Tudo sobre Cardano

A criptomoeda Cardano (ADA)  tem sido chamado por muitos especialistas como a terceira geração de criptomoedas. O projeto Cardano é formado por uma plataforma que tem o objetivo de executar diversos aplicativos financeiros descentralizados, que funciona por meio do token ou criptoativo Cardano (ADA), negociado globalmente.

Bitcoin (BTC)
Ethereum (ETH)
Litecoin (LTC)
Ripple (XRP)
Bitcoin Cash (BCH)
Tether Dólar (USDT)
Cardano (ADA)
Chainlink (LINK)
Stellar (XLM)
Dogecoin (DOGE)
EOS
Axie Infinity (AXS)
Chiliz (CHZ)
SushiSwap (SUSHI)
USD Coin (USDC)

O que é Cardano (ADA)

Redação Coinext

O projeto Cardano é um dos que mais prometem inovações para o mundo das criptomoedas. Construído com o intuito de ser mais que apenas mais uma criptomoeda, o projeto como um todo é formado por uma plataforma que tem o objetivo de executar diversos aplicativos financeiros descentralizados, que possam facilitar processos e ações financeiras para empresas, governos ou pessoas físicas. Ou seja, a plataforma é uma rede que integra múltiplas funcionalidades em um único lugar.

Dentro dessa plataforma, são desempenhadas pela tecnologia da Cardano funções para proporcionar transações rápidas e seguras e a leitura e execução de contratos inteligentes (smart contracts). Além disso, a plataforma emite o seu próprio token, o Cardano ADA, considerado uma criptomoeda (ou um criptoativo).

A plataforma da Cardano, onde são feitas as leituras e execução dos contratos inteligentes e registradas as transações  de seu token Cardano (ADA),  possui um grande diferencial em sua construção, pois foi toda desenvolvida por meio de uma metodologia científica. Existem diversos engenheiros, desenvolvedores e cientistas especializados que trabalham em conjunto em seu desenvolvimento desde o início.

Sua arquitetura interna conta com uma blockchain de código aberto, tal como o Bitcoin, que foi desenvolvido em camadas distintas, que separam as funções de leitura dos contratos inteligentes e a parte em que ocorrem as transações da criptomoeda, ou seja, as negociações do seu token Cardano (ADA).

Tal maneira de construir toda a plataforma conferiu à Cardano a característica de ser mais maleável quanto a melhorias, permitindo que a equipe dedicada ao projeto possa fazer mudanças e atualizações nos protocolos sem que isso traga interferências muito drásticas para os usuários que estão negociando a criptomoeda.  As atualizações acontecem como se fosse um hard fork mesmo, porém a rede não precisaria ser reiniciada e não há rupturas que prejudiquem os investidores. Isso ocorre por conta do mecanismo Hard Fork Combinator da Cardano.

Como surgiu a Cardano

O criador da plataforma Cardano, que também teve co-participação na criação da Ethereum, Charles Hoskinson, iniciou o desenvolvimento do projeto em 2015. A intenção de Hoskinson era reunir as melhores características e aplicabilidade das demais altcoins e do próprio Bitcoin, ainda visando explorar as oportunidades de sanar problemas e oferecer soluções para questões que ainda não foram tocadas nesses outros projetos de blockchain.

A criptomoeda ADA é chamada de “Ethereum Japonês” por ter tido 90% dos seus investidores no Japão e outros países asiáticos. Isso porque alguns desses países possuem uma regulação já  consolidada para criptomoedas. Tais investidores financiaram toda a rede da Cardano entre os anos de 2015 a 2017.

Inicialmente a moeda era conhecida por IOHK, pois ela foi lançada pela empresa IOHK (Input Output Hong Kong), liderada por Hoskinson, que foi o responsável pelo desenvolvimento da parte criptográfica da plataforma.

A plataforma recebeu apoio de diversos cientistas e acadêmicos ao redor do mundo.  Além da IOHK, existe a empresa Cardano Foundation, uma organização independente localizada na Suíça, que presta suporte para os usuários da plataforma e às autoridades responsáveis pela regulamentação e pela parte comercial.

Para que serve a Cardano (ADA)

Como explicamos, a plataforma da Cardano é  bastante inovadora entre  criptomoedas, pois ela foi toda desenvolvida com o intuito de solucionar problemas que  outras altcoins e até do próprio Bitcoin não entregam, oferecendo ferramentas ideais para o mercado financeiro como um todo.

Os principais objetivos da plataforma é oferecer uma rede que integre serviços de pagamentos, leitura e execução de contratos inteligentes, especialmente voltados à instituições financeiras e bancos. Ao mesmo tempo, a rede também funciona com uma criptomoeda, a Cardano (ADA), tendo uma blockchain capaz de enviar e receber valores através de transações rápidas, seguras e transparentes.

Podemos dizer também que faz parte do objetivo da rede funcionar como uma forma de pagamento alternativa, para pessoas ou instituições com dificuldades de acesso a serviços bancários. Existe um certo direcionamento específico às transações que ocorrem entre bancos, pois a Cardano conta com uma tecnologia capaz de oferecer maior formalidade e segurança a essas negociações. Mas nada impede que pessoas físicas ou demais empresas usufruam dos serviços de pagamento da rede, construindo serviços sobre ela.

Para comprar Cardano (ADA), abra sua conta gratuita na Coinext.

Como funciona a blockchain da Cardano

A forma como foi desenvolvida a arquitetura da sua blockchain, é diferenciada pois conta com duas camadas separadas, uma camada de liquidação e outra computacional, sendo que a primeira já foi concluída e a segunda ainda está em desenvolvimento.

A primeira camada, de liquidação, é o que permite que os usuários recebam e enviem a criptomoeda Cardano (ADA), também chamado de tokens Cardano.

Já  a segunda camada permitirá que os usuários criem se registrem em contratos inteligentes, e ainda conta com o diferencial de que eles poderão fazer pequenos ajustes nesses contratos ao longo tempo para que estes se adaptem a novas regras ou critérios do usuário que o criou.  Essa característica é um dos pontos fortes da plataforma, principalmente no que tange às diferentes regras e regulamentações financeiras e monetárias de cada país. Ou seja, o usuário poderá alterar, reescrever e ajustar as informações armazenadas e processadas pelos contratos inteligentes de acordo com seus critérios e necessidades.

Tudo isso  faz com que a Cardano adquira características metamórficas, ou seja, que consegue se transformar adquirindo novas características, já que as alterações que forem necessárias para conserto de problemas ou ajustes específicos, em qualquer uma das partes de seu blockchain, podem acontecer sem prejudicar os investidores, mesmo que seja necessário um hard fork. Ou seja, sem que seja necessário a criação de um novo projeto de acordo com as mudanças, e também sem precisar interromper a camada de liquidação, a parte em que os investidores negociam a criptomoeda Cardano.

Outro ponto importante do funcionamento da Cardano é que ele ocorre por meio do consenso Proof of Stake, com o protocolo denominado Ouroboros. O algoritmo de consenso Proof of Stake, traduzindo para o português, significa prova de participação, e veio para solucionar problemas do Proof of Work (prova de trabalho), protocolo utilizado no Bitcoin. Embora ambos tenham o mesmo objetivo de alcançar consenso no blockchain, o processo que ocorre em cada um deles é diferente.

O Proof of Stake utiliza um processo de eleição para selecionar o nó (node) que irá validar as transações no próximo bloco. Essa eleição ocorre de forma pseudo-aleatória, se baseia na combinação de alguns fatores como idade da participação na rede, a riqueza do nó e o fator randômico.

A terceira geração de criptomoedas

Com todas essas particularidades e diferenciais, o criptoativo Cardano (ADA)  tem sido chamado por muitos especialistas como a Terceira Geração de Criptomoedas.

A primeira, logicamente, seria o Bitcoin, que rompeu com os padrões anteriores de centralização financeira e inaugurou a proposta das Finanças Descentralizadas. A segunda geração seria a Ethereum, que trouxe algumas diferenças já do modelo do Bitcoin, funcionando também como uma plataforma que suporta aplicativos descentralizados (dApss) e demais funcionalidades que oferecem soluções para o mercado financeiro e monetário. E dentro de sua plataforma existe o Ether, o token, ou cripto ativo da Ethereum, que serve de combustível para alimentar todo o sistema. A terceira geração, e última até então, seria a Cardano.

Por contar com um código aberto, assim como Bitcoin e Ethereum, e com novas funcionalidades, a criptomoeda ganhou esse  título. Também é interessante observar que a ideia inicial do desenvolvimento dessa plataforma, que integra múltiplos  serviços financeiros e também tem seu próprio token Cardano, não surgiu na intenção de simplesmente substituir outra altcoin, mas sim de ser uma rede completa, que traz formas acessíveis e convenientes de se transferir dinheiro ou  ter acesso a funcionalidades financeiras em um só lugar.

Além disso, a rede Cardano se propôs, de maneira muito estratégica, a solucionar alguns problemas que a comunidade cripto já vinha percebendo, sobretudo a interoperabilidade, a escalabilidade e a sustentabilidade.

A interoperabilidade diz respeito à capacidade da rede de se comunicar e aceitar operações de sistemas diferentes. Essa característica foi inovadora pois não é muito comum de encontrar em demais criptos. Geralmente cada projeto conta com um protocolo específico que não consegue se comunicar com os demais.

A escalabilidade diz respeito à dificuldade das demais moedas de manter a rede rápida e eficiente, mesmo quando está em pleno crescimento. Inclusive, o algoritmo de consenso Proof of Stake é o que vai garantir a velocidade alta das transações.

E por fim, é considerado um projeto sustentável pela sua característica de ser mutável e altamente adaptável, pelas duas camadas que  compõem sua blockchain, a computacional e a de liquidação. Dessa forma novos protocolos podem ser instaurados na rede sem a necessidade de um hard fork e a criação de um novo projeto totalmente do zero.

Por todos estes motivos a Cardano é conhecida como o projeto que evidencia a evolução das criptomoedas.

Principais diferenças entre Cardano e Bitcoin

Protocolo de Consenso e emissão de novas unidades da moeda

Existem algumas características que são diferenças marcantes entre a Cardano e o Bitcoin. A primeira diferença, já citada no decorrer do texto, seria o funcionamento pelo consenso de Proof of Stake, enquanto o Bitcoin utiliza o Proof of Work.

Essa característica inclusive incide também sobre a “emissão” das unidades das moedas. No caso do Bitcoin, que utiliza Proof of Work  para “emitir” novas unidades de bitcoin, existe o processo que é conhecido como mineração. De maneira bem resumida a mineração de bitcoins é a validação das transações que ocorrem no blockchain pelos mineradores, pessoas que através de um hardware específico e computadores potentes, conseguem solucionar o problema matemático e validar as transações. Dessa forma essas pessoas são recompensadas pelo seu trabalho (proof of work) por meio de unidades de bitcoins.

Já na Cardano, o processo é diferente, mineração inclusive nem é o termo utilizado. Vamos discutir mais à frente como ocorre a “mineração” de Cardano.

Com esse algoritmo Proof of Stake, Cardano pretende criar um sistema que permite a votação de toda a comunidade em possíveis forks ou atualizações do protocolo, fazendo com que o ecossistema tenha uma voz muito mais ativa e seja mais participativa nessas melhorias..

Oferta inicial de moedas (ICO)

Em relação à governança e tesouraria das criptomoedas, podemos ressaltar outra diferença marcante, sobre sua ICO (Initial Coin Offering), que é a oferta inicial de moedas. A Cardano acredita que o modelo atual de ICO utilizado por outras criptos, não é o mais eficiente, visto que o dinheiro é coletado de uma vez, somente no início do projeto, para que os desenvolvedores gastem como bem entenderem.

Buscando impactar essa questão, a Cardano pretende lançar seus tokens com contratos inteligentes, nos quais uma parte percentual das taxas de transação ficaria armazenada em um cofre. Esse dinheiro seria utilizado para futuros objetivos e alterações nos protocolos que forem votadas pela comunidade. Isso impacta também diretamente na sustentabilidade do projeto e traz mais segurança, confiança e transparência para os investidores, pois cria um fundo que assegura um suporte maior ao projeto.

Estrutura segmentada do Blockchain

Uma terceira diferença que podemos ressaltar diz respeito à estrutura e o desenvolvimento do blockchain Cardano. O fato da cadeia ter sido estruturada em duas camadas separadas, a de liquidez e a computacional, possibilita alterações simultâneas sem interferência na qualidade ou rapidez das transações. Entram aqui as questões da escalabilidade, que sempre foi um problema no Bitcoin.

Embasamento e desenvolvimento científico

E por fim,  também temos o fato de que Cardano foi construída com uma metodologia científica, apoio de engenheiros, desenvolvedores e cientistas de diversas áreas.

Isso traz uma curiosidade interessante: a Cardano não contém um documento sucinto que explica todo o seu funcionamento e aplicabilidades, como o White Paper do Bitcoin. Como foi planejado e estruturado por métodos científicos, seu registro e regulamentações não poderiam seguir caminhos diferentes. Portanto, a Cardano possui uma vasta documentação no site IOHK que é atualizada periodicamente e avaliada pelos profissionais da área antes de aprovar qualquer implementação.

Principais vantagens da Cardano

Blockchain em camadas

Conforme já explicamos, a Cardano possui um blockchain segmentado em duas camadas, a de liquidez e a computacional, para processar separadamente as negociações com seus tokens ADA e os contratos inteligentes. Sendo assim, atualizações nos protocolos podem acontecer sem maiores problemas ou interferências na outra camada, possibilitando evolução e melhoria constante.

Descentralizado

Assim como as principais criptomoedas, a Cardano é parte de um sistema descentralizado de finanças, ou seja, não há uma instituição central que regulamenta e controla as validações das  transações e emissões de seus tokens.

Alta adaptabilidade

Por conta de sua blockchain segmentada, que permite que a comunidade aprove e faça as alterações necessárias no protocolo sem que seja necessário um hard fork, a rede é altamente adaptável. Além disso, seus contratos inteligentes também permitem que apenas algumas informações específicas sejam alteradas, para que estes fiquem de acordo com os critérios do usuário, garantindo conformidade entre as partes envolvidas.

Nova geração de criptomoeda

Conforme explicamos acima, Cardano trouxe uma proposta  tão inovadora que é considerada a terceira geração de criptomoedas de código aberto.

Facilidade no acesso a serviços financeiros

Um dos grandes objetivos da Cardano é tornar mais democrático o acesso à serviços financeiros dos mais diversos tipos e fazer com que os usuários da rede tenham maior domínio do seu dinheiro. Sendo assim, oferecem meios de pagamentos e de demais transações financeiras que eliminam a participação dos bancos.  Tudo isso acontece por meio da plataforma Cardano, que disponibiliza tais serviços  por meio de aplicativos descentralizados que são independentes entre si.

Velocidade nas transações

Oficialmente, a Cardano reivindica que é capaz de processar entre 50 e 250 transações por segundo. No entanto, seu criador Charles Hoskinson observou que, pela facilidade de implementação de alterações futuras e adição de sidechains, a plataforma poderá suportar até mais de 5.000 TPS. Tocando num ponto delicado do Bitcoin e de algumas outras criptos, que é a dificuldade de escalar as transações.

Como minerar Cardano (ADA)

Para este projeto em específico o termo minerar não é correto. A Cardano utiliza o protocolo Proof of Stake, conforme discutimos no tópico do funcionamento da plataforma. Dessa forma,  as unidades dos tokens ADA não podem ser extraídas: é necessário comprar uma participação, para assim receber uma recompensa à medida que valida as transações.

Dessa forma, a extração dos tokens ADA é bem mais acessível do que a do Bitcoin, por exemplo, uma vez que não é necessário mais investir em equipamentos como ASICS ou GPUs. Você consegue economizar gastos com computadores potentes, energia elétrica e refrigeração do ambiente.

A capacidade máxima de unidades de token ADA que pode ter em circulação no mercado é de 45.000.000.000, atualmente existem 31.948.309.441,00 em circulação, o que corresponde a 71% do valor total.

Como comprar Cardano (ADA)

Corretora

A primeira forma de investir Cardano (ADA) é também o meio mais seguro e confiável, através de uma corretora.

Nesta opção, a corretora faz todo o processo de intermediação das transações entre as partes envolvidas, além de disponibilizar sua própria carteira virtual para armazenamento das suas criptomoedas. Também oferece uma interface mais completa, com outras opções de moedas, diferentes tipos de operações e dados  importantes que podem ajudar o trader a ter um investimento de sucesso.

A Coinext oferece uma plataforma segura e fácil de utilizar para você negociar as melhores criptomoedas do mercado.

Abra sua conta grátis para comprar Cardano  (ADA) hoje mesmo.

Extração de tokens

A segunda forma é por meio da extração dos tokens pelo protocolo Proof of Stake, no qual você é recompensado com unidades ADA, pela validação das transações. Similar ao que ocorre no processo de mineração das demais criptos, porém de forma mais simplificada e acessível.

P2P (peer-to-peer)

A terceira forma é por meio do processo P2P, peer-to-peer, que é basicamente uma forma realizar transações diretamente com a outra parte envolvida, não se faz o uso de um intermediário, como uma corretora. O risco deste tipo de transação é que não há garantias de que você receberá seus tokens ou seu dinheiro, uma vez que a relação entre as partes é puramente na base da confiança.

Como guardar Cardano (ADA) em carteira

Conforme dito acima, caso você adquira suas moedas em uma corretora, há a possibilidade de armazená-las diretamente no site da corretora. Porém também existe a possibilidade de guardar as moedas em carteiras, que podem ser digitais ou físicas.

Existem diferentes formatos de carteiras:

  • online, que armazenam os dados na nuvem;
  • mobile (apps) para celulares;
  • software (desktop) para computadores;
  • hardware (offline) usualmente em dispositivos USB;
  • papel (paper) usualmente impressas em placas de metal.

Estas carteiras podem ser classificadas em quente (hot), quando estão conectadas à internet e dependem desta conexão, e frias (cold), carteiras desconectadas da rede.

As principais carteiras virtuais que aceitam a Cardano são as seguintes:

  • Daedalus Wallet
  • Yoroi - The Cardano Wallet
  • Ledger (Carteira Fria)
  • Guarda
  • Infinito
  • Atomic Cardano Wallet
  • AdaLite

Cotação da Cardano (ADA) hoje

A Cardano (ADA) é negociada na Coinext em Reais (BRL), e sua cotação irá variar conforme a oferta e demanda do mercado.  Atualmente a moeda possui um montante de 38,65 bilhões de dólares  na sua capitalização de mercado.

Inicialmente, ao final do lançamento do ICO (oferta inicial de moedas) em 2017, uma ADA estava sendo cotada a US$0,021.

Pouco tempo depois, em 2018, o preço do ADA atingiu sua máxima histórica no valor de US$1,21. Porém este preço não conseguiu se firmar por muito tempo, fazendo com que a moeda recuasse um pouco. Aos poucos o ADA conseguiu recuperar o seu valor encontrando em 2020 grandes oportunidades, fechando o ano com uma valorização acima de 449%, valendo aproximadamente US$0,18.

O preço da Cardano (ADA) já valorizou mais de 540% somente em 2021. Tal alta fez com que a moeda subisse no ranking dos cripto ativos por valor de mercado, alcançando a 4ª posição e tornando-se uma das preferidas dos investidores, tendo a maior cotação do ano atingindo US$1,36.

Até abril de 2021, ano em que as criptomoedas tiveram forte valorização, a cotação da Cardano era de aproximadamente US$1,2.

Gráfico

Na Coinext dispomos das avançadas ferramentas de análise técnica para os usuários através do TradingView. É possível utilizar estratégias de Bollinger, Médias Móveis, MACD, Estocástico, RSI, IFR, entre outros.

Acesse sua conta Coinext para acessar o gráfico completo de Cardano (ADA).

Que tal começar a investir agora?
Abra sua conta Coinext. É rápido e grátis!
Abrir minha conta
Você pode se interessar também...
Feedback