uma fork (bifurcação, em tradução do inglês) pode ser definida como uma alteração nas configurações da blockchain, que a divide em duas distintas. Essas redes, então, passam a existir paralelamente, podendo ser criadas novas moedas com cada uma delas.

O exemplo mais conhecido de bifurcação de uma blockchain é o próprio Bitcoin Cash, que foi criado a partir de fork da rede do Bitcoin, em 1º de agosto de 2017.

Uma atualização fork tem como objetivo ajustar as configurações/protocolos de uma rede, visando geralmente melhorias ou correções de performance e segurança. No caso da fork do Bitcoin que criou o Bitcoin Cash, por exemplo, o tamanho de cada bloco da blockchain foi aumentado, permitindo que mais transações coubessem dentro de cada um.

Fork do BCH no dia 15 de novembro

Com a fork do dia 15, duas propostas paralelas estão surgindo: BCHN e BCHA. Ambas incluem atualizações programadas de rotina, enquanto o BCHA também propõe uma taxa de desenvolvedor sobre as recompensas do bloco pagas aos mineradores.

No momento, o BCHN conta com a maior parte do apoio da comunidade e do hashpower, e é provável que surja como a cadeia dominante entre as duas. Se for este o caso, será suportado pela Coinext normalmente, onde os tokens BCHN continuarão a ser chamados “Bitcoin Cash” e serão representados pela sigla “BCH”. No caso improvável de que a fork produza duas cadeias viáveis, avaliaremos a situação e decidiremos sobre nossas ações em uma data posterior à atualização.

Caso queira manter o controle absoluto sobre o resultado da fork, você deve sacar seus BCH para uma carteira privada antes de pausarmos as transferências. Ao manter BCH em sua conta durante o fork, você concorda que a Coinext pode lidar com o fork a seu próprio critério.

Artigo em construção
Ainda estamos trabalhando nesse artigo ou funcionalidade no app.

A rede do Bitcoin Cash (BCH) passará por uma atualização (fork) no dia 15 de novembro de 2020 (domingo), às 9h no horário de Brasília.

Para garantir a segurança dos fundos de todos os clientes, desativaremos temporariamente os depósitos e saques de BCH 24 horas antes da atualização, às 9h do dia 14 de novembro (sábado). Caso tenha depósitos e saques planejados para este período, recomendamos concluí-los antes desse horário.

Estimamos que os depósitos e saques serão reabilitados em algumas horas após a atualização, assim que a rede se estabilizar.

Nós manteremos um registro de todos os saldos de BCH na sua conta antes da atualização.

Entenda uma atualização fork

É comum que as redes (ou blockchains) de criptomoedas passem por atualizações chamadas fork. Uma fork (bifurcação, em tradução do inglês) pode ser definida como uma alteração nas configurações da blockchain, que a divide em duas distintas. Essas redes, então, passam a existir paralelamente, podendo ser criadas novas moedas com cada uma delas.

O exemplo mais conhecido de bifurcação de uma blockchain é o próprio Bitcoin Cash, que foi criado a partir de fork da rede do Bitcoin, em 1º de agosto de 2017.

Uma atualização fork tem como objetivo ajustar as configurações/protocolos de uma rede, visando geralmente melhorias ou correções de performance e segurança. No caso da fork do Bitcoin que criou o Bitcoin Cash, por exemplo, o tamanho de cada bloco da blockchain foi aumentado, permitindo que mais transações coubessem dentro de cada um.

Fork do BCH no dia 15 de novembro

Com a fork do dia 15, duas propostas paralelas estão surgindo: BCHN e BCHA. Ambas incluem atualizações programadas de rotina, enquanto o BCHA também propõe uma taxa de desenvolvedor sobre as recompensas do bloco pagas aos mineradores.

No momento, o BCHN conta com a maior parte do apoio da comunidade e do hashpower, e é provável que surja como a cadeia dominante entre as duas. Se for este o caso, será suportado pela Coinext normalmente, onde os tokens BCHN continuarão a ser chamados “Bitcoin Cash” e serão representados pela sigla “BCH”. No caso improvável de que a fork produza duas cadeias viáveis, avaliaremos a situação e decidiremos sobre nossas ações em uma data posterior à atualização.

Caso queira manter o controle absoluto sobre o resultado da fork, você deve sacar seus BCH para uma carteira privada antes de pausarmos as transferências. Ao manter BCH em sua conta durante o fork, você concorda que a Coinext pode lidar com o fork a seu próprio critério.

Mais artigos nesta categoria
Feedback